segunda-feira, 30 de novembro de 2009

OMG News: Aliados de Arruda fazem oração após receber propina

Por Redação Yahoo! Brasil

A série de vídeos produzidos no âmbito da Operação Caixa de Pandora, da Polícia Federal, traz à tona novas cenas isólitas sobre denúncias de corrupção no governo do Distrito Federal. Deputados distritais, assessores e o próprio governador do DF, José Roberto Arruda (DEM), foram filmados recebendo dinheiro e guardando maços de notas em pastas, envelopes, bolsos e até dentro de meias.


Em um dos últimos vídeos (abaixo) divulgados, com imagens de distribuição de dinheiro gravadas por Durval Barbosa, ex-assessor de Arruda e colaborador da PF, o deputado Rubens César Brunelli (PSC), de camisa roxa, o atual presidente da Câmara, Leonardo Prudente (DEM), de camisa branca (que aparece em outra gravação guardando dinheiro na meia) e Durval Barbosa agradecem a Deus pela suposta propina.
Veja o video clicando aqui

Impeachment

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) defende a abertura de processo de impeachment contra o governador do Distrito Federal. Enquanto isso, grande parte do Democratas já pensa na desfiliação de Arruda, acusado de coordenar o esquema de corrupção. A informação é do senador Demóstenes Torres (DEM-GO), em entrevista à Agência Brasil.

"Existe um fato e denúncias. Contra fatos e denúncias, o combate são fatos e não versões. É assim que funciona. Vamos dar ao governador o espaço que ele precisa para se explicar. Mas o clima de desconforto é grande. Aguardamos a defesa dele, mas grande parte do DEM pensa na desfiliação e até na expulsão", disse o senador.


Em nota, Arruda e o vice, Paulo Octávio, manifestaram-se em nota nesta segunda-feira, dois dias depois de deflagrada a operação pela PF. No documento, eles dizem que Durval Barbosa, ex-diretor de Relações Institucionais do Distrito Federal, agiu de "forma capciosa e premeditada" para prejudicá-los com uma "versão mentirosa dos fatos para tentar manchar o trabalho sério e bem sucedido que tem sido feito pela nossa administração".


"Estamos tranquilos, porque sabemos de nossa inocência, e confiamos no sereno e isento trabalho da Justiça de nosso país, onde a verdade sempre acaba se afirmando", dizem.


Com Agência Estado

OMG News: Ex-BBB Natália Nara se converte após pousar na Playboy

Foto: Reinaldo Gama

Com dinheiro e fama, participante da quinta edição do Big Brother Brasil aceita Jesus e passa a recusar trabalhos que a afastavam de Deus. "Acharam que eu tinha ficado louca", afirma a ex-modelo que atualmente faz jornalismo e lidera célula da Igreja Bola de Neve, em Fortaleza (CE).
Cresci num lar em meio a uma guerra. Meu pai bebia muito e brigava quase todos os dias com a minha mãe. Quando eu cresci, proteger minha mãe virou minha função naquela casa e eu me colocava entre os dois nas piores discussões.
Depois de 20 anos de casamento, minha mãe decidiu se separar do meu pai, que soube que apoiei a decisão dela, ficou irado e jurou que nunca mais me pagaria nada (escola, alimentação, etc) e saiu de casa deixando-nos sem nada.
Já na adolescência, eu não sabia quem queria ser; um dia pintava o cabelo de verde, depois de loiro, outro dia colocava um piercing no nariz; um dia queria ser hippie, em outro punk e no outro, me achava ridícula.
As amizades sempre me decepcionavam e às vezes eu resolvia ficar sozinha. Por não saber quem eu era e o valor que tinha para Deus, confesso que andei beijando uns sapos por aí, até descobrir que existia um Deus maravilhoso, meu Pai, que me chamou pelo nome e sobrenome e cuidou de mim com amor.
Dentro de uma loja num shopping, chorei como criança quando liguei para o meu pai, pedindo que me desse uma ajuda em dinheiro. Ele negou. Eu tinha quase 18 anos e fiquei desesperada, sem saber o que seria da minha vida, e precisava trabalhar.
Depois de alguns convites, resolvi entrar para uma agência de modelos. Quando meu pai me viu pela cidade em outdoors, desfiles e comerciais de TV, passou a andar com a minha foto na carteira, contando a todos que eu era sua filha. Isso me causava uma raiva muito grande.
Com 19 anos, participei de um encontros de jovens da igreja evangélica e lá aceitei Jesus, aprendi a orar e a ler a Bíblia todos os dias.
Ainda trabalhando como modelo, comecei a ganhar algum dinheiro, pagar algumas contas em casa, mas tive de deixar de lado a profissão por um tempo. Eu queria fazer uma faculdade e também precisava de um trabalho estável, com uma renda mensal fixa. Acabei aceitando o convite para trabalhar em uma loja de perfurmes importados. Eu passava 7 horas em pé, entregando fragrâncias borrifadas em papeizinhos, sorrindo e dando bom dia e boa noite, em cima de um salto alto, ganhando cinco reais por dia. 90% das vendedoras da loja eram evangélicas e me falavam do amor de Cristo.
As vezes, surgia um trabalho como modelo e eu fazia. Em um deles, gravei um comercial para uma TV no Ceará e acabei sendo escolhida entre 1.500 pessoas e, acreditem, sem vontade de estar lá. Eu achava que era bobagem, que aquilo era para meninas que tinham grana, podiam sonhar e realizar. Comecei a ganhar dinheiro como apresentadora de TV e com publicidade. A partir daí, travei uma disputa com meu pai, de que conseguiria viver sem o dinheiro dele, e acabavamos sem nos falar.
Fui escolhida entre mais de 2 mil meninas e servi como modelo para o rosto da estátua da índia Iracema monumento de 12 metros no Ceará, recebendo 5 mil reais de premiação.
Depois disso, mandei uma fita para o reality show Big Brother Brasil e, entre 80 mil vídeos, fui escolhida. Passei seis semanas na casa e, quando saí, recebi o convite para posar nua numa revista masculina, o que nunca esteve em meus planos. Mas o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males (como afirma 1TM 6:10).
Conheci uma empresária cristã, que não quis comissão da revista. Ela começou a me evangelizar, levar-me à igreja e a shows evangélicos, comprar bíblia, livros, CDs e orar por mim. Eu me converti na mesma semana que a minha revista estava nas bancas. Mas eu só queria Jesus, Jesus, Jesus. Ia à Igreja na terça, quinta, sexta-feira, sábado e domingo.Quando me dei conta da revista (da besteira que tinha feito), passei um mês em casa, de pijama, sem querer sair, fazer nada, morando num apartamento no Rio, com carro na garagem, convites para as melhores baladas, roupas que ganhava de lojas e dinheiro na conta bancária. Só dormia quando via a luz do sol, de tanto remorso. Até que me arrependi e decidi andar nos caminhos do Senhor.
Passei a recusar o que me fazia ficar longe de Deus, desde as amizades até o dinheiro que me ofereciam para trabalhos com bebidas alcoólicas, em fotos e desfiles de lingeries, entre outros.
Graduei-me em Artes Cênicas, na cidade do Rio de Janeiro, onde morei por quatro anos e comecei a frequentar a Bola de Neve Church do Rio.
Sei que tudo neste mundo está debaixo da permissão de Deus. E a vontade Dele, finalmente, tornou-se soberana na minha vida, embora meus amigos não entendessem, ou minha família, que apostou todas as fichas em minha carreira. Acharam que eu tinha ficado louca. É Deus quem determina quem eu sou.
Depois de alguns anos sem falar com meu pai, fui à casa dele e pedi perdão por todo tempo que ficamos separados.
Hoje, estou terminando a faculdade de jornalismo, estudando francês, sou líder de célula da Bola de Neve de Fortaleza e faço parte do ministério de comunicação da igreja.
Felizmente, não sou quem o mundo diz que eu sou. Sou filha querida e amada de Deus, separada desde o ventre da minha mãe; sou herdeira de toda a sua fortuna de bênçãos; não preciso mostrar meu corpo em uma revista. Quanto ao futuro, Deus sabe quem eu serei e Ele diz que tudo coopera para o bem daquele que o ama. Sou valorosa, filha do Rei, SOU PRINCESA DO SENHOR JESUS!
Fonte: Guia-me

OMG News: Vendas de Bíblia crescem 25% em 2009, diz editora Vozes


A editora Vozes registrou um crescimento de 25% nas vendas de Bíblia em 2009 e prevê um aumento de 15% no ano que vem. A oferta de modelos personalizados do livro sagrado cristão é uma das razões desse desempenho positivo em um ano de crise econômica mundial.
Também contribuiu para o avanço da Bíblia nas livrarias uma redução dos preços. Segundo a Vozes, a personalização é uma das tendências que ganham força no mercado.
Também pipocam títulos com abordagens específicas sobre a obra mais vendida do mundo. Há textos como "O Que a Bíblia Realmente Diz sobre Homossexualidade", "A Violência na Bíblia", "Mulheres da Bíblia" e "Bíblia para crianças".
"A Bíblia é vendida em todas as classes, faixa etária, gênero. No meio urbano, pelo acesso, há um número mais significativo de compra. O que há de comum nos compradores da Bíblia é sua aproximação com a espiritualidade e a fé", informou a Vozes à Livraria da Folha.
Com a proximidade do Natal, as vendas de Bíblia esquentam, aproveitando o sentido religioso da data do nascimento de Jesus. Um dos lançamentos é "A Bíblia - guia ilustrado das escrituras sagradas", escritor por J.R. Porter, professor emérito de teologia na Universidade de Exeter, no Reino Unido. O seu principal diferencial é ser ricamente ilustrado ao apresentar as histórias mais importantes da Bíblia, sua simbologia, personagens e os estudos sobre o contexto histórico e social em que as narrativas foram escritas.
Questionada se títulos baseados em passagens bíblicas, como "Caim" e "Manual da Paixão Solitária", ajudam a despertar o interesse pela leitura do livro sagrado, a Vozes responde: "Nossa avaliação é que não tem grande influência. O que traz novos leitores da bíblia são processos de busca mais duradouros."
Fonte: Folha Online

sábado, 28 de novembro de 2009

OMG News: O LHC será religado nesse mês de Novembro de 2009


Da Redação


O LHC será religado nesse mês de Novembro de 2009 e diante de tantas especulações catastróficas sobre esse fato – O CACP resolveu entrevistar um especialista nessa área. Nosso entrevistado é Dalton Gerth: ele é físico e Docente Titular da Universidade Anhanguera.

OMG News: Cientistas criticam proposta de "2012" e indicam cenários de fim do mundo


De obras compiladas: Cacp.org.br


A Nasa (agência espacial norte-americana) criticou a Sony em outubro por sugerir, em sua campanha publicitária para o filme "2012", que o mundo acabaria em 2012.
No ano passado, o Cern (Centro Europeu de Pesquisas Nucleares), também assegurou que o mundo não acabaria tão cedo --portanto, acho que tudo isso é uma boa notícia para quem fica nervoso facilmente. Com que frequência vemos duas instituições científicas top de linha como essas nos garantindo que está tudo bem?
Por outro lado, é meio triste, se você estava ansioso por tirar umas férias das prestações do imóvel para financiar uma última festança.
As declarações do Cern tiveram a intenção de aliviar temores de que um buraco negro sairia de seu novo Grande Colisor de Hádrons (LHC) e engoliria a Terra.
O pronunciamento da Nasa, na forma de vários posts em sites e um vídeo postado no YouTube, foi uma resposta a temores de que o mundo fosse acabar no dia 21 de dezembro de 2012, quando um ciclo de 5.125 anos conhecido como Grande Contagem no calendário maia teoricamente chegaria a um fim.
O Filme
O burburinho em torno do fim dos dias atingiu o auge com o lançamento do filme "2012", dirigido por Roland Emmerich, que já trouxe desgraças fictícias para a Terra anteriormente, com alienígenas e geleiras, em "Independence Day" e "O Dia Depois de Amanhã".
No filme, o alinhamento entre o Sol e o centro da galáxia, no dia 21 de dezembro de 2012, faz com que o astro fique ensandecido e lance na superfície da Terra inúmeras partículas subatômicas ambíguas conhecidas como neutrinos.
De alguma forma, os neutrinos se transformam em outras partículas e aquecem o centro da Terra. A crosta terrestre perde suas amarras e começa a se enfraquecer e deslizar por aí.
Los Angeles cai no oceano; Yellowstone explode, causando uma chuva de cinzas no continente. Ondas gigantes varrem o Himalaia, onde governos do planeta tinham construído em segredo uma frota de arcas, nas quais 400 mil pessoas selecionadas poderiam se abrigar das águas.
Porém, essa é apenas uma versão do apocalipse. Em outras variações, um planeta chamado Nibiru colide com o nosso ou o campo magnético da Terra enlouquece.
Existem centenas de livros dedicados a 2012, e milhões de sites, dependendo de que combinação de "2012" e "fim do mundo" você digite no Google.
"Tolices"
Segundo astrônomos, tudo isso é besteira.
"Grande parte do que se alega que irá ocorrer em 2012 está baseada em desejos, grandes tolices pseudocientíficas, ignorância de astronomia e um alto nível de paranoia", afirmou Ed Krupp, diretor do Griffith Observatory, em Los Angeles, e especialista em astronomia antiga, em um artigo publicado na edição de novembro da revista "Sky & Telescope".
Pessoalmente, adoro histórias sobre o fim do mundo desde que comecei a consumir ficção científica, quando era uma criança. Fazer o público se borrar nas calças é o grande lance, desde que Orson Welles transmitiu a "Guerra dos Mundos", uma notícia falsa sobre uma invasão de marcianos em Nova Jersey, em 1938.
No entanto, essa tendência tem ido longe demais, disse David Morrison, astrônomo do Ames Research Center da NASA, em Moffett Field, Califórnia. Ele é autor do vídeo no YouTube refutando a catástrofe e um dos principais pontos de contato da agência sobre a questão das profecias maias prevendo o fim dos dias.
"Fico com raiva de ver como as pessoas estão sendo manipuladas e aterrorizadas para alguém ganhar dinheiro", disse Morrison. "Não há direito ético que permita assustar crianças para ganhar dinheiro".
Desesperados
Morrison afirmou receber cerca de 20 cartas e mensagens de e-mail por dia de pessoas até da Índia, assustadas até o último fio de cabelo. Em uma mensagem de e-mail, ele anexou exemplos que incluíam uma mulher perguntando se deveria se suicidar, matar sua filha e seu bebê ainda no útero. Outra mensagem veio de uma pessoa questionando se deveria sacrificar seu cachorro, a fim de evitar o sofrimento de 2012.
Tudo isso me fez lembrar os tipos de cartas que recebi no ano passado sobre o suposto buraco negro do Cern. Isso também era mais ficção científica do que fato científico, mas aparentemente não há nada melhor que a morte para nos aproximar de domínios abstratos como física e astronomia. Nessas situações, quando a Terra ou o Universo não estão nem aí para você e seus entes queridos, o cósmico realmente se torna algo pessoal.
Morrison disse não culpar o filme por todo o burburinho, não tanto quanto os vários outros divulgadores das previsões maias e a aparente incapacidade de algumas pessoas (e isso se reflete em vários aspectos da nossa vida nacional) de distinguir a realidade da ficção. Porém, ele disse, "meu doutorado foi em astronomia, não em psicologia".
Em mensagens de e-mail, Krupp disse: "Sempre estamos incertos em relação ao futuro, e sempre consumimos representações dele. Somos seduzidos pelo romantismo do passado longínquo e pela escala exótica do cosmo. Quando tudo isso se junta, ficamos hipnotizados".
O porta-voz da Nasa, Dwayne Brown, afirmou que a agência não faz comentários sobre filmes, deixando essa tarefa para os críticos de cinema. No entanto, quando se trata de ciência, disse Brown, "achamos que seria prudente oferecer um recurso".
Aquecimento global
Se você quer ter algo para se preocupar, afirma a maioria dos cientistas, deve refletir sobre as mudanças climáticas globais, asteróides ou guerra nuclear. Porém, se a especulação sobre as antigas profecias mexem com você, aqui estão algumas coisas, segundo Morrison e outros, que você deve saber.
Para começar, os astrônomos concordam que não há nada especial em relação ao alinhamento do Sol e do centro galáctico. Isso ocorre todo mês de dezembro, sem nenhuma consequência física além do consumo exagerado de panetones. De qualquer forma, o Sol e o centro galáctico não vão exatamente coincidir, nem mesmo em 2012.
Se houvesse outro planeta lá fora vindo em nossa direção, todo mundo já teria percebido. Quanto às violentas tempestades solares, o próximo auge do ciclo das manchas solares só ocorrerá em 2013, e será no nível mais suave, afirmam astrônomos.
O apocalipse geológico é uma aposta melhor. Já houve grandes terremotos na Califórnia, e provavelmente haverá outros. Esses tremores poderiam destruir Los Angeles, como mostrou o filme, e Yellowstone poderia entrar em erupção novamente com uma força cataclísmica, mais cedo ou mais tarde.
Nós e nossas obras somos, de fato, apenas passageiros frágeis e temporários na Terra. Porém, neste caso, "mais cedo ou mais tarde" significa centenas de milhões de anos --e haveria bastante aviso quando chegasse a hora.
Os maias, que eram astrônomos e cronometristas bons o suficiente para prever a posição de Vênus 500 anos no futuro, merecem coisa melhor.
O tempo maia era cíclico; especialistas como Krupp e Anthony Aveni, astrônomo e antropólogo da Colgate University, afirmam não haver evidências de que os maias achassem que algo especial ocorreria quando o marcador da Grande Contagem atingisse 2012. Existem referências em inscrições maias a datas antes e depois da atual Grande Contagem, afirmam os especialistas.
Sendo assim, continue pagando suas prestações normalmente.
Fonte:
http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u656318.shtml


sexta-feira, 27 de novembro de 2009

OMG News : PLC 122/06: Senador requere Audiência Pública


O Senador Magno Malta apresentou na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) requerimento para a realização de Audiência Pública para discutir com amplitude e o envolvimento dos mais variados segmentos religiosos o PLC 122/2006, que "Altera a Lei n° 7.716, que define os crimes resultantes de preconceito de raça ou cor," denominado erroneamente de Lei da Homofobia. O requerimento deverá ser aprovado na próxima reunião da Comissão.O Senador Magno Malta requereu fossem convidados para o evento os representantes da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil - CNBB, Representante da Associação Brasileira de Magistrados Espíritas - ABRAME, Representante da Associação Israelita Brasileira - FISEMG, Representante da Sociedade Islâmica Brasileira, Representante da Sociedade Budista do Brasil - SBB, o Pastor Silas Malafaia do Ministério Silas Malafaia - Associação Vitória em Cristo, o Pastor Jorge Linhares, Presidente do Fórum Nacional de Ação Social e Política - FENASP, o Deputado João Campos - PSDB/GO - Presidente da Frente Parlamentar Evangélica, o Apóstolo Cezar Augusto da Igreja Apostólica Fonte da Vida, Dr. Márcio Luiz Tadeu de Seixas Borba - Advogado da Associação Católica "Javé Nossa Justiça" e o Vereador Moacyr Celia Filho de Nova Venécia/ES.
Fonte: SENADOR MAGNO MALTA/ MOVIMENTO GOSPEL

OMG News : Pastor é investigado por obrigar funcionários a doar parte de seus salários


Por cerca de uma hora, o vereador Jorge Ricardo Xavier (PRB) prestou depoimento no Ministério Público (MP) ontem. Ele foi dar a sua versão ao promotor João Marcos Adede y Castro sobre a suposta cobrança de parte dos salários de seus assessores para eventos comunitários realizados por seu gabinete nas vilas e bairros da cidade.
Jorge Ricardo, que é pastor da Igreja Universal do Reino de Deus, negou que obrigasse seus funcionários a doar parte dos salários e reafirmou que a colaboração era espontânea.
Ele não quis que a imprensa acompanhasse o depoimento e também não falou na saída do MP. O seu advogado, Sergio Teixeira, disse que o vereador fez alguns esclarecimentos ao promotor e que foi dado ao caso um “outro contexto diferente do real”.
– O fato não existe de forma nenhuma. O vereador não coagiu ninguém, não pediu dinheiro para ninguém. – garante o advogado.
Já Adede avalia que o depoimento voluntário do pastor não mudou sua posição quanto ao inquérito. Segundo o promotor, as testemunhas ouvidas, inclusive um pastor da Igreja Universal, teriam confirmado a denúncia.
– Ele não precisava ter vindo depor. Isso é apenas uma investigação. Às vezes, os investigados depõem e acontece da pessoa convencer e o inquérito ser arquivado, mas não foi o caso hoje (ontem) – diz Adede.
Outra questão que está sendo investigada, segundo o promotor, é o suposto fato de pelo menos três dos seis assessores do vereador não trabalharem na Câmara, mas, sim, na igreja em que Jorge Ricardo é pastor. Eles seriam “obreiros” da instituição.
Maciel – O presidente da Câmara, João Carlos Maciel (PMDB), está sendo investigado por fato parecido com o envolvendo o pastor. Ele faria suposta cobrança dos salários de assessores para manter seu programa social. O promotor deve entrar com ações contra os dois vereadores nos próximos dias. No caso de Maciel, estaria faltando apenas analisar a quebra dos sigilos fiscal e bancário do vereador, que ainda não chegaram ao MP. Já o inquérito sobre o pastor está praticamente concluído com o seu depoimento.
Os dois casos serão enviados à promotoria criminal para averiguar se os vereadores cometeram algum crime em relação às denúncias.
Fonte: Diário de Santa Maria/RS

OMG News : Deputado quer retirar referência a Deus do hino nacional

O partido comunista da Federação Russa (Kprf) quer apagar as referências a Deus no hino nacional. Boris Kashin, da Câmara de deputados de Moscou (a Duma), apresentou um projeto para substituir a frase no hino que diz “Oh, minha terra natal, protegida por Deus!” por “Oh, minha terra natal, protegida por nós [cidadãos]”.
Para o Kprf, a referência a Deus questiona a unidade nacional e divide a sociedade multi-étnica da Rússia. Kashin alega que o hino nacional não respeita as diversas religiões não cristãs reconhecidas na Federação e ofende os sentimentos dos ateístas.
Em 2005, Alexander Nikonov, presidente da Sociedade Ateísta de Moscou, declarou que a sentença “ofensiva” é inconsistente com os direitos constitucionais dos cidadãos e registrou uma queixa no tribunal. Atualmente, ninguém acredita que o hino nacional será alterado, porque a proposta de Kashin não foi apoiada por nenhum líder político da Rússia.
Entretanto, o incidente reabriu uma controvérsia que surge periodicamente sobre o hino nacional.
A proposta do Kprf foi classificada por Lyubov Sliska, vice-diretor da Duma e do partido Rússia Unida, como uma “iniciativa rude”. “Se os comunistas pensam que a palavra “Deus” contradiz a constituição, significa que eles pensam que podem se colocar no lugar de Deus, e isso é um grande erro.”
Até a Igreja Ortodoxa Russa interveio no debate que surgiu da proposta de Kashin. O padre Vsevolod Chaplin, diretor do departamento de diálogo entre a igreja e a sociedade, disse que “a maior parte da população adotou este hino e apesar de alguns ainda serem contrários a ele, não há motivos para substituir a frase que faz referência a Deus”.
Fonte: Missão Portas Abertas

OMG News : Assembleia aprova isenção de ICMS para igrejas em Mato Grosso


Com apoio maciço dos deputados estaduais foi aprovado, em segunda votação, na sessão ordinária desta quarta-feira (25) o projeto de lei nº 545/08 de autoria do deputado Antonio Brito (PMDB) que isenta igrejas e templos religiosos do pagamento dos impostos estaduais de ICMS e IPVA.
A mensagem que obteve unanimidade na aprovação segue para sanção do governador Blairo Maggi, assinada passará a vigorar.
O benefício é direcionado a templos religiosos instalados em todo o Mato Grosso, tanto os construídos como os alocados, desde que comprovada à posse. A legislação vale para as cobranças dos impostos nas contas de telefone, energia elétrica e compra de veículos automotivos.
Esse tipo de isenção já é praticado nos estados do Paraná por meio da lei nº 381/03, e no Rio de Janeiro sob o nº 3.627/01.
Em plenário Brito demonstrou o contentamento com a aceitação da mensagem. “Agradeço o apoio de todos os deputados que compreenderam a necessidade dessas instituições, de suma importância para o desenvolvimento social de todo Estado”.
Segundo o deputado, ele terá uma conversa pessoalmente com Maggi para que o projeto receba a sanção. Decisão com grandes chances de ser favorável, já que o projeto recebe também o apoio do vice-governador Silval Barbosa.
Outros parlamentares também respaldaram a iniciativa, Percival Muniz (PPS) destacou a função social que as igrejas possuem, citando como exemplo um programa de rádio da Rede Aleluia, que pertence à Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), o qual leva recados de parentes a presidiários.
J. Barreto (PR) considerou o projeto o tema de maior relevância na sessão por se tratar de um assunto que irá afetar todas as cidades mato-grossenses. “A suspensão do pagamento desses impostos é o mínimo que o Estado pode fazer pelo serviço prestado pelas igrejas à sociedade”.
O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Mauro Savi (PR) após parabenizar Brito pela iniciativa, se comprometeu a solicitar a aprovação da mensagem ao governador. “Vamos nos empenhar em favorecer a população através desse benefício prestado às igrejas. O governo com certeza será a favor desta nova lei”.
Para encerrar, o deputado João Malheiros (PR) disse que as instituições religiosas precisam de auxílio dos poderes constituídos. “A mensagem proposta por Brito só confirma o compromisso do Legislativo com a sociedade civil”. Ele citou ainda ter instituído projeto semelhante no Legislativo Municipal de Cuiabá, quando vereador, o qual isentou do pagamento das contas de água todos os templos religiosos da Capital.
Fonte: O Documento

OMG News : STF está a um voto de arquivar processo contra fundadores da Igreja Renascer



O casal Sônia e Estevam Hernandes, líderes da Igreja Renascer em Cristo, está a um voto de se livrar da acusação de lavagem de dinheiro que lhe é imputada pelo Ministério Público Estadual (MPE). Ontem começou o julgamento do casal na Justiça Federal, acusados de crimes de evasão de divisas e falsidade ideológica. Hoje ocorrerá nova audiência e o juiz pode sentenciar no caso.
Dois ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello e José Antonio Dias Toffoli, da 1ª Turma, já acolheram habeas corpus impetrado pela defesa e ordenaram o trancamento da ação penal aberta em 2006. A turma é composta de cinco ministros. Se o habeas corpus em favor dos Hernandes receber mais um voto favorável, o processo será arquivado.
Segundo a denúncia do MPE, os Hernandes teriam ocultado bens de origem supostamente ilícita. A Promotoria de Justiça sustenta que o crime foi praticado por meio de organização criminosa. É o ponto crucial do julgamento no STF, interrompido pela ministra Cármen Lúcia, que pediu vista dos autos. O Código Penal brasileiro não abriga definição legal para organização criminosa.
"É a primeira vez que o Supremo enfrenta essa questão", disse o criminalista Luiz Flávio Borges D’Urso, que defende os líderes da Renascer. "No meu entendimento, se não há tipo penal, não há crime." Mas o MPE argumenta que a acusação contra os Hernandes é por lavagem de dinheiro a partir do emprego de organização criminosa. Para caracterizar lavagem, a legislação estabelece a necessidade de comprovação de um crime antecedente, como corrupção. Entretanto, a Convenção das Nações Unidas contra o Crime Organizado Transnacional, da qual o Brasil é signatário, definiu o crime organizado.
Em seu voto, o ministro Marco Aurélio, relator do habeas corpus, assevera que não há "previsão normativa suficiente a concluir-se pela existência do crime de organização criminosa". Segundo ele, "a introdução da convenção ocorreu por meio de simples decreto".
Julgamento de fundadores da Renascer começa em SP
Começou ontem na Justiça Federal o julgamento dos fundadores da Igreja Renascer Estevam e Sonia Hernandes, acusados de crimes de evasão de divisas e falsidade ideológica. Hoje ocorrerá nova audiência e o juiz pode sentenciar no caso.
Segundo a acusação do Ministério Público Federal, o casal de líderes da Renascer tentou entrar nos EUA em janeiro de 2007 com dólares escondidos em malas, um porta-CD e uma Bíblia. Ao chegarem ao aeroporto de Miami, os bispos e o filho deles foram revistados e com eles foram encontrados US$ 56 mil, diz a Procuradoria.
O casal foi detido e condenado pela Justiça americana. Eles cumpriram pena em regime fechado e aberto e retornaram ao Brasil em agosto deste ano.
Em relação ao mesmo fato, o casal é processado no Brasil por não cumprir a lei que obriga passageiros a declarar à Receita a posse de valores em moedas estrangeiras superiores a R$ 10 mil, segundo a Procuradoria.
Na audiência de ontem, o juiz da 6ª Vara Criminal Federal de São Paulo Fausto De Sanctis ouviu duas testemunhas de defesa. Dois bispos da Renascer falaram sobre os antecedentes do casal, detalhando atividades sociais e comunitárias dos réus. Para hoje estão previstos os depoimentos de cinco testemunhas de defesa e dos réus, além da apresentação de alegações finais pelas partes.
Ao final da sessão, o magistrado poderá dar sua sentença. A decisão só poderá ser postergada caso o juiz atenda pedidos da defesa ou da acusação para a realização de novas diligências.
Ontem, De Sanctis nomeou por antecipação um advogado substituto para a defesa. A medida visa evitar que a decisão do processo seja adiada na hipótese de os defensores do casal não comparecerem à audiência. O advogado do casal, Luiz Flávio D'Urso, disse que está reunindo provas para mostrar que as acusações contra os bispos são improcedentes.
Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul/Movimento Gospel

OMG News : Fiéis da Igreja Universal são suspeitos de atacar centro de umbanda em Nova Iguaçu

Ao abrir a porta, a surpresa: imagens quebradas e um altar revirado. O Centro Espírita de Umbanda Caminhos de Oxum foi invadido e depredado na madrugada de anteontem.

Foram danificadas oito imagens, que estavam numa prateleira de madeira, além de artigos como copos e pratos utilizados nos rituais religiosos.

O caso foi registrado na 52ª DP (Nova Iguaçu). O delegado Henrique Pessoa, representante da Polícia Civil na Comissão de Combate à Intolerância Religiosa, investiga se o ato de vandalismo foi provocado por fiéis da Igreja Universal do Reino de Deus, que tem uma sede na mesma rua do centro de umbanda.

Por meio de sua assessoria, a Igreja Universal afirmou desconhecer o incidente e informou: "A igreja prioriza o respeito e a consideração a todos os credos religiosos e jamais orientou nem orienta seus membros a praticarem qualquer atitude de intolerância contra pessoas de outras religiões e nem contra objetos que pertençam ao ritual litúrgico de cada crença".

Encruzilhada

Há pouco mais de um mês, o babalorixá Bruno Pereira diz ter sido alvo de intolerância por parte de fiéis da igreja. Segundo ele, depois de fazer uma oferenda numa encruzilhada próxima ao centro, pessoas que seriam fiéis da Universal destruíram sua oferta.

Bruno procurou o bispo responsável pela Igreja, que teria prometido que a situação não se repetiria. O Instituto de Criminalística Carlos Éboli fará uma perícia no centro de umbanda hoje, para tentar identificar os autores da depredação. Os invasores teriam pulado o muro com o auxílio de tábuas de madeira encostadas no muro de um terreno vizinho. Nada foi roubado do centro.

A porta que dá acesso ao terreiro do centro de umbanda foi forçada, mas não chegou a ser arrombada. Quem invadiu o local conseguiu ter acesso apenas a uma das salas do centro. Para o babalorixá Bruno Pereira, se a invasão do terreiro tivesse se completando, o estrago teria sido ainda maior.

— Como uma pessoa religiosa, não ensino nenhum filho de santo a agredir. De forma alguma admitiria isso — disse o babalorixá.

Comissão

O ataque ao Centro Espírita de Umbanda Caminhos de Oxum foi levado à Comissão de Combate à Intolerância Religiosa, que vai acompanhar o caso. Ivanir dos Santos, coordenador da comissão, diz que muitos casos acabam não sendo investigados porque as pessoas perseguidas sentem medo de represálias. Este ano, já foram feitas quase 40 denúncias à entidade e só oito resultaram em inquéritos policiais:

— As religiões mais perseguidas são as de origem africana e quem costuma atacar são os neopetencostais. Quem faz isso não pode ser um bom cristão. Querem demonizar essas religiões (africanas) e seus adeptos.

Fonte: Jornal Extra

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

OMG News : STF suspende decisão que obrigava MEC a mudar data do Enem para alunos judeus


O STF (Supremo Tribunal Federal) suspendeu nesta segunda-feira a decisão que obrigava o MEC (Ministério da Educação) a marcar outra data, que não o sábado, para a aplicação da prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) para pelo menos 21 alunos de um colégio judaico de São Paulo.
O sábado é o shabat, dia em que os judeus descansam. Do pôr do sol da sexta ao pôr do sol do sábado, não trabalham, não dirigem e não escrevem. Vendo que seus alunos perderiam o Enem, o colégio Iavne, nos Jardins (zona oeste), apresentou a ação judicial, e o Tribunal Regional Federal deu razão à escola.
Entretanto, nesta segunda, o ministro Gilmar Mendes suspendeu a decisão do TRF alegando que o MEC, na ocasião da inscrição, oferecia a possibilidade de "atendimento especial por razões religiosas". O Supremo cita o exemplo dos estudantes da igreja Adventista do Sétimo Dia, que poderão fazer a prova do sábado após o pôr do sol.
"Tal providência revela-se aplicável não apenas aos adventistas do sétimo dia, mas também àqueles que professam a fé judaica e respeitam a tradição do shabat. Em uma análise preliminar, parece-me medida razoável, apta a propiciar uma melhor 'acomodação' dos interesses em conflito", concluiu Mendes.
A prova do Enem deveria ter ocorrido nos dias 3 e 4 de outubro, mas foi adiada para os dias 5 e 6 de dezembro --sábado e domingo-- após a denúncia de vazamento do conteúdo.
Fonte: Folha Online

OMG News : Visita do presidente iraniano ao Brasil tem repercussão na mídia mundial

Foto: Ricardo Stuckert / PR

Centenas de manifestantes receberam o presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad em sua visita ao Brasil nos dias 22 e 23 de novembro de 2009. Uma “Marcha pela paz” foi realizada em uma praia do Rio de Janeiro, por um grupo judeu.
O grupo afirmou que “qualquer um que nega o holocausto, também nega o judaísmo brasileiro”.
Diversas organizações participaram do protesto, como instituições pró-Israel, judeus, evangélicos e até ativistas do meio ambiente.
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva declarou recentemente que as relações amigáveis entre o Brasil e o Irã são necessárias para promover a paz no Oriente Médio.
Um editorial do jornal espanhol El País nesta terça-feira diz que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva corre o risco de "perder parte do prestígio internacional que colheu", ao receber o colega iraniano, Mahmoud Ahmadinejad.
"Ahmadinejad pretende buscar fora (de seu país) a legitimidade que dentro continua sendo contestada. Mas a visita ao Brasil também está relacionada às sanções que a comunidade internacional imporá a Teerã após o bloqueio das negociações sobre seu programa atômico", diz o jornal.
O artigo parte do princípio de que a visita de Ahmadinejad a Brasília amplia "o cenário internacional onde se dá a disputa sobre o programa nuclear iraniano".
"O Brasil decidiu ocupar o novo papel que lhe corresponde, e isso passa por desenvolver uma política própria para as questões mais contenciosas, em particular, as do Oriente Médio e do programa nuclear iraniano."
"É uma aposta arriscada para o presidente Lula que, antes de Ahmadinejad, recebeu o presidente israelense Shimon Peres e o da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, forçado pelo dominó de equilíbrios que deve respeitar após mover a primeira peça."
Na opinião do El País, "a visita de Ahmadinejad ao Brasil não admitiria outro desenlace senão o que um jogo que termina em zero a zero".
"Ou Lula fica em evidência por debilitar em troca de nada a frente internacional contra o programa nuclear iraniano, ou o Irã tem de fazer ante Lula concessões que até agora tentou evitar por todos os meios."
"Talvez um meio caminho, como ganhar tempo antes das sanções (internacionais), fosse aceitável para Ahmadinejad. Lula, por outro lado, perderia uma parte do prestígio internacional que colheu merecidamente."
Fonte: BBC Brasil

OMG News : Ex-travesti pede revisão de medida que proíbe psicólogos de atenderem homossexuais



Após ter conhecimento dos pastores evangélicos que se casaram na semana passada, no Rio de Janeiro, o ex-travesti Joide Miranda decidiu enviar uma carta aos senadores para que a resolução 01/09 do Conselho Federal de Psicologia, que mantêm psicólogos impossibilitados de atenderem homossexuais, seja alterada.
"Há 18 anos fui restaurado em minha heterossexualidade. Tive ajuda de uma profissional na área da psicologia, (...) sou casado há 11 anos e extremamente feliz, realizado, com minha esposa. Sou prova de que ninguém nasce homossexual", disse Joide.
O ex-travesti, que recentemente contou sua história no programa Vitória em Cristo, do pr. Silas Malafaia, ainda enfatizou na carta que os senadores digam não ao Projeto de Lei 122/2006, que torna crime atitudes consideradas homofóbicas.
"Louvo a Deus pela vida da psicóloga Rozângela Justino, do pr. Silas Malafaia e muitos outros neste Brasil que não têm demonstrado medo da oposição (os ativistas gays) e lutam a favor dos que desejam voluntariamente deixar a atração pelo mesmo sexo", destacou o missionário.
Confira a carta na íntegra:
Não ao PL 122/2006 e revejam a resolução 01/09
Sou um dos milhares neste Brasil que passou pelo estado da homossexualidade, morei muitos anos na europa, tive um "relacionamento estável" por vários anos, cheguei a ser Miss Travesti na Itália, fui muito conhecido pela beleza e fama que consegui conquistar, achava que tinha nascido e iria morrer homossexual, conheci o mundo e submundo da homossexualidade, conheci o que vcs nem imaginam existir neste meio.
Há 18 anos fui restaurado em minha heterossexualidade, tive ajuda de uma profissional na área da psicologia "Dra. Rosalba", sou casado a 11 anos, extremamente feliz e realizado com minha esposa, sou prova que ninguém nasce homossexual, que a homossexualidade é um comportamento aprendido e por isso pode ser desaprendido como aconteceu comigo e outros ex-gays e ex-lésbicas deste brasil.
Acesse meu blog
www.joidemiranda.wordpress.com e conheçam melhor minha história, e também o blog do ex-gay Claudemiro Soares autor do livro homossexualidade masculina escolha ou destino? - após 10 anos de estudo o autor prova neste livro cientificamente que ninguém nasce homossexual - www.claudemirosoares.com.br
Hoje atendo pessoas que desejam voluntariamente deixar a atração pelo mesmo sexo, recebo pedidos de socorro do norte, sul, leste, oeste e nordeste do Brasil, Japão e Europa. Meu testemunho de restauração tem sido esperança para milhares de homossexuais que estão insatisfeitos neste estado.
Peço aos senhores mais uma vez que digam não a pl 122/2006 e revejam a resolução 01/09 - pois todos os homossexuais que nos procuram reclamam em primeiro lugar que são proíbidos de procurar ajuda psicológica por causa da referida resolução que proíbe os psicólogos atenderem homossexuais que voluntariamente desejam deixar a homossexualidade, isso sim é discriminação e precoceito.
Aqueles que estão felizes no estado da homossexualidade que vivam, mas que deem liberdade aqueles que vivem frustrados, vazios e ansiosos em deixar este estado e buscar um acompanhamento de um terapêuta.
Este apelo é de alguém que viveu, que conheceu o mundo da homossexualidade e que deixou este mundo e vive 100% em sua heterossexualidade.
Fonte: Joide Miranda/Guia-me/Movimento Gospel

terça-feira, 24 de novembro de 2009

OMG News: André Valadão pede perdão a pastor após discussão repercutida na web



"Nunca imaginei e ainda não sei a motivação do Olivar em tornar público um e-mail que eu o respondi, porém mais uma vez o peço perdão", disse André Valadão em seu blog na última sexta, dia 20, depois dos comentários provocativos entre os dois pastores que foram vastamente divulgados na internet, em blogs e sites evangélicos.
A discussão começou após o líder Olivar Alves Pereira, da Igreja Presbiteriana de São José dos Campos (SP), expressar questionamentos sobre a participação de evangélicos em eventos católicos, como tem feito André Valadão ao longo de 2009.
As críticas ganharam ofensas pessoais entre ambos. "Sobre o fato de você caminhar 'sob a direção de Deus' eu não posso questionar, pois não conheço seu coração. (...) Termino aqui com a bela poesia de Paulo Cesar, do Grupo Logos (isso é que é música, e não esse 'mantra evangélico que você produz')", disse Olivar.
"Se você deseja ficar enfiado nas 4 paredes da sua igreja e não tem coragem de entrar e alcançar novas pessoas, isso é problema seu. Pare de mandar emails, você e sua 'turminha' pro meu blog achando que vão mudar minha opinião ou até mesmo balançar minhas ações no ministério", respondeu Valadão ao primeiro comentário do presbiteriano.
Na delcaração de desculpas, ao pastor Olivar e também "a todos aqueles que de certa forma foram atingidos com as discussões", André expressou: "Não quero ser pedra de tropeço na vida de ninguém, mesmo tendo visões diferentes e pensamentos teológicos que acabam nos dividindo eu não tinha o direito de falar com o Pr. da forma que fiz".
Confira na íntegra o post de perdão publicado por André Valadão:
Perdão
É com este título acima que venho de maneira pública pedir perdão ao Pr. Olivar, a igreja do nosso Senhor Jesus, e a todos aqueles que de certa forma foram atingidos com as discussões que por dias tem sido espalhadas pela internet.
Não quero ser pedra de tropeço na vida de ninguém, mesmo tendo visões diferentes e pensamentos teológicos que acabam nos dividindo eu não tinha o direito de falar com Pr. da forma que fiz. Nunca imaginei e ainda não sei a motivação do Olivar em tornar público um e-mail que eu o respondi, porém mais uma vez o peço perdão.
Em oração recebi do Senhor esta palavra já por alguns dias e compartilho com todos: Lucas 21:14-19: "Proponde, pois, em vosso coração não premeditar como haveis de responder, porque eu vos darei boca e sabedoria a que não poderão resistir, nem contradizer todos quantos se vos opuserem. E até pelos pais, e irmãos, e parentes, e amigos sereis entregues; e matarão alguns de vós. E de todos sereis odiados por causa do meu nome. Mas não perecerá um único cabelo da vossa cabeça. Na vossa paciência, possuí a vossa alma".
Que Deus venha sarar e fechar as brechas que o inimigo tem tentado entrar e destruir corações. Mais uma vez me perdoe por tamanho erro e por ter sido usado para desviar o foco de alguns, foco este que deve sempre ser Cristo.
Fonte: Blog André Valadão

OMG News: Pr. Olivar utiliza o blog movimento gospel para direito de resposta a André Valadão


Caro, Pr. André.

Primeiramente, só estou entrando em contato no seu site, porque me informaram que você resolveu se pronunciar. Não sei se você (de novo) irá apagar essa mensagem. Não tem problema se você fizer isso. Mas, me senti no direito de responder. Se você novamente não aceitará, não posso fazer nada.Você me chama de aproveitador da fé. Quero lembrá-lo, que não cobro pelos meus sermões, não tenho carrões, e meu apartamento (que terminarei de pagar daqui uns 25 anos) é muito modesto. Os que me conhecem sabem muito bem que não aproveito da fé de ninguém, aliás, é meu dever defender a Fé Cristã de pessoas que lucram absurdos com ela.Você também apresentou seu vasto currículo. Só não lhe dou meus parabéns, porque justamente esse currículo pesa ainda mais sobre seus ombros, pois "a quem mais se deu, mais será exigido". Além disso, creio que isso é mais um motivo pra você melhorar muito a sua qualidade musical, teologicamente falando. Mas, só para constar, estou no ministério da pregação da Palavra de Deus desde 1993. Trabalhei na restauração e fortalecimento de duas igrejas (como pastor) e nesta a qual atualmente sirvo como pastor e estou nela desde seu surgimento e plantação em 2002. Assim sendo, não vivo à sombra de meu pai ou parentes, mas, faço a obra que o Senhor me colocou neste mundo para fazer. Aliás, a data de 2006 que você mencionou não se refere ao começo de meu ministério. Em dezembro de 2006 eu validei meu diploma de Teologia pela renomada Universidade Presbiteriana Mackenzie junto ao Ministério da Educação e Cultura (MEC), reconhecimento esse que creio eu você não tem. Atualmente concluo meu mestrado em Ciências da Religião, portanto, não sou um maluco falando sem conhecimento de causa.Pensando nisso, preciso dizer-lhe que não quis e nem jamais quererei me promover à custa de ninguém. O que eu quero é promover a glória do Nome de Cristo. Aliás, o que lhe faz pensar que quero ser igual a você? Já me é sofrível ver tantos dirigentes de louvor por esse Brasil afora, imitando você como caricaturas ridículas e sem personalidade. Repito: não quero me promover às suas custas. Tive oportunidade de ir até a um programa de televisão para falar sobre o assunto e não quis. Um outro site me contatou para o mesmo fim. Também não quis. As minhas palavras a você já disseram tudo. Aliás, não foi a mim que você não aceitou, mas foi à Palavra de Deus, pois foi nela que baseei todos os meus comentários. Em contrapartida você, deixou bem claro qual era a base das suas respostas.Quanto ao ecumenismo que você pratica, devo novamente reforçar o que lhe disse desde o começo: eu e muitos outros (muitos mesmo!) crentes em Cristo Jesus, não admitimos tal coisa. Não sou contra os católicos, tenho muito amigos de verdade que são católicos e inclusive também não concordam com ecumenismo. Prego-lhes o Evangelho, mas não subo num mesmo púlpito (ou altar) com eles. Adoração é coisa só pra quem foi salvo por Cristo Jesus. Cantoria é pra qualquer um. Por fim, Pr.André, devo só ressaltar mais uma coisa: se eu sou um "nada" como você demonstrou com suas palavras, porque então você está tão preocupado assim? De fato você não me processou e tenho dito isso a todos que me perguntam sobre o caso. Mas dizer que você não me ameaçou, isso é dar um tiro no seu próprio pé. Quem é que foi ameaçado? Em que momento eu lhe disse que poria isso nas mãos dos advogados? Quem disso isso foi você. Quem não teve maturidade para responder foi você. Quanto ao que eu disse, sustento cada uma das minhas palavras. Se você não consegue o mesmo com as suas, paro por aqui, pois meu pai me ensinou desde pequeno que uma palavra empenhada não volta atrás. No mais, passe bem.
Pr.Olivar Alves Pereira

OMG News: Novo CD de Eyshila já foi para fábrica





O oitavo CD de Eyshila pela MK Music, "Nada Pode Calar Um Adorador", foi enviado para a fábrica na última quarta-feira, 18/11. O disco foi produzido por Emerson Pinheiro e gravado ao vivo na igreja onde a cantora congrega, Assembleia de Deus da Penha, no Rio de Janeiro.O título do trabalho representa a vitória de Eyshila, que ficou praticamente um ano sem cantar após uma cirurgia nas cordas vocais. Durante esse tempo a cantora dedicou-se às composições, e o resultado pode ser encontrado no CD. Das 12 canções, oito são de autoria de Eyshila e quatro de Anderson Freire, vocalista da Banda Giom.A música título, aliás, nem bem estreou na programação da Rádio 93 FM e já está entre as mais pedidas da emissora carioca.
Fonte: MK MUSIC/Movimento Gospel/Gospel Vision

OMG News: Homem mata evangélica por causa de religião


Uma evangélica foi morta pelo companheiro na tarde desta segunda-feira, 23, no bairro Granja Portugal, periferia de Fortaleza, por divergências religiosas. Wellington Cardoso de Oliveira, 28 anos, adepto às práticas de macumba, teria discutido com a companheira, Tânia Maria Alves da Silva, de 40 anos, e a matou com um tiro na cabeça.Os dois viviam juntos há cerca de um ano e meio e a mulher tentava convencê-lo a converter-se à religião evangélica.Depois do crime, o acusado apresentou-se espontaneamente ao 12º Distrito Policial (Conjunto Ceará). Após prestar depoimento, ele foi liberado. O caso será investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher.
Fonte: O POVO ONLINE

OMG News: Bruna Olly e David Soares no Nordeste


Os cantores Bruna Olly e David Soares estão, desde domingo, no Nordeste, participando do evento 40 Anos de Poder, com o Missionário R.R. Soares.Serão mais cinco dias de trabalho intenso.
Confira a agenda.
Dia 24/11, terça-feira: Teresina (PI): Cidade do Detran, às 19h
Dia 25/11, quarta-feira: Natal (RN): Anfiteatro do Campus Universitário da UFRN, às 19h
Dia 26/11, quinta-feira: João Pessoa (PB): Aterro da Praia de Tambaú, às 19h
Dia 27/11, sexta-feira: Campina Grande (PB): Parque do Povo, 19h
Dia 28/11, sábado: Petrolina (PE): Espaço de Eventos Portal do Rio, 18h
Para mais informações da agenda, acesse
www.ongrace.com.
Fonte: GRAÇA MUSIC

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

OMG News: EUA: cristãos conservadores se aliam contra aborto e união gay


Mencionando o apelo do reverendo Martin Luther King à desobediência civil, 145 líderes evangélicos, católicos e ortodoxos dos Estados Unidos assinaram uma declaração na qual afirmam que não vão cooperar com leis que alegam poderiam ser usadas para compelir suas instituições a participar de abortos, e que não abençoarão ou reconhecerão de qualquer outra maneira uniões entre casais homossexuais.
"Prometemos, uns aos outros e a todos os nossos irmãos de fé, que não haverá potência neste mundo, seja cultural ou política, capaz de nos intimidar e de nos impor o silêncio e a aquiescência", afirma a declaração.
O manifesto, lançado na sexta-feira (20) em um evento no National Press Club de Washington, representa um esforço para tentar renovar a aliança política entre os católicos conservadores e os evangélicos que dominou os debates religiosos nos Estados Unidos durante o governo do presidente George W. Bush. Entre os signatários da declaração estão nove arcebispos da Igreja Católica americana e o primaz da Igreja Ortodoxa dos Estados Unidos.
Os líderes religiosos desejam sinalizar ao governo Obama e ao Congresso que continuam a representar uma força formidável e que não aceitarão compromissos quanto ao aborto, quanto à pesquisa científica com células-tronco ou quanto ao casamento homossexual. A esperança do grupo é influenciar o debate em curso sobre o pacote de reforma da saúde, sobre um projeto de lei quanto a uniões homossexuais em Washington, e sobre um projeto de lei contra a discriminação no emprego, que proibiria a discriminação no trabalho por motivos de orientação sexual.
Os líderes afirmam que também desejam dialogar com os cristãos mais jovens que se tenham envolvido com questões como a mudança do clima e o combate à pobreza mundial, e que em geral costumam aceitar a homossexualidade de maneira mais tranquila que seus correligionários de idade mais avançada. Os líderes afirmam que desejam lembrar aos jovens cristãos que aborto, homossexualidade e liberdade religiosa continuam a ser questões primordiais.
"Nossa argumentação é a de que existe uma hierarquia de questões", disse Charles Colson, proeminente líder evangélico e fundador da organização Prison Fellowship, depois que ele mesmo serviu uma sentença de prisão devido ao seu envolvimento no caso Watergate. "Muitos dos evangélicos mais jovens afirmam que todas as questões mencionadas acima têm a mesma importância. Nossa esperança é a de que seja possível informá-los para que percebam que as três causas mencionadas na declaração são as mais importantes".
O documento foi escrito por Colson; Robert George, professor de jurisprudência na Universidade de Princeton e católico praticante; e pelo reverendo Timothy George, diretor da Beeson Divinity School, uma escola evangélica que forma pastores para múltiplas seitas, como parte da Universidade Samford, em Birmingham, Alabama.
Os líderes se encontraram em uma conferência religiosa em Manhattan, em setembro, para debater o rascunho da declaração e obter sugestões dos demais presentes. O documento, de 4,7 mil palavras, é conhecido como "Declaração de Manhattan: Um Apelo à Consciência Cristã". O New York Times obteve uma cópia antes do lançamento formal.
O texto afirma que "não cumpriremos qualquer édito que tenha por objetivo compelir as nossas instituições a participar de abortos, pesquisas que destruam embriões, suicídio assistido e eutanásia ou qualquer outro ato antivida; e tampouco nos curvaremos diante de qualquer regra que pretenda nos forçar a abençoar parcerias sexuais imorais, tratando-as como casamentos ou seu equivalente".
Ira Lupu, professor de Direito na escola de direito da Universidade George Washington, afirmou que alegar que as instituições religiosas poderiam vir a ser forçadas a fazer qualquer dessas coisas representa "uma tentativa de traficar com o medo". Ele afirmou que as instituições religiosas estão protegidas pela Primeira Emenda à constituição americana, que garante a liberdade de expressão e associação, e por cláusulas de consciência que permitem que profissionais e medicinas se recusem a participar de certos procedimentos; também existem isenções por motivo religioso incorporadas aos projetos de lei sobre uniões homossexuais.
Os pontos de controvérsia mais prováveis, afirmou, envolveriam grupos religioso que oferecem serviços sociais ao público. Essas organizações seriam forçadas prestar serviços a homossexuais, ou benefícios conjugais aos parceiros de funcionários homossexuais.
George, da Universidade de Princeton, argumentou que as cláusulas de consciência e a liberdade religiosa são insuficientes, acrescentando que "os perigos para a liberdade de religião são muito reais".
Fonte: The New York Times

OMG News: Evangelho é usado para libertar das drogas e tráfico


Um trabalho de evangelização realizado pela Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério de Madureira tem ajudado adolescentes em conflito com a lei a se libertar do tráfico, do vício e da criminalidade.
Um grupo de membros da igreja visita o sistema sócio-educativo, no bairro Vila Aurora, todos os sábados, levando oração, louvores e a palavra de Deus.
O jovem R.R.L., de 17 anos, se envolveu com o tráfico e hoje está apreendido no sistema sócio-educativo. Com o trabalho de evangelização, assegura que descobriu que Jesus é a melhor saída do mundo do crime. “Com fé em Deus, quero sair daqui mudado e continuar a vida lá fora com minha família”, repassou.
A diretora do sistema sócio-educativo, Nilza Maria da Silva, confirma os bons resultados do trabalho. “Esse trabalho é de suma importância, porque nós temos também de trabalhar o lado espiritual”, repassou.
“Com certeza, a gente percebe que há mudanças… Esse trabalho tem surtido resultado, sim. Eles participam, respeitam e falam bem. Eles mudam o comportamento a partir desse trabalho”, acrescentou.
Fonte: A Tribuna

OMG News: Papa diz que seguir Cristo não garante êxito, mas assegura felicidade



O papa Bento XVI reconheceu hoje, durante a habitual reza do Ângelus de domingo, que talvez seguir Cristo não garanta o êxito nos termos nos quais a sociedade atual concebe, mas assegura a paz e a felicidade.
"Para toda consciência, torna-se necessária uma escolha: a quem quero seguir? A Deus, ou ao maligno? A verdade ou a mentira? Escolher Cristo não garante o êxito segundo os critérios do mundo, mas assegura a paz e a felicidade que só ele pode dar", disse o pontífice, da sacada de seu apartamento na praça de São Pedro do Vaticano.
"Isso é demonstrado em cada época pela experiência de muitos homens e mulheres que, em nome de Cristo, em nome da verdade e da justiça, souberam se opor às ilusões dos poderes terrenais com suas diferentes máscaras, até selar com o martírio sua fidelidade", acrescentou.
O papa lembrou que neste último domingo do ano litúrgico, se celebra a solenidade de Jesus Cristo como Rei do Universo, e expressou uma "cordial saudação" para as comunidades religiosas de clausura, que ontem lembraram a jornada "pro orantibus".
Bento XVI teve lembrou soror Maria Alfonsina Danil Ghattas, nascida em Jerusalém em 1843 em uma família cristã e cuja cerimônia de beatificação acontece hoje em sua cidade natal.
"A beatificação desta tão significativa figura de mulher é de particular conforto para a comunidade católica na Terra Santa e é um convite a confiar sempre, com firme esperança, na divina providência e na proteção maternal de Maria", disse o papa.
Fonte: EFE

OMG News: ONG pede que igreja proteste contra CO2


Os organizadores da campanha 350 (www.350.org) estão planejando um novo protesto contra o fiasco anunciado para o acordo do clima, a ser negociado dezembro em Copenhague.
Os ambientalistas, que já tinham feito uma manifestação global em outubro, vão convocar para 11 desse mês um evento maior. Pedem que as pessoas acendam velas em monumentos famosos, como a Torre Eiffel, a Estátua da Liberdade e o Cristo Redentor, numa "vigília pela sobrevivência".
Os manifestantes também pedem que, no dia 13 de dezembro, um domingo, igrejas, mesquitas, sinagogas e outros templos toquem seus sinos. Nesse dia, a conferência de Copenhague --encontro de duas semanas programado para estabelecer o novo tratado do clima- já estará na sua metade.
O mote da campanha é reivindicar a redução da concentração do CO2 na atmosfera para 350 partes por milhão. Hoje a concentração do gás está em quase 400 ppm.
Fonte: Folha Online

OMG News: Em dia de "Parada Gay", frases religiosas amanhecem pintadas em Campo Grande (MS)

Três das quatro vias que cercam a praça Ary Coelho, no centro da capital de Mato Grosso do Sul, amanheceram esta sexta-feira, 20, pintadas com frases religiosas.
O ato, visto como uma manifestação contra à 8ª Parada da Diversidade Sexual, desagrada a maioria da população, que não sabe quem fez as pichações.
As frases “Buscai o Senhor enquanto se pode achar!”, “Jesus Voltará” e “O pecado não te ama! Jesus sim te ama!”, ocupam todos os trechos da 14 de Julho, Afonso Pena e 15 de Novembro que cercam a praça.
As palavras são brancas e pintadas à mão. Segundo Alan, da farmácia DrogãoMix, quando o estabelecimento abriu, às 7h, "já estava tudo ponto".
“Acho errado isso. Todo mundo têm direito e envolveram a religião dos outros no meio. Porque que não pintaram semana passada?” questionou.
O pessoal da farmácia São Bento, na avenida Afonso Pena com a 14 de Julho, que fica aberta 24 horas, também relatou que ninguém falou nada. Segundo eles, a escala de plantão troca às 7h, e ninguém comentou.
O presidente da Aliança Evangélica de Campo Grande e vice-presidente da Igreja Batista, Ronaldo Leite, disse que a igreja, tanto Evangélica, quanto Batista, condena a ação de pichação.Ronaldo diz que a marcha da "Parada Gay" já passou algumas vezes pela igreja, dizendo que os evangélicos são homofóbicos. “Porém, acho que quem fez isso são desavisados. Evangélicos que têm Jesus no coração, respeitam a Lei”.
Segundo ele, se fosse outro tipo de manifestação, como cartazes, tudo bem.
A presidente da ATMS (Associação das Travestis e Transexuais de Mato Grosso do Sul), Cris Stephany, questionou a ação. “Quem será que são os baderneiros? Nós que estamos em um movimento legalizado ou esses conservadores eu fizeram isso? Este é um ato de discriminação.
”Segundo Cris, na Marcha para Jesus, realizada pelos Evangélicos, “nenhum homossexual foi incomodar”.
Opinião da população
Para Maria Silva, que estava passando pela praça, as pinturas podem ser vistas como forma de evangelização. “ Acho que Deus deixou dois caminhos, o certo e o errado. A pessoa que fez isso, talvez quisesse mostrar o certo. Quem quiser é só não olhar”, disse ela.Já o mototaxistas Wesley, que só ficou sabendo hoje pela manhã, afirmou que a atitude é errada por dois motivos. “Primeiro porque a rua é pública e segundo, porque quem disse que gay não tem religião”.
Fonte: Capital News

sábado, 21 de novembro de 2009

OMG News: Pr. Marco Feliciano será candidato a Deputado Federal



O empresário e Pastor Marco Feliciano declarou em entrevista coletiva, que será candidato pelo PSC – Partido Social Cristão a Deputado Federal."Quem sabe. Mas primeiro quero lutar pela Câmara Federal. Eu tenho um sonho, quero ser Senador e como Senador eu teria uma posição muito estabelecida dentro do país, inclusive eu tive uma chance de sair ao senado agora pelo norte do país, dois estados do norte do país vieram me procurar, bastaria com 3 meses eu me filiar lá, arrumar uma casa, ter um endereço poderia ter saído por lá. Estou saindo pelo Estado de São Paulo e acredito que possamos chegar lá. Queria somente pegar um gancho aqui e falar que eu conto não só com a ajuda de Orlândia, mas com a ajuda da região. Todas as cidades circunvizinhas São Joaquim da Barra, Morro Agudo, Sales Oliveira, Nuporanga, conto com a ajuda de todo mundo. É uma luta mais do que política, é uma luta pela nossa cidade. Quem sabe, depois dessa entrevista eu consiga marcar alguma reunião com alguns prefeitos, vereadores da região. E eles possam me dar uma mão nesse sonho. Ouvi falar que cavalo que já está marcado para ganhar, todo mundo quer apostar nele. Então quem sabe alguém resolve apostar no Pastor Marco, porque como eu disse são 11 milhões de evangélicos no Estado de São Paulo eu preciso que somente 90 mil deles me ajudem, mas se a minha cidade me ajudar e todo mundo me ajudar a gente pode chegar lá e fazer um bom trabalho.", Pastor Marco Feliciano em resposta ao jornal Gazeta Popular, da cidade de Orlândia/SP.
Veja a entrevista na integra. Clique aqui

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

OMG News: Pessoas perdem o que conquistam por que não sabe ficar quietos. O humorista Oscar Filho, do CQC diz "Pra mim Jesus era masoquista"


O humorista Oscar Filho, do programa de humor CQC, da TV Band, causou grande polêmica no Twitter ao publicar a mensagem “Essa história de crucificação é bobagem. Pra mim Jesus era masoquista”. Oscar Filho é um dos brasileiros com maior número de seguidores, até o fechamento desta matéria eram mais de 259 mil pessoas acompanhando suas mensagens.
Após a publicação, Oscar Filho foi alvejado por respostas mal humoradas de centenas de Cristãos que se sentiram ofendidos com o que o humorista disse: “desejo com todas minhas forças que Ele faça de sua vida uma piada tão ruim quanto essas que vc está fazendo agora!”, disse indignada Dayane Leite em seu perfil no Twitter. “Perdeu um seguidor, fazer piada com Jesus é muito desrespeito com os Cristãos! Tenha sua opinião, mas guarde para vc! Lamentável”, disse Rômulo Dias que ainda completou: “Ñ sigam o @OscarFilho ele faz piadas com Jesus. E ainda quer respeito! Lamentável atitudes como essa, se ñ acredita, respeite quem acredita!”.
Oscar Filho não chegou a pedir desculpas abertamente, pelo contrário nas mensagens seguintes ironizou as pessoas que que não apoiaram o que ele publicou: “Opa, desculpem pelo último post. Ao invés de dizer “história” eu quis dizer “estória”!”, “Ah, eram outras desculpas? Então lá vai: desculpa fazer piada com um cara que eu não acredito que existiu. Pra mim é folclore”, ”Galera, desculpem mesmo eu ter dito que não acredito em Jesus. Agora eu acredito. Acabei de receber um power point que ele mesmo enviou.” e finalizou dizendo: “Dizem que Jesus ensinou o amor, não é o que eu estou recebendo agora. Aprenderam direitinho, né? O problema são os seguidores dele.”
A mensagem de Oscar Filho no twitter sobre Jesus e a Crucificação gerou muitas respostas, confira algumas:

OMG News: Câmara mantém título a Apóstolo Estevam


O Projeto de Decreto Legislativo n. 56/2009, do vereador Benedito de Jesus Oleriano (PMN), sobre a revogação do Título de Cidadão Sorocabana ao Apóstolo Estevam Hernandes, da Igreja Renascer em Cristo, abriu os projetos em primeira discussão na 74ª sessão da Câmara, realizada nesta quinta-feira (19). A pedido do vereador Carlos Cezar (PSC - foto), autor do projeto que concedeu a congratulação, houve uma inversão de pauta. Novamente o assunto causou amplo debate.O líder do Governo na Casa, Paulo Mendes (PSDB), liberou a bancada do PSDB para votar o projeto de acordo com a posição de cada membro. Martinez destacou que o projeto que concedeu o título ao apóstolo foi votado anteriormente ao que chamou de “incidente”. “Se o momento foi oportuno ou não cabe ao autor do título. Nunca fiz isto a ninguém e não vou fazer agora”, disse referindo-se a cassação de títulos.Com 18 votos contrários o projeto de decreto foi arquivado. Ditão Oleriano justificou sua postura. “Não votei pela religião, votei pelo homem”, disse.
Fonte: CÂMARA MUNICIPAL DE SOROCABA

OMG News: Consciência Negra


121 anos se passaram da Abolição da escravatura no Brasil e o país continua o mesmo se não tiver piorado, pois todos os atos daquela época eram explicito e agora tudo acontece veladamente e com isto os que não vivem o que o povo negro vive se enganam quando vem algumas políticas publicas na luz da escuridão. Apesar disso, os negros continuam em situação de desigualdade, ocupando as funções menos qualificadas no mercado de trabalho, sem acesso às terras, universidades e a educação de qualidade, além de serem as maiores vítimas da violência nas periferias das grandes cidades aonde os negros são dizimados descaradamente em sua maioria jovens e quando isto não acontece são humilhados de maneira desumana. Aqueles que são iluminados pelas lentes do discernimento sabem muito bem que a comunidade precisa urgentemente de ser conscientizada das realidades histórica, e uma historia triste que esta sendo escrita em nosso dias e fazer acontecer uma reforma nos materiais didáticos fazendo com que a rede de ensino não somente no mês da consciência o que não 4esta acontecendo neste ano tenham palestras que façam com que haja reflexão sobre a situação do passado negro. O dia 20 de novembro data esta da consciência negra (que foi escolhida pelo Movimento Negro em contraposição ao dia 13 de maio, e é uma homenagem a Zumbi dos Palmares. Zumbi foi morto, 314 anos atrás: 20 de novembro de 1695. Era o líder maior do Quilombo dos Palmares - que é considerado o maior foco de resistência negra à escravidão no Brasil) deveria parar não somente algumas cidades na qual seus prefeitos tiveram um pouco de consideração á comunidade negra e instituiu esta data para provocar discussões e reflexões a fim de que se reconheça a contribuição a esta pátria. Mais de três séculos após a sua morte, os negros continuam a lutar por direitos e oportunidades. O racismo nunca deixou de existir, a opressão e suas formas de dominação só ficaram mais sofisticadas. Não se enganem que a abolição da escravidão aos negros esta completa.

Pastor Altair Pereira da Silva

Presidente da ADAN

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

OMG News : PLC 122/06: Adiada a votação da proposta


A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) decidiu nesta quarta-feira (18) adiar a decisão sobre o substitutivo da senadora Fátima Cleide (PT-RO) a projeto da Câmara dos Deputados, que pune com pena de um a três anos de prisão a discriminação contra pessoa idosa ou com deficiência e ainda em razão da orientação sexual. O acerto foi para que o texto (PLC 122/06) só seja votado depois da realização de audiência pública.O debate será mais uma tentativa para se chegar a um consenso em torno do conteúdo da proposta, motivo de controvérsia nos últimos dias, tendo sido inclusive objeto de fortes discursos em Plenário. O presidente da CDH, senador Cristovam Buarque (PDT-DF), concedeu pedido de vista coletiva, para abrir espaço para o debate.Os críticos do projeto argumentam que, se ele for aprovado, pais e líderes religiosos podem até ser presos por dizer que a homossexualidade é pecado. Na reunião, com grande presença dos membros da comissão, a relatora sustentou que as reações ao projeto levam em conta o texto que saiu da Câmara dos Deputados, e não o seu substitutivo, segundo ela com redação mais simples e objetiva e que atende às diferentes demandas.A relatora reafirmou, no entanto, a necessidade de medidas para punir condutas que apresentam a intenção explícita, motivada por preconceito, de vitimar pessoas. Segundo ela, essa situação ainda permeia o dia-a-dia de milhões de brasileiros, atingidos em seus direitos básicos, até no direito à vida. Em relação aos homossexuais, ela afirmou que a intolerância é evidente e deixou como saldo, somente no último ano, de 122 assassinatos.- Se essas vidas não importam, nós poderemos dizer que não existe homofobia no país - declarou a relatora.Pelo texto do substitutivo, a lei que define e pune atos de preconceito de raça ou de cor (Lei 7.716, de 1989), e que também aborda a intolerância em razão da etnia, religião ou origem, passa a também tratar da discriminação contra pessoa idosa ou com deficiência, por orientação sexual, sexo ou identidade de gênero. Em relação ao projeto da Câmara, houve a inclusão dos idosos e das pessoas com deficiência.Um dos artigos prevê pena, de um a três anos, para quem impedir, a pessoas desses grupos, o acesso ou recusar atendimento em restaurantes, bares ou locais semelhantes abertos ao público. Outro dispositivo fixa a mesma pena a quem impedir ou restringir a expressão e a manifestação de afetividade em locais públicos e privados abertos ao público entre pessoas desses mesmos grupos.O dispositivo que mais preocupa os parlamentares opositores ao projeto é o que define pena de até três anos de prisão para quem praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceitos semelhantes. Depois de observar que os livros sagrados de diversos credos condenam o homossexualismo, o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) avaliou que, nos termos previstos no projeto, os religiosos estariam impedidos de fazer qualquer menção a isso.- Eu não posso ensinar o que está na Bíblia a alguém de minha igreja? Serei proibido? O texto diz que o homossexualismo é uma abominação, mas estarei incitando o ódio se fizer tal menção? - indagou Crivella.
Clareza em questãoJá no início da reunião, o senador Magno Malta (PR-ES) afirmou que o substitutivo havia sido aprovado antes na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) de maneira "inexplicável", tendo sido colocado em votação sem divulgação e acordo prévio, o que foi negado pela senadora Fátima Cleide. Tanto ele quanto Crivella fizeram questão de assinalar que são contrários à discriminação contra os homossexuais. A discordância seria apenas com relação à falta de clareza da proposta, que daria margem a interpretações e punições exageradas.- Não adianta tentarem passar o recado de que somos homofóbicos, pois não somos - reagiu Magno Malta.Serys Slhessarenko (PT-MT) concordou com o novo debate, contanto que depois disso o projeto não permaneça engavetado. Conforme a senadora, o país precisa avançar no combate à intolerância e à violência contra os homossexuais. Na defesa do substitutivo, Patrícia Saboya (PDT-CE) leu artigo assinado pelo ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), em que ele destaca que o Brasil está no quinto lugar no ranking da homofobia, com os mais de cem assassinatos de homossexuais. De acordo com o ministro, os homossexuais pagam impostos, votam, sujeitam-se a normas legais, mas, ainda são "vítimas de preconceitos, discriminações, insultos e chacotas".O senador Valter Pereira (PMDB-MS) condenou a discriminação e apontou avanços no substitutivo, mas considerou que ainda há pontos muito subjetivos, que demandam ajustes. Para Mão Santa (PSC-PI), o projeto em exame é desnecessário, pois a Constituição e a legislação penal já oferecem recursos para a defesa jurídica das pessoas que se sintam ofendidas por atos de discriminação.
Fonte: AGÊNCIA SENADO

OMG News : Pastor continua réu no processo de morte de fiel



O juiz da 1ª Vara Criminal de Goiânia (GO), Jesseir Coelho de Alcântara, indeferiu o pedido de arquivamento feito pelo Ministério Público Estadual (MPE) da ação que responsabiliza o pastor Bruno Domingues dos Santos pela morte de Kamila Rosa da Silva, durante uma sessão de descarrego em um templo da Igreja Universal do Reino de Deus, em agosto de 2007.Kamila bateu a cabeça em um banco e no chão durante a sessão, e morreu dias depois em um hospital, vítima de traumatismo crânio-encefálico. Para o MPE, não houve culpa do pastor, o que justifica o pedido de arquivamento. Já no entendimento do juiz, existe indícios que precisam ser melhor analisados e que podem apontar para uma responsabilidade do pastor."Nos autos consta que quando a moça bateu a cabeça no banco e depois no chão, ele não deu assistência necessária e nem deixou que ela fosse socorrida, argumentando que ela estava "endemoniada". Há indícios de um dolo eventual, mesmo que ele não tivesse intenção de matá-la. A culpa, neste caso, seria por imprudência, por negligência", explica o juiz.No inquérito policial, consta que foi o pastor quem chamou Kamila ao altar para a sessão de descarrego. Em determinado momento, ele teria pedido a ela que desse um salto para trás, ato que provocou a queda. Ainda segundo o inquérito, Santos teria continuado a orar pela fiel, mesmo ela estando caída e machucada.O marido de Kamila a levou para casa e, no dia seguinte, ela não acordou. No hospital, constatou-se que havia dois coágulos na parte frontal da cabeça. Ela morreu dias depois. O delegado responsável pelo caso indiciou o pastor pela morte, mesmo ele não tendo a intenção de cometer o crime.Entretanto, para o MPE, não havia provas suficientes que pudessem justificar a acusação contra o pastor. "Restou comprovado o dolo eventual, uma vez que, para que esteja presente, é necessário que o acusado assuma o risco de produzir o resultado, onde preveria o resultado como provável, agindo de forma a aceitá-lo", afirmou Alcântara.A ação segue para a Procuradoria-Geral da Justiça, que vai analisar se o processo é arquivado ou não. Se for decidido pela continuidade da ação, outro promotor será escolhido para oferecer denúncia."Eu não posso decidir se o MP propõe ou não uma denúncia. Eu apenas indeferi o arquivamento da ação. Agora se o procurador-geral entender pelo arquivamento, então finda-se o processo", disse o juiz.A reportagem procurou a administração da Igreja Universal do Reino de Deus em Goiânia, mas uma secretária que atendeu a ligação informou que não havia ninguém para falar sobre o assunto. Ela não quis passar o celular nem o nome da pessoa que poderia tratar sobre a questão.
Fonte: TERRA

OMG News : Folha e UOL assumem erro em reportagem contra a Record


A Folha de S.Paulo admitiu nesta quarta-feira (18) que errou na notícia que publicou na terça-feira (17) contra a Rede Record. O jornal e o portal UOL afirmaram que “contas da Universal movimentaram R$ 1,4 bi” no exterior, dinheiro que teria sido desviado de doações religiosas para, entre outras finalidades, comprar a emissora de televisão.
No mesmo dia, reportagem do R7 revelou que o Grupo Folha manipulou a informação. O título induziu o leitor a acreditar que todo o valor foi movimentado por representantes da Universal. Na verdade, o próprio texto da reportagem afirmava que “nem todo o dinheiro está relacionado à Universal. Há indícios de que se tratavam de ‘contas-ônibus’, que abrigam recursos de diferentes empresas e pessoas brasileiras”.
Ou seja, as contas não são “da Universal”, segundo a própria matéria publicada por Folha e UOL. Nem mesmo há provas de que a Igreja Universal enviou dinheiro ilegalmente ao exterior.
A denúncia do R7 repercutiu em diversos sites especializados em mídia. Procurada na terça-feira (17) pelo R7, a Folha não se manifestou.
Em nota de apenas sete linhas, na coluna “Erramos” desta quarta, que fica no canto inferior da terceira página do jornal, a Folha tentou se retratar do erro cometido. A reportagem contra a Record ocupou meia página de destaque no seu principal caderno.
Diz a nota em que o jornal admite o erro: “O título ‘Contas da Universal movimentaram R$ 1,4 bi’ estava errado. A reportagem mostrou que, segundo o Ministério Público de SP, contas bancárias de doleiros podem ter abastecido outros correntistas, e não só a Universal”.
O comportamento do Grupo Folha causou revolta no departamento jurídico da Rede Record.
- Até um estudante de jornalismo do primeiro ano sabe que aquele título estava errado, não deixaria publicar a matéria. É muito infantil. Foi claramente manipulado dentro da redação da Folha. Isso denuncia a grave crise de credibilidade do jornal e o claro objetivo em atacar a Record – afirmou Edinomar Galter, diretor jurídico da emissora.
- É como no caso da Globo. Como acreditar que a reportagem do Jornal Nacional também foi um “erro”? – afirma Galter.
Reportagem da Record, veiculada no último domingo (15), mostrou manipulação em uma matéria da TV Globo sobre a investigação contra a Record (assista ao vídeo abaixo).
Folha e Globo são sócias no jornal Valor Econômico e têm se aliado constantemente em ataques infundados contra a Rede Record.
- Por que isso acontece justamente nos momentos em que a Record mais cresce em audiência e faturamento em todo o país? O que está por trás desse complô entre Globo e Folha? – pergunta Galter.
O Departamento Jurídico da Record analisa as medidas judiciais cabíveis contra o Grupo Folha e a TV Globo.
Fonte: Vooz

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

OMG News: Veja como foi Hillsong United em São Paulo



Por Camila Domiciano

Hillsong United apresentou-se neste último dia 14 no Ginásio do Ibirapuera em São Paulo, com a turnê do CD "a_CROSS//the_EARTH". A banda abriu o show com You Deserve sendo cantada como se fosse um hino pelos quase 11 mil fãs que estavam presentes. O set list teve direito à Take It All, Your Name High, Tell The World, Free, Hosana, Shoud Unto God, From The Inside Out, One Way Jesus e muito mais. O show, que teve duração de 3 horas, foi composto por uma platéia que cantou e pulou durante todas as músicas do início ao fim. Junto com eles veio o Pr. Sênior da Hillsong Church, Brian Houston, para trazer a palavra à multidão que lotava o Ginásio do Ibirapuera, "Você não veio aqui para ver o Hillsong United, você veio aqui para ter um encontro com Deus" dizia ele.A platéia vibrava com cada palavra , foi uma noite de adoração e entrega à Deus. Durante a música Tell The World alguns fãs invadiram o palco e Joel Houston e Jonathon Douglass entregaram seus microfones à eles para que dessem continuidade à música, a essa altura já não é surpresa o quanto a platéia se emocionava. Ao final dessa noite pode-se dizer que foi um culto, onde a igreja foi o Ginásio do Ibirapuera, o pregador Pr. Brian Houston e o grupo de louvor era o Hillsong United.
Fonte: GOSPEL VISION -
http://www.gospelvision.com.br/

OMG News: Emerson Pinheiro grava novo CD ao vivo neste sábado



O pastor e cantor Emerson Pinheiro está se preparando para gravar o seu segundo CD solo pela MK Music. A gravação acontece ao vivo neste sábado, 21/11, durante o 1º Congresso de Adoração da Igreja Batista Central da Barra, onde Emerson é pastor auxiliar.O Congresso Adorarei 2009 acontece entre os dias 20 e 22/11 e a igreja fica na Rua José Eiras Pinheiro 107 - Condomínio Rio Mar - Barra da Tijuca - Rio de Janeiro - RJ. O primeiro trabalho solo de Emerson pela MK, "Eu Estava Lá", foi lançado em 2008.Não deixe de participar! Serão momentos muito abençoados!
Fonte: MK MUSIC -
http://www.mkmusic.com.br/

OMG News: PL do Dep. José Bruno é aprovado na ALESP


“Valeu a pena!” Com essa frase, o deputado José Bruno (DEM) declarou sua satisfação em ver aprovado seu primeiro projeto de Lei que institui a Campanha de Combate à Pedofilia no Estado. A nova Lei, que já foi enviada ao Palácio dos Bandeirantes, aguarda a sanção do governador José Serra. Sua aplicação prevê campanhas educativas em todo o estado de São Paulo.Para o deputado José Bruno, que há mais de um ano trabalha na Assembleia Legislativa para aprovar diversas propostas de combate à pedofilia, a aprovação do projeto foi uma grande vitória. “Estou satisfeito e feliz com a aprovação do nosso projeto. Isso demonstra que o combate a esse crime hediondo está acima de partidos e de qualquer ideologia”, avalia.Autor de oito projetos que visam prevenir, educar, esclarecer e até mesmo tratar e monitorar o pedófilo por meio de ações conjuntas com as áreas de saúde e segurança pública, José Bruno quer usar todas as ferramentas para coibir o crime. “Faremos tudo o que pudermos para evitar que as crianças e adolescentes sejam vítimas desses abusos. Inclusive tratar o pedófilo, porque isso na verdade significa uma proteção para toda a sociedade”, esclarece.De acordo com o deputado, que aguarda a instalação da CPI da Pedofilia, a aprovação do PL 765/2008, que foi protocolado em dezembro de 2008 e aprovado menos de um ano depois, é a porta aberta para as demais propostas apresentadas por ele na Casa. “Tenho certeza que conseguiremos realizar um grande trabalho de combate à pedofilia em nosso estado, por conta de uma série de ações que temos realizado, como palestras, audiências públicas e reuniões com técnicos e estudiosos sobre a questão”.Com apoio da liderança do Democratas para todas as ações que compõem sua campanha “O combate à pedofilia no estado de São Paulo”, o deputado José Bruno pretende levar à população esclarecimentos sobre todas as questões envolvendo a pedofilia. “Em cada palestra ou Audiência Pública que fazemos fica claro o quanto as pessoas desconhecem o tema. Quando tomam contato com a realidade ficam indignadas e chocadas com tamanha violência. Por isso, a informação e o esclarecimento são as armas mais eficazes contra esse mal”, afirma.
Fonte: DEPUTADO ESTADUAL JOSÉ BRUNO -
http://www.josebruno.com.br/

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails