sábado, 30 de janeiro de 2010

OMG News : Após crise de hipertensão, Lula participa da “Concentração de Fé” da Igreja Mundial


Após ser internado na madrugada de ontem no Hospital Português, no Recife, devido a uma crise de hipertensão, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva estará em São Bernardo pela primeira vez em 2010 no sábado, quando participará do Concentrações de Fé da Igreja Mundial do Poder de Deus, com o apóstolo Valdemiro Santiago, líder e fundador do templo.
A atividade será na Praça Samuel Sabatini, em frente ao Paço, às 15h.
A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff (PT), virtual candidata do Planalto à sucessão de Lula, deve participar do evento da igreja que possui 1.400 santuários espalhados pelo Brasil e que ganha notoriedade pela efetiva divulgação dos cultos pelos canais do grupo Bandeirantes. Será a primeira visita de Dilma ao Grande ABC neste ano.
Neste momento pré-eleitoral, o presidente proporcionará caráter político à atividade evangélica, comandada por Valdemiro, dissidente da Igreja Universal do Reino de Deus, o qual atrai milhares de pessoas em seus pronunciamentos públicos.
A presença de Lula no sábado já está sendo divulgada pelos pastores da igreja nos cultos.
Fonte: Diário do Grande ABC

OMG News : Migrantes cristãos são forçados a se converter ao islamismo


“Em minha adolescência na Arábia Saudita, testemunhei diversos migrantes cristãos filipinos aceitarem o islamismo sob pressão”, disse Joselyn Cabrera, enfermeira filipina, que trabalha no hospital Riyadh.
Devido ao alto número de desempregados nas Filipinas, mais de 10 milhões de cidadãos foram buscar emprego em outros países. Todos os dias, cerca de 3.000 deixam o país. Recentemente, muitos foram para as nações árabes, 600.000 no geral, sendo 200.000 na Arábia Saudita.
“Após alguns meses, os empregadores nos dão um ultimato, dizendo que teremos que nos tornar muçulmanos se quisermos manter nosso emprego”, ela conta. “Para nós, é difícil fazer essa escolha, mas se não a fizermos, seremos vítimas de agressões.”
A enfermeira afirma ter presenciado cerca de 50 conversões forçadas em seu trabalho.
“Eu mesma já fui submetida a pressões de meus colegas muçulmanos, mas sempre me recusei a ceder, afirmando que prefiro continuar sendo cristã. Até agora, nada aconteceu comigo. Ainda.”
De acordo com a administração responsável pelos empregos de filipinos no exterior, a emigração filipina para o Oriente Médio cresceu 29,5% entre 2007 e 2008, um destino escolhido por muitos migrantes, e isso, apesar da possibilidade de conversões forçadas e abuso sexual.
O caso mais recente envolve uma mulher que foi estuprada no trabalho. Por causa do incidente, as autoridades da Arábia Saudita acusou a cristã de relações extraconjugais e a prendeu.
No mês que vem, ela terá que se apresentar ao tribunal, que pode condená-la a 100 chicotadas.
Fonte: Missão Portas Abertas


OMG News : Bêbado se passa por possuído e ataca pessoas em igreja

O pessoal de La Grange, em Ohio (EUA), acredita que John Andel estava possuído pelo demônio quando atacou um grupo que estudava a Bíblia em uma igreja.
Segundo as pessoas que estavam na LaGrange Church of God no dia 20 de janeiro, o homem começou a ter convulsões e chorava sem parar antes de atacar, aos socos e pontapés, um casal que estava sentado perto dele.
Convencidos de que o homem, de 24 anos, estava possuído pelo diabo, os freqüentadores da igreja se uniram e imobilizaram o coisa ruim até que a polícia chegasse.
Andel foi acusado por agressão e conduta desordeira.
Segundo a polícia, o acusado estava embriagado e cheirava à bebida de longe. Segundo a mãe dele, isso foi só mais um dos seus chiliques.
Fonte: R7

OMG News: Americano "Doidão" diz que acusação de porte de droga fere sua religião


Detido no estado do Colorado por porte de maconha nesta quarta-feira, 27,o norte-americano Trevor Douglas afirmou que a droga é o principal sacramento de sua religião e que a acusação viola seus direitos constitucionais.
Douglas, de 25 anos, alega fazer parte do Ministério THC, religião que, segundo ele, considera "o consumo da maconha sagrado como o vinho e o pão para os católicos". "O tribunal está questionando minha fé", reclamou.
Em seu site de internet, o Ministério THC afirma possuir sedes em Los Angeles, Montana e no Colorado, e defende que "o sacramento da cultivação e consumo da maconha é um direito do homem oferecido por Deus e protegido pela Primeira Emenda da Constituição dos Estados Unidos".
A entidade religiosa, criada no Hawaii, afirma ainda em sua página de internet que oferece defesa a seus membros em casos de acusação como o de porte da droga. Segundo o Ministério THC, o sucesso na defesa religiosa depende da "sinceridade" do membro, que só deve consumir a maconha na sua casa ou na igreja e que não deve comercializá-la.
Douglas, que será julgado em março, mantém a alegação de que não é um viciado na droga. "Se isso (o consumo da maconha) faz parte da sua religião, você não pode ser acusado de posse", defende-se.
Fonte: Estadão

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

OMG News : Empresários cristãos criam novo fundo para desempregados



Bem Comum é o nome do novo projeto da ACEGE - Associação Cristã de Empresários e Gestores de empresas destinado a desempregados com mais de 40 anos.
A Associação decidiu criar um fundo de capital de risco dotado de 2,5 milhões de euros para desempregados com perfil empresarial e idade superior a 40 anos.
A medida insere-se na concretização, no terreno, do objetivo dos membros da ACEGE de permitir à associação "realizar uma obra social de acordo com as suas características e especificidades", explicou o presidente da ACEGE, João Alberto Pinto Basto, num almoço-debate. no Porto, sobre "A liderança de Organizações Empresariais em Tempo de Crise.
A ACEGE, que acaba de passar a barreira dos mil associados, assume como objetivo "ser influente e uma referência moral na sociedade portuguesa".
Fonte: Expresso - Portugal

OMG News : ONU exige que Israel faça mais pelo processo de paz


A ONU exigiu ontem que o Governo de Israel faça "consideravelmente mais" para deixar o clima mais confiante e, assim, permitir o reatamento do processo de paz com os palestinos.
O secretário-geral adjunto da ONU para Assuntos Políticos, Oscar Fernández Taranco, mostrou em reunião do Conselho de Segurança a preocupação do organismo com a longa estagnação do diálogo entre as partes.
"Apesar de ter adotado alguns passos, Israel deve e pode fazer consideravelmente mais para criar confiança a partir do cumprimento de suas obrigações e da manifestação de um compromisso genuíno com a negociação", disse o diplomata argentino.
Ao mesmo tempo, reiterou a preocupação do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, pela demolição de casas palestinas em Jerusalém Oriental para dar espaço a construções de colonos judeus.
O diplomata argentino ainda indicou que o Governo israelense respeitou em geral a promessa do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu de conter a ampliação de assentamentos em território ocupado.
No entanto, Taranco sublinhou que as exceções a essa política permitiram que alguns colonos seguissem adiante com projetos de construção em vários pontos da Cisjordânia.
"O secretário-geral exige às autoridades israelenses que ponham fim a atividades como a construção e a ampliação de assentamentos, a demolição de imóveis, o fechamento de instituições e a revogação dos direitos dos moradores", destacou o diplomata.
Fonte: EFE

OMG News : New York Times acusa França de "atiçar o ódio" com debate sobre véu


O New York Times entrou nesta quarta-feira no debate sobre a proibição do véu integral na França, considerando em editorial que "os talibãs aplaudiriam" tal medida e acusando o governo francês de "atiçar o ódio".
"É fácil ver que os direitos das mulheres são violados quando um governo lhes ordena dissimular o corpo sob um véu integral", escreveu o jornal americano.
"Deveria também ser tão fácil constatar a mesma violação quando uma comissão parlamentar francesa recomenda (...) a proibição dos serviços públicos, como as escolas, os hospitais e os transportes, às mulheres que vestem estes véus", prosseguiu.
A missão parlamentar pluralista sobre o porte do véu integral preconizou ontem uma lei probindo o uso deste véu nos serviços públicos.
"Em vez de condenar as recomendações (da comissão), o presidente Nicolas Sarkozy parece determinado a jogar lenha na fogueira", afirmou o New York Times.
Se tal lei fosse adotada, "os talibãs ficariam felizes, mas o resto do mundo deverá expressar sua repugnância", acrescentou. "Infelizmente, os dirigentes políticos franceses parecem querer fechar os olhos diante das violações das liberdades individuais".
Na perspectiva das eleições regionais de março, "é difícil criar emprego, e fácil atiçar os preconceitos contra os muçulmanos", continuou o editorial, afirmando que para recuperar os votos da extrema-direita, "o governo de centro-direita de Sarkozy passou meses promovendo um debate nacional às vezes estúpido, às vezes ameaçador, sobre a identidade francesa".
"Nenhum ganho político justifica a promoção do ódio", sentenciou.
Fonte: AFP

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

OMG News: Sony Music inicia projeto para segmento gospel


A gravadora Sony Music acaba de divulgar o início de um novo projeto estratégico para 2010, a implantação do selo gospel. A direção executiva do segmento gospel está nas mãos de Mauricio Soares. Na mesma oportunidade a Associação Brasileira de Produtores de Discos (ABPD), entidade que reúne as principais empresas do segmento fonográfico nacional, divulgou oficialmente a liderança isolada da Sony Music entre as gravadoras do país.“Teremos total apoio da estrutura que a Sony Music possui para atender às demandas do mercado secular onde é líder nacional. Vamos adaptar as necessidades, cultura e peculiaridades do mercado gospel à realidade do segmento secular. Ou seja, quero unir o que há de bom na música gospel com a expertise profissional da Sony Music. Creio que em pouco tempo o mercado já irá perceber as grandes transformações desta nova filosofia de trabalho”, adiantou Mauricio Soares.Em breve a gravadora irá divulgar ao mercado sobre as contratações e outras grandes novidades que estão sendo planejadas. “Estamos fazendo um completo planejamento para em pouquíssimo tempo já figurarmos entre as principais empresas do segmento gospel fonográfico. Nossa meta é trazer um upgrade de qualidade às produções do segmento gospel. Neste momento estamos num período de muitas negociações para a montagem do cast artístico. Estamos sendo bastante seletivos nesta escolha de nomes porque temos uma responsabilidade de fazer a diferença com este projeto”, completou Soares.
Fonte: LAGOINHA.COM - www.lagoinha.com

OMG News : Comissão na França quer proibição de véu islâmico em setor público


Deputados franceses divulgaram um relatório que defende a criação de uma lei para proibir o uso do véu integral na França por mulheres muçulmanas em locais onde são prestados serviços públicos, como administrações, hospitais, escolas e transportes.
A proposta é o resultado final dos trabalhos de uma Comissão Parlamentar que analisou durante seis meses o uso do niqab (vestimenta que deixa apenas os olhos expostos) e da burca (roupa usada por mulheres afegãs, que cobre todo o rosto e corpo).
"Esse dispositivo obrigaria as pessoas a mostrar seu rosto na entrada do serviço público e também mantê-lo descoberto durante toda a permanência no local", diz o relatório da Comissão Parlamentar.
Segundo os deputados, a violação dessas regras não implicaria ações de ordem penal, mas teria como consequência "a não prestação do serviço solicitado".
A imprensa francesa estima que a proposta da Comissão Parlamentar de proibir o véu integral apenas nos locais dos serviços públicos e não nas ruas em geral, como defendem alguns deputados e até membros do governo, foi uma saída encontrada para evitar obstáculos jurídicos que impediriam sua aprovação.
Os deputados da comissão avaliaram que a proibição geral de cobrir o rosto em público poderia ser vetada pelo Conselho Constitucional da França ou mesmo pela Corte Europeia de Direitos Humanos.
O relatório será entregue ao Presidente do Parlamento francês e ao presidente Nicolas Sarkozy - que tinha pedido a criação da comissão parlamentar.
Regras de conduta
"A liberdade de se vestir, inclusive de acordo com convicções religiosas, é um elemento da liberdade, garantida pela Declaração de Direitos do Homem de 1789", disse o professor de Direito Dominique Chagnollaud ao jornal Le Parisien.
O relator da comissão parlamentar, Éric Raoult, estima que o risco de veto da proibição do véu integral apenas nos serviços públicos é menor porque nesse caso regras específicas de conduta podem ser exigidas.
Além disso, a criação de uma lei que proibiria o uso geral do véu integral divide a classe política francesa.
Nos últimos meses, o debate sobre a lei tem causado grande polêmica no país.
O Partido Socialista anunciou que se opõe à lei.
Uma pesquisa do Instituto Ipsos divulgada recentemente revela que 57% dos franceses são favoráveis à criação de uma lei para proibir o uso do niqab e da burqa na França.
Os deputados da Comissão Parlamentar sobre o véu integral ouviram durante meses associações femininas, representantes religiosos, especialistas em islamismo e várias outros representantes da sociedade civil.
Fonte: BBC Brasil

OMG News : Record vende 'torpedo' com orações do bispo Macedo


O portal de entretenimento da Record coloca o bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal, como uma celebridade do mesmo nível de estrelas populares da emissora, tais como Dado Dolabella, Eduardo Guedes e Ana Hickmann, entre outros.
No endereço
www.recordentretenimento.com.br, a imagem de Macedo reveza-se na homepage com as de artistas. O anúncio convida o internauta a baixar "conteúdo e mensagens de fé" do bispo. Ele também pode receber pelo celular as últimas fofocas sobre o ex-integrante e vencedor de "A Fazenda", as novas receitas do culinarista do "Hoje em Dia" ou dicas de moda de Ana Hickmann.
Macedo é o único religioso incluído na lista de "celebridades" da emissora. O serviço é pago. Em média, o internauta que se dispuser a receber os torpedos tem de pagar cerca de R$ 2,30 por semana.
Procurada pela coluna, a Central Record de Comunicação disse não ver "problema algum nos dois tipos de conteúdo anunciados no portal, uma vez que se trata publicidade de uma empresa que é parceira da Record Entretenimento".
Fonte: UOL


OMG News : Fãs querem que heavy metal vire religião no Reino Unido


Fãs de heavy metal - neste caso, os fiéis ao estilo - iniciaram uma campanha no Reino Unido para que o gênero seja reconhecido oficialmente como uma religião no país.
Por meio de uma página na rede social Facebook, os autores da iniciativa querem que os fãs deste tipo de música respondam "heavy metal" quando perguntados no censo do Reino Unido sobre a religião que seguem.
Uma iniciativa similar durante o último censo levou 390 mil pessoas residentes no Reino Unido a declarar que sua fé religiosa era a jedi, a crença fictícia criada para a saga cinematográfica Guerra nas Estrelas.
Até agora, cerca de dez mil pessoas se uniram à campanha lançada na semana passada pela revista Metal Hammer, entre elas Biff Byford, vocalista da pioneira banda britânica Saxon, para oficializar a fé "heavy".
Byford foi proposto pela revista como "o embaixador para a paz do heavy metal mundial" caso a campanha tenha sucesso.
Citado pela agência local de notícias PA, Alexander Milas, diretor da Metal Hammer, declarou que, "como muitas outras boas ideias, esta surgiu em um pub".
"A resposta foi arrasadora e não faz mais do que reforçar a crença de que o heavy metal continua forte no Reino Unido, onde nasceu, e no resto do planeta. Se os jedi podem fazê-lo, nós também", afirmou Milas.
O Escritório Nacional de Estatísticas (ONS), organismo encarregado de elaborar o censo (o último é de 2001), lembrou que, embora há nove anos mais gente tenha se declarado jedi do que sikh, isto não transformou "a força" em uma religião oficial.
Os jedis foram incluídos na categoria de cidadãos "sem religião". Por isso, algo similar pode acontecer com os que transformam em ato de fé escutar AC/DC, Black Sabbath, Deep Purple, Judas Priest, Iron Maiden, Sepultura e Metallica, entre muitos outros.
Fonte: Estadão

OMG News : Americano funda igreja do Dude na internet


Oliver Benjamin, americano que mora na Tailândia há cinco anos, é autor de mais um livro sobre o personagem de "O Grande Lebowski", que sai ainda neste ano. É também criador do site que divulga a "filosofia" do Dude (www.dudeism.com), com 2 mil a 4 mil visitas por dia, segundo ele.
Nada disso, no entanto, é mais importante que sua obra maior: transformar o "dudeísmo" em religião.
"Por trás do filme há uma mensagem espiritual profunda, parecida com o taoísmo chinês", diz Benjamin, 42. "Para algumas pessoas é mesmo uma piada, mas temos uma filosofia e queremos ser reconhecidos como religião", diz, sem brincadeira.
Segundo ele, alguns Estados americanos já reconheceram a nova igreja e há até "padres" dudeístas que celebram casamentos (basta um clique gratuito no site para você mesmo virar um padre "dude").
Fonte: Folha Online


OMG News : Primos são condenados por matar familiares em ritual de 'purificação'


Dois primos na Malásia foram condenados a dez anos de prisão por terem espancado até a morte os pais de um deles em um ritual de purificação no qual as vítimas deveriam supostamente ter "ressuscitado".
Os primos, de 23 e 21 anos, alegaram ter cometido o crime sob ordens de uma terceira pessoa, Muhammad Ilyas Abdul Razek, que disse acreditar que teria poderes mágicos e seria capaz de ressuscitar mortos.
Mas a corte na Malásia julgou que Razek, que é irmão de um dos condenados, teria estado mentalmente incapacitado no momento do crime, em uma reunião familiar de outubro de 2008.
Em seu testemunho, Razek disse acreditar que havia recebido estes poderes especiais do líder de um culto proibido.
A Justiça decidiu que ele deve ser mantido em um hospital psiquiátrico.
Os dois primos foram condenados pela morte de cada uma das vítimas, mas cumprirão as sentenças ao mesmo tempo, devendo ficar no total uma década cada na prisão.
Os homens atacaram o casal com vassouras e capacetes de motocicleta no ataque, que tinha o objetivo de expulsar demônios e livrar as vítimas do vício do cigarro, entre outros males.
Outros familiares também foram espancados no ritual.
Fonte: BBC Brasil

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

OMG News: Crimes de ódio e o caso dos dois “Shephards”


Muitas agressões violentas que heterossexuais sofrem de homossexuais são ignoradas no debate sobre crimes de ódio


Peter J. Smith
Alega-se que tanto Matthew Shephard quanto Jason Shephard foram vítimas de crimes de ódio. Alega-se que ambos foram visados por seus respectivos agressores por causa de sua orientação sexual. Mas diferente do primeiro Shephard, Jason Shephard foi assassinado por sua heterossexualidade por um agressor homossexual, e uma organização pró-família quer saber se a nova lei federal contra crimes de ódio seria aplicada em ambos os casos.
A Associação da Família Americana da Pensilvânia argumenta que os heterossexuais visados por homossexuais por causa de sua orientação sexual deveriam receber as mesmas acusações formais que recebem os heterossexuais que visam homossexuais. A nova lei federal contra crimes de ódio “Lei de Prevenção aos Crimes de Ódio Matthew Shephard e James Byrd Jr.” aplica proteções federais especiais para vítimas de crimes que são visadas por seus agressores por causa de sua “real ou percebida orientação sexual e identidade de gênero”.
Os ativistas homossexuais lutaram para aprovar o projeto de lei, que o Congresso aprovou como uma emenda num projeto de lei de defesa nacional e o presidente Obama o sancionou em outubro.
Mas e quanto aos heterossexuais visados por homossexuais por causa de sua orientação sexual?
A AFA da Pensilvânia diz que se a lei tiver de ser aceita literalmente, então os homossexuais deveriam também enfrentar instauração de processos por agredir brutalmente vítimas visadas por sua heterossexualidade. Contudo, esses nomes recebem pouca atenção, principalmente nos meios de comunicação nacionais.
Diferente de Matthew Shephard — cujos agressores confessaram ter cometido o assassinato brutal por causa de drogas e não a orientação sexual dele — Jason Shephard de Filadélfia foi morto por estrangulamento em 2006 por William Smithson, de 44 anos, por resistir a seus avanços e estupro homossexual. Smithson trabalhava na empresa em que Shephard era estagiário, e premeditou o ataque sexual contra Shephard, colocando de modo despercebido uma droga de sonolência na bebida de Shephard durante um jantar.
Para acobertar o crime, Smithson registrou pessoalmente um boletim de ocorrência notificando o desaparecimento de Shephard, e até se apresentou para a família de Shephard, antes que a polícia finalmente o pegasse em flagrante tentando se desfazer do cadáver em decomposição.
Na sexta-feira, o Tribunal Superior da Pensilvânia confirmou a condenação de Smithson por assassinato de primeiro grau, sentenciando-o a prisão perpétua.
E diferente de Matthew Shephard, o assassinato do heterossexual Jason Shephard cometido por um homossexual recebeu atenção quase que somente da Pensilvânia, sem que se reivindicassem iniciativas legislativas ou públicas por causa da tragédia da morte dele.
O jovem que se descrevia como “um filho de cavalheiro indo ver o que o mundo tinha a oferecer” tem uma simples página no Facebook dedicada à sua memória, por amor daqueles que o conheceram.
“Quem nos Estados Unidos dá atenção a seus nomes ou agora ao nome de Amanda Collette?” perguntou Diane Gramley, presidente da AFA da PA, querendo saber se os casos de vítimas heterossexuais também receberiam a mesma proteção especial concedida a homossexuais visados pela orientação sexual sob as leis contra crimes de ódio.
Collete, uma estudante de 15 anos numa escola secundária em Miami, foi assassinada por uma colega de classe lésbica de 16 anos por rejeitar os avanços lésbicos dela. O jornal Miami Herald informou que a lésbica Teah Wimberly confessou para a polícia que matou Collete a tiros em novembro de 2008 de modo que “ela também sofresse”.
Em Prairie Grove, Arkansas, Joshua Brown e David Carpenter amarram o adolescente Jesse Dirkhising, de 13 anos, e o sodomizaram até matá-lo. WorldNetDaily relata que Dirkhising morreu em seu próprio vômito enquanto Brown e Carpenter interromperam seu selvagem ataque sexual para lanchar.
Nicholas Gutierrez de Chicago estuprou, espancou, esfaqueou e estrangulou Mary Stachowicz, de 51 anos, escondendo seu corpo debaixo do piso de seu apartamento, pelo simples motivo de que Stachowicz havia lhe pedido para deixar o estilo de vida homossexual.
Para Gramley, esses casos brutais — não menos brutais do que o assassinato de Matthew Shephard — parecem bem qualificados para receber acusações formais de crimes de ódio. Mas conforme aponta a AFA da PA, só os homossexuais como vítimas de “crimes de ódio” podem exigir atenção nacional: o assassinato de Matthew Shephard produziu mais de 3.000 notícias no mês após sua morte, enquanto só quarenta notícias apareceram no mês após o brutal estupro e assassinato do adolescente Dirkhising.
“Só o fato de que o projeto de lei contra crimes de ódio sancionado pelo presidente Obama em outubro tem o nome do homossexual Matthew Shephard revela a verdadeira intenção de seus promotores — dar proteções especiais para homossexuais, bissexuais e transgêneros”, comentou Gramley. “Predigo que os assassinatos de heterossexuais cometidos por homossexuais continuarão a ser ignorados”.
Muitas organizações pró-família suspeitavam que a Lei Matthew Shephard tinha o objetivo de tornar os homossexuais e os transgêneros uma classe protegida debaixo da lei federal. Mas permaneceram outras preocupações sérias.
Os oponentes da legislação contra crimes de ódio em geral acusam que essas leis violam o devido processo e cláusulas de proteção igual da 14ª Emenda da Constituição dos Estados Unidos tornando os pensamentos de uma pessoa um fator tão importante quanto a natureza de seu ato na instauração de processos contra um crime.
Os Secretários de Direitos Civis dos EUA escreveram cartas aos líderes da Câmara dos Deputados e do Senado condenando a lei, dizendo que eles “consideram a ampla federalização do crime como uma ameaça às liberdades civis”. Os secretários também chamaram a atenção para o fato de que a lei cria uma brecha legal para as proibições da Constituição ao double jeopardy [condição de ser julgado duas vezes pelo mesmo crime], porque a lei permite que o governo federal julgue uma pessoa que já foi inocentada num julgamento estadual, pelo mesmo crime.
Traduzido por Julio Severo:
www.juliosevero.com
Fonte: http://noticiasprofamilia.blogspot.com

OMG News: Presidente do Brasil busca garantir aborto como “direito” e proibir crucifixos em prédios governamentais

Foto: Ricardo Stuckert/PR

Enorme programa legislativo sendo chamado de “golpe de Estado” não violento e “ditadura” de um partido socialista

Matthew Cullinan Hoffman, correspondente na América Latina


O presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva introduziu um enorme pacote de reforma legislativa no último ano de seu mandato que garantirá o aborto como “direito humano”, imporá a ideologia socialista e homossexual nas escolas e meios de comunicação e proibirá crucifixos em dependências governamentais, entre outras medidas.
O programa legislativo, que se chama Terceiro Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH-3), estabelecerá um nível de controle sobre os meios de comunicação e propriedade privada que está sendo chamando de “golpe de Estado” não violento e “ditadura” de um partido socialista. O programa provocou protestos generalizados de instituições abrangendo desde a Igreja Católica até a liderança militar, o setor agrícola e até ministros de governo.
A liderança da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou uma declaração que “reafirma sua posição, muitas vezes manifestada, em defesa da vida e da família, e contrária à descriminalização do aborto, ao casamento entre pessoas do mesmo sexo e o direito de adoção de crianças por casais homoafetivos”.
A liderança da CNBB “rejeita, também, a criação de ‘mecanismos para impedir a ostentação de símbolos religiosos em estabelecimentos públicos da União’, pois considera que tal medida intolerante pretende ignorar nossas raízes históricas”.

Ditadura de um partido socialista?

Se o Partido dos Trabalhadores tiver êxito em impor o pacote legislativo contido no PNDH-3, receberá amplos poderes para silenciar organizações da mídia que discordem de sua ideologia, para impor sua agenda política pró-aborto e pró-homossexualismo no país inteiro e para minar os direitos de propriedade privada. Os abrangentes poderes propostos pelo governo levaram pelo um proeminente jornalista do Brasil a falar de “ditadura” de um partido.
Por exemplo, o programa trata o assassinato de bebês em gestação como “direito humano” a ser protegido pelo Estado. A Diretiva 9 inclui “Apoiar a aprovação do projeto de lei que descriminaliza o aborto, considerando a autonomia das mulheres para decidir sobre seus corpos”.
A diretiva também ordena a criação de “campanhas e ações educativas para desconstruir os estereótipos relativos às profissionais do sexo”.
“Educação e Cultura em Direitos Humanos”, o quinto “eixo” do programa, determina que as crianças desde a infância devem ser doutrinadas no conceito governamental de “direitos humanos”, o qual inclui “o estudo da temática de gênero e orientação sexual” com o propósito de “combater o preconceito, às vezes arraigado na própria família”.
A Diretiva 10 dá um golpe decisivo na tradição brasileira de mostrar crucifixos em dependências públicas, ordenando a criação de “mecanismos para impedir a ostentação de símbolos religiosos em estabelecimentos públicos da União”.
A diretiva também propõe “Realizar campanhas e ações educativas para desconstruir os estereótipos relativos à… identidade sexual e de gênero”.
A Diretiva 19 do programa exige a criação de currículos “para todos os níveis e modalidades de ensino da educação básica” para “promover o reconhecimento e o respeito das diversidades de gênero, orientação sexual, identidade de gênero…”
As diretivas educacionais do programa terão um impacto ainda maior considerando o fato de que o governo recentemente aprovou uma emenda constitucional obrigando todas as crianças a serem enviadas para a escola a partir de 4 anos de idade.

Amplo Controle dos Meios de Comunicação e Propriedade Privada

A Diretiva 22 do PNDH-3 estabelecerá o controle estatal no conteúdo dos meios de comunicação, exigindo que as estações de rádio e TV mostrem “respeito aos Direitos Humanos nos serviços de radiodifusão (rádio e televisão) concedidos, permitidos ou autorizados, como condição para sua outorga e renovação [de suas licenças], prevendo penalidades administrativas como advertência, multa, suspensão da programação e cassação, de acordo com a gravidade das violações praticadas”.
A diretiva também determina a criação de “incentivos” para “pesquisas regulares que possam identificar formas, circunstâncias e características de violações dos Direitos Humanos na mídia”.
A Diretiva 8 propõe o uso dos meios de comunicação como porta-vozes do programa governamental de doutrinação em “direitos humanos” para jovens, determinando a “informação às crianças e aos adolescentes sobre seus direitos, por meio de esforços conjuntos na escola, na mídia impressa, na televisão, no rádio e na Internet”.
Com relação à propriedade privada, o PNDH-3 propõe que um “sistema legal” especial seja criado para a “mediação de conflitos fundiários urbanos, garantindo o devido processo legal e a função social da propriedade”. O programa usa linguagem semelhante para os conflitos de propriedade rural. De acordo com o jornal conservador espanhol El Pais, a linguagem é quase idêntica a do presidente Hugo Chavez da Venezuela, que fala do conceito de “propriedade social”.
O programa provocou choque e ameaças de demissão de elevados líderes militares por propor a criação de uma “Comissão da Verdade” para examinar crimes cometidos pelo regime militar na década de 1960 e 1970. Os líderes militares estão isentos de ações legais de tais crimes de acordo com as atuais leis brasileiras. Lula acalmou temores entre líderes militares concordando em aplicar a comissão para todas as violações de “direitos humanos”, as quais presumivelmente incluem as atividades terroristas da oposição socialista durante o mesmo período.

Controvérsias entram em erupção no Brasil

Embora o presidente Lula tenha aquietado temores de uma perseguição socialista contra seus antigos inimigos militares, o plano continua a provocar revolta e feroz oposição dentro do Brasil.
Reinaldo Azevedo, que dirige um blog para a revista mais lida do Brasil, a Veja, diz que a proposta estabelecerá uma “ditadura” dirigida pelos camaradas do presidente Lula, chama-a de um “golpe de Estado” sem derramamento de sangue e compara o governo ao de Hugo Chavez, que está gradualmente eliminando as liberdades civis na Venezuela.
Azevedo também escreve que as propostas “extinguirão a propriedade privada no campo e nas cidades” e declara que “o Regime Militar instituído em 1964 foi mais explícito e mais modesto” em suas intenções.
Dimas Lara Resende, secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, comentou que “daqui a pouco vamos ter de demolir a estátua do Cristo Redentor”.
As associações de mídia e agricultura também levantaram a voz contra as propostas.
A presidente da Confederação Nacional da Agricultura, a senadora Kátia Abreu, disse que a criação de programas de mediação em casos em que as pessoas invadem propriedade privada incentivará a violência rural e prejudicará os direitos de proprietários de terras. Andre Meloni Nassar, diretor-geral do Instituto de Estudos do Comércio e Negociações Internacionais, escreve que o programa é um “funeral para o agronegócio”.
Até mesmo o ministro da agricultura de Lula, Reinhold Stephanes, rejeitou a idéia, expressando temores de que tais medidas “aumentarão a insegurança no país” e “fortalecerão organizações radicais”.
Embora o próprio Lula tenha expressado preocupação com algumas partes do programa, ele parece determinado a defendê-lo, embora o programa ameace minar a forte popularidade de Lula em seu último ano de governo.
Traduzido por Julio Severo:

www.juliosevero.com
Fonte: http://noticiasprofamilia.blogspot.com

OMG News: Cristãos ingleses estão tentando imaginar o motivo por que “igualdade e diversidade” não se aplicam a eles


Hilary White
Os cristãos na Inglaterra continuam a avisar que a planejada legislação de “igualdade” do governo expulsará os cristãos da vida pública. O Instituto Cristão, a principal organização evangélica de pressão política da Inglaterra, divulgou um relatório intitulado “Marginalising Christians” (Marginalizando os Cristãos), detalhando os muitos casos recentes de cristãos que foram disciplinados ou perderam o emprego por causa de conflitos entre fé e o secularismo cada vez mais agressivo que é patrocinado pelo governo.
As recentes leis de igualdade e diversidade do governo, diz a organização, deixam os cristãos como “os primeiros a serem punidos e os últimos a serem protegidos”.
O relatório cita uma pesquisa de opinião pública feita em janeiro de 2009 que revelou que 84 por cento dos ingleses sentiam que a liberdade de religião e de expressão está em perigo na Inglaterra.
O relatório disse que esse “crescente sentimento de intolerância que os cristãos sentem fica muito pior quando eles enfrentam hostilidade no nome da ‘igualdade e diversidade’”.
“Os cristãos tentam imaginar o motivo por que eles não estão sendo tratados de forma igual e o motivo por que a diversidade não os inclui. Eles sentem que uma hierarquia de direitos se desenvolveu que os deixa no fundo da pilha. Isso está levando a um crescente sentimento de que ‘a igualdade e a diversidade’ é um código para marginalizar as convicções cristãs”.
George Pitcher escreveu segunda-feira no jornal The Daily Telegraph que o projeto de lei de igualdade do governo trabalhista, atualmente em tramitação na Câmara dos Lordes, estava sendo usado por “secularistas parlamentares para expulsar o Cristianismo da esfera pública”.
“Qualquer questão servirá como meio para os secularistas marginalizarem os crentes. Você poderia chamar isso de discriminação, mas fazer isso debaixo da bandeira da igualdade é peculiarmente hipócrita”, escreveu Pitcher, um pastor anglicano esquerdista e editor de religião para o Telegraph.
Há, disse ele, “uma ironia deliciosa na igualdade sendo imposta na família da fé”.
Seus comentários vieram depois dos comentários de Michael Foster, ministro da igualdade do governo trabalhista, em que ele confessou que o projeto de lei poderá levar a batalhas legais entre as religiões e ativistas homossexuais. As igrejas e os ateus, disse ele, “precisam já ir preparando seu pelotão de advogados”.
“Os secularistas deveriam ter o direito de desafiar a igreja e se o argumento da igreja for bom o suficiente — que creio que é — então a igreja deveria ganhar. O governo está acostumado ao fato de que sua legislação deveria ser desafiada [nos tribunais]. As pessoas têm sentimentos muito fortes sobre essas questões. Não podemos fazer nada sobre isso e não quereríamos”.
Os bispos católicos estão entre os grupos religiosos que têm advertido que o projeto de lei levará a conflitos sérios entre a Igreja e o Estado. Eles têm dito que a lei será usada como um porrete para forçar a aceitação de homens casados, mulheres e homossexuais ativos no sacerdócio.
A baronesa O’Cathain, que é evangélica, disse para os lordes que o projeto de lei da igualdade é “o projeto de lei mais nocivo [para a liberdade cristã] a chegar diante da Câmara em meus 18 anos como membro”.
Enquanto isso, uma pesquisa recentíssima do British Social Attitudes Survey mostra que 50 por cento das pessoas dizem que são cristãs. Em 1983, eram 66 por cento. A pesquisa disse que a proporção de ingleses que dizem que “não têm religião” aumentou de 31 por cento para 43 por cento.
Só 23 por cento dos entrevistados se descreviam como anglicanos hoje, em comparação com os 40 por cento da população em 1983. Entre aqueles que se descreviam como anglicanos, metade disse que nunca freqüentou igreja e menos de um quinto disse que freqüentava igreja uma vez por mês.
Traduzido por Julio Severo:
www.juliosevero.com
Fonte: http://noticiasprofamilia.blogspot.com


OMG News: Nigéria admite 326 mortes em choques entre cristãos e muçulmanos


A violência sectária entre cristãos e muçulmanos na Nigéria central deixou mais de 300 mortos na semana passada, disse um comissário estadual de polícia nesta segunda-feira, prometendo levar os responsáveis pelas mortes à Justiça.
É a primeira vez que as autoridades informam sobre o número de mortos nos enfrentamentos. Algumas versões não oficiais elevam o número de vítimas a cerca de 500.
O comissário em exercício da polícia do Estado de Plateau, Ikechukwu Aduba, disse que os policiais prenderam 303 pessoas em conexão com os tumultos em Jos, uma cidade que foi centro mineiro e turístico, localizada entre o sul cristão e o norte muçulmano da Nigéria. Das pessoas detidas, 139 foram levadas para a capital da Nigéria, Abuja, para interrogatório.
Aduba disse que outros suspeitos permanecem à solta, incluindo os que participaram na matança que quase dizimou uma pequena aldeia na periferia sul de Jos. Na localidade, voluntários descobriam corpos em valas comuns e em esgotos. Outros estavam no mato, fora da aldeia, com marcas de ferimentos a bala e facão.
O chefe policial também prometeu que as pessoas detidas serão julgadas em Jos. Autoridades da cidade se queixaram de que os envolvidos em episódios anteriores de violência conseguiram liberdade sob fiança em Abuja e nunca enfrentou a Justiça.
Os analistas culpam pela incessante violência étnica, religiosa e sectária que afeta o país o fato de os responsáveis pelos problemas nunca serem levados à Justiça.
Já a oposição responsabiliza alguns políticos "sem escrúpulos" que estão por trás da contínua crise que deu "má fama à Nigéria". Segundo ele, a reputação ruim se agravou com o atentado fracassado realizado por um nigeriano contra um avião, nos Estados Unidos.
Há relatos conflitantes sobre o que desencadeou o recente derramamento de sangue. De acordo com um comissário de polícia do Estado, os conflitos começaram depois que um grupo de jovens muçulmanos incendiou uma igreja cristã, o que foi negado por líderes muçulmanos. Os muçulmanos dizem que a violência começou com uma discussão sobre a reconstrução de uma casa de muçulmanos em um bairro predominantemente cristão. A residência teria sido destruída em novembro de 2008.
A violência sectária na região central da Nigéria deixou milhares de mortos na última década. O último surto ocorreu apesar dos esforços do governo nigeriano para reprimir o extremismo religioso no país.
Os conflitos se agravaram desde 1999, quando foi implantada a sharia (lei islâmica) em 12 Estados do norte do país.
Com quase 150 milhões de habitantes divididos em mais de 200 grupos tribais, a Nigéria é o país mais povoado da África. As diferenças por questões políticas, religiosas e territoriais desencadeiam, no geral, confrontos armados.
Fonte: Folha Online

OMG News: Pai que colocou filhos em site de pedofilia é condenado na Espanha.

Pai que colocou as fotos dos próprios filhos em site de pedofilia foi condenado a 18 anos de prisão. São mais de 2 mil arquivos de imagens dos filhos que tem 11 e 13 anos.
O tribunal de justiça de Madri que condenou o pai dos menores, cujo nome não foi divulgado deu a sentença para esse crime hediondo, baseado em provas irrefutáveis dos menores sendo filmados e fotografados durante 5 anos, na residência do pai dos menores e seus amigos.
Segundo a polícia, o homem fazia parte de uma rede internacional de pedofilia que reunia cerca de 14 mil associados.
O esquema funcionava assim: Para fazer parte do site e acessar o material "exclusivo" de pornografia infantil era preciso se graduar, ou seja subir de status, cujo a norma era colocar imagens dos próprios filhos.
O condenado tinha o mais alto status chamado "Nobres do Reino" na escala da organização, onde compartilhou os arquivos com outros 144 supostos pais pedófilos.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

OMG News: Dodô faz 3 gols e pede música de Aline Barros


Por Ricardo Carvalho

Já é tradicional. O jogador faz 3 gols no mesmo jogo e tem direito a pedir uma música para tocar enquanto passa as imagens do seu feito. Isso acontece todas as noites de domingo, no programa Fantástico, da Rede Globo.
O que não é nada tradicional, é algum jogador pedir uma música evangélica. Já aconteceu algumas poucas vezes e, neste domingo (24), voltou a acontecer.O atacante Dodô, fez 3 gols dos 6, na vitória do Vasco sobre o Botafogo pelo campeonato carioca. Na hora do pedido, o jogador solicitou: "Eu escuto louvor evangélico, né?! E eu sei que na Globo toca bastante Aline Barros... Se puder tocar um louvor da Aline, eu peço para o Tadeu e eu vou ficar muito feliz."E, mesmo quem não é vascaíno, pode acompanhar os gols do Vasco e de Dodô, ao som de "Corra Para os Braços do Pai", na voz da cantora Aline Barros.
Foto: Marcelo Sadio
Fonte: GOSPEL VISION -
www.gospelvision.com.br

OMG News : Chris Duran afirma que foi usado pelo Espirito Santo para alertar o povo do Haiti


O cantor/pastor Chris Duran em entrevista ao portal CREIO lembrou a visita que fez ao Haiti no mês de dezembro de 2009. Na época, acompanhado da irmã e de outros missionários, visitaram Porto Príncipe para um projeto de evangelismo local. “Vimos a dor e a miséria daquele local” contou.
Com objetivo de auxiliar famílias e ministérios no país, o pastor está promovendo uma campanha para angariar fundos para reconstrução. Até o momento 75 mil pessoas foram enterradas por conta do tremor. Além dos mortos, o governo calcula que 250 mil ficaram feridos e um milhão, desabrigados. Se a estimativa do governo se concretizar, serão 200 mil mortes causadas pela tragédia da semana passada.
Chris Duran compartilhou informações sobre os missionários no país. No final de 2009 ele lembra que visitou o Haiti, a convite de uma igreja. Ficou orando em busca de resposta. Até que, oito meses depois, uma pessoa o abordou e disse que ele deveria ir ao país. Lá o líder ficou abismado com estado de pobreza e condição dos moradores.
Segundo o pastor o número de evangélicos do Haiti chega a 30% da população, e o Vuduísmo é muito forte, o que gera muitos conflitos espirituais. Em uma das noites de celebração, o pastor Chris disse que ficou muito angustiado até que uma forte emoção tomou conta de si. “Comecei a chorar descontroladamente, era muito forte aquele sentimento. Na mesma hora, percebi do que se tratava: era o Espírito Santo me usando para fazer um alerta àquele povo. Era como se eu pudesse sentir sua tristeza e os males que o Haiti sofreria. Foi sem dúvida uma grande revelação, vi o Espírito Santo chorando através de minhas lágrimas”, relembra.
Desde o dia da tragédia, Duran estabeleceu contato com a família que o acolheu na ocasião. Segundo informações eles estão bem, mas a igreja foi destruída. Por conta disto ele está preparando uma campanha para arrecadar fundos para auxiliar as famílias e a reconstrução do templo. “Vejo a Igreja parada perante esses acontecimentos. Quero convocar todas as igrejas e ministérios para abraçarem comigo esta causa, podemos e devemos erguer esse povo, que tanto precisa. Desafio a todos a estarem comigo”, conclama.
Todo contato está sendo estabelecido por e-mail, pois, por conta dos tremores o serviço de telefonia de lá foi prejudicado. Após ser informado pelo repórter que houve um novo tremor no Haiti na manhã do dia 20 de janeiro, pastor Chris Duran encerrou a entrevista para tentar, novamente, obter informações sobre os pastores no Haiti.
Quem tiver interesse em acompanhar Chris Duran ou ajudar na arrecadação de fundos para as vítimas dos terremostos no Haiti, deve entrar em contato:
Ministério Associação Chris Duran(055) 21 24905820
Bradesco:Agencia:3242C/C:5492-5
www.chrisduran.com.brcontato@chrisduran.com.br
Fonte: Portal GNotícias

OMG News: Edir Macedo quer comprar mais uma rede de comunicação


Há dois anos, o bispo Edir Macedo, chefe da Igreja Universal do Reino de Deus e dono da Rede Record, tenta comprar o grupo O Dia, que edita no Rio de Janeiro o jornal homônimo, o popular Meia Hora e o esportivo Campeão.
Há vinte dias, o bispo fez nova proposta aos herdeiros do empresário Ary Carvalho.
Estaria disposto a pagar 50 milhões de reais pelo conglomerado.
Se o negócio for fechado, Macedo passará a concorrer com as Organizações Globo também nas bancas.
Fonte: Blog do Noblat

OMG News: DreamWorks retoma plano de fazer filme sobre Martin Luther King


Planos para um filme sobre o líder dos direitos civis e pastor, Martin Luther King Jr. foram aparentemente retomados nesta semana, com o estúdio DreamWorks dizendo que contratou o roteirista Ronald Harwood.
A DreamWorks anunciou em maio passado ter adquirido os direitos sobre o Nobel da Paz assassinado, a primeira vez que um filme biográfico sobre King foi autorizado por seu espólio.
Mas o projeto, produzido por Steven Spielberg, rapidamente afundou devido a brigas entre os três filhos de King sobre quem teria a autoridade de falar em nome do espólio.
No entanto, a DreamWorks, ao anunciar Harwood como roteirista, indicou que a disputa foi resolvida, dizendo que o filme foi "autorizado pelo espólio de King para utilizar a propriedade intelectual do dr. King para criar o retrato definitivo de sua vida".
King, que foi pioneiro nos esforços de obter igualdade racial através da desobediência civil não violenta, foi assassinado em abril de 1968 aos 39 anos. Sua mulher morreu em 2006.
Harwood ganhou o Oscar em 2002 pelo roteiro de "O Pianista", adaptado do livro autobiográfico de Wladyslaw Szpilman.
Sobre como trataria a vida de King, Harwood disse em um comunicado: "não direi nada sobre minha postura sobre esse roteiro com exceção do que eu sempre digo: 'farei o possível para ser verdadeiro à verdade'".
Fonte: Folha Online

OMG News : Agência Judaica revela aumento de anti-semitismo em 2009


Um relatório da Agência Judaica indica que 2009 foi o ano em que mais foram registrados ataques anti-semitas desde a Segunda Guerra Mundial, e metade dos países da Europa Ocidental pensam que os judeus são "praticam extorsões".
No documento, elaborado pela Universidade de Bielefeld na Alemanha a pedido da Agência Judaica e do Ministério de Assuntos da Diáspora, 42% dos entrevistados consideram que "os judeus exploram (as perseguições) do passado para extorquir dinheiro".
Esse percentual chega a 75% na Espanha e na Polônia. Nesses países, conforme o relatório, o preconceito contra os judeus é maior.
O presidente da Agência Judaica, Natan Sharansky, apresentou o documento hoje em entrevista coletiva na véspera do Dia Internacional da Luta contra o anti-semitismo e o Dia da Lembrança do Holocausto na Europa em 27 de janeiro.
A pesquisa revela que em 2009 ocorreram mais atos anti-semitas que em qualquer outro ano posterior à Segunda Guerra Mundial (1939-1945), na qual os nazistas exterminaram 6 milhões de judeus.
Nos primeiros três meses de 2009 - os que seguiram à ofensiva israelense "Chumbo Fundido" em Gaza - ocorreram tantos incidentes anti-semitas como os registrados em todo o ano 2008.
Neste domingo, os resultados do estudo foram analisados no Fórum da Luta contra o anti-semitismo do Governo israelense, que acompanha os fenômenos anti-semitas no mundo por meio de organismos como a Agência Judaica e em colaboração com instituições e fundações de todo o mundo.
O documento aponta que na primeira metade do ano passado 631 incidentes ocorreram na França, contra os 474 no mesmo período de 2008.
Pelo menos duas mortes foram relacionadas com atos de anti-semitismo nos EUA em 2009, a de uma estudante universitária, em Connecticut, e outro de um guarda de segurança não judeu do Museu do Holocausto em Washington.
O aumento do anti-semitismo procede tanto da direita quanto esquerda, conforme o levantamento da Agência Judaica.
Na entrevista coletiva de divulgação do relatório os responsáveis advertiram sobre fenômenos como um vídeo que está circulando na internet nos últimos dias que acusa Israel de roubar órgãos em hospital de campanha montado por seu Exército no Haiti.
Fonte: EFE

sábado, 23 de janeiro de 2010

OMG News: DVD's do Diante do Trono são usados para evangelizar muçulmanos


Ana Paula Valadão tem motivos para comemorar. Em post publicado em seu blog oficial nesta quinta-feira, 21, a cantora revelou sua satisfação ao receber notícias de um colega, atuante como missionário no mundo muçulmano.

Em sua conversa com Ana, o missionário contou que tem usado DVD's do Ministério Diante do Trono como material de evangelismo entre os muçulmanos. Para facilitar a transmissão da Mensagem, ele conseguiu que as músicas fossem traduzidas para o idioma local.

A cantora se mostrou alegre com a notícia e assumiu que esta chegou em boa hora, pois a reanimou em dias de ''deserto''.

''Essa notícia de que nossos louvores brasileiros estão fazendo parte da Obra de Deus ali me alegrou muito, e veio em um momento em que eu estava um pouco abatida... O Senhor é bom e nos usa mesmo estando aqui, no 'deserto'! Como agradeço a Deus por essa oportunidade!'', festejou.

Ana Paula também lembrou que a notícia dada por seu colega era motivo de comemoração, não somente para ela, mas também para todos aqueles que acompanham o Ministério e oram por ele e pediu para que todos intercedessem pelas vidas que estivessem ouvindo estas mensagens dos DVD's.

''Não sei qual dos DVDs estão usando, mas creio que todos vocês que oram por mim, pelo DT, pelo cumprimento das promessas do Céu em nossas vidas, podem se alegrar e se sentir participantes desta semeadura. Oremos para que muitos sejam tocados pelo Espírito Santo ao assistirem a transmissão. Amém'', lembrou.

Leia o post completo:

Notícia maravilhosa
janeiro 21, 2010

Oi pessoal,

Recebi uma notícia maravilhosa.

Um irmão em Cristo muito amigo nosso trabalha com treinamento de missionários e evangelização do mundo mulçumano. Ele me enviou uma mensagem dizendo que um dos DVDs do DT está sendo transmitido por satélite em um país mulçumano, traduzido por legendas na língua deles!

Este é um dos países ainda mais fechados para a pregração do Evangelho publicamente, mas o Senhor Jesus tem Se revelado a muitos, e multidões têm se convertido e frequentam cultos clandestinos para adorar e crescer espiritualmente, junto a outros irmãos na fé.

Essa notícia de que nossos louvores brasileiros estão fazendo parte da Obra de Deus ali me alegrou muito, e veio em um momento em que eu estava um pouco abatida? O Senhor é bom e nos usa mesmo estando aqui, no ?deserto?! Como agradeço a Deus por essa oportunidade!

Não sei qual dos DVDs estão usando, mas creio que todos vocês que oram por mim, pelo DT, pelo cumprimento das promessas do Céu em nossas vidas, podem se alegrar e se sentir participantes desta semeadura.

Oremos para que muitos sejam tocados pelo Espírito Santo ao assistirem a transmissão. Amém.

Fonte: Portal Guia-me

OMG News : Brasil é dos que mais sofrem com pirataria musical on-line, dizem gravadoras


O Brasil, a Espanha e a França são os países mais afetados pela troca ilegal de arquivos de música pela internet, de acordo com a IFPI, associação que representa as maiores gravadoras do mundo.

O problema desses três países, afirma o instituto, é que, "apesar dos esforços da indústria", não conseguiu se estabelecer fortemente um serviço legal de venda de música pela internet. A consequência, diz, é que a venda de CDs desabou e o comércio pela web não conseguiu compensar nem de perto.

No Brasil, as vendas de músicas caíram mais de 40% entre 2005 e 2009, calcula a IFPI, e um dos efeitos dessa queda é que as cinco maiores gravadoras que atuam no país lançaram 67 álbuns de artistas locais em 2008 --ante 625 novos CDs uma década antes.

"Isso tem sido particularmente danoso para um mercado em que 70% da música consumida é de repertório doméstico", diz a associação.

Ela afirma ainda que as quedas nas vendas de CDs no Brasil, na Espanha e na França também mostram que é um "mito" a tese de que a arrecadação com shows compensa a queda na venda de álbuns.

"Os ganhos com as performances ao vivo beneficiam mais, geralmente os veteranos, que já estão estabelecidos, enquanto os mais jovens, sem uma carreira lucrativa com shows, é que não têm a chance de desenvolver a sua carreira por meio da venda de CDs."

O IFPI estima que a venda global de música por meio físico (especialmente CDs) tenha caído 16% em 2009, para US$ 11,6 bilhões, enquanto o comércio digital somou US$ 4,2 bilhões, alta de 12% em relação a 2008. Desde 2004, as vendas digitais cresceram 940%, mas o mercado total de música encolheu 30%.

Fonte: Folha Online

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

OMG News : Apenas 33% dos pastores presbiterianos dos EUA acreditam que só Jesus Cristo salva


O mais recente relatório de religiosos e do ''perfil demográfico dos presbiterianos'', publicado pela Igreja Presbiteriana dos E.U.A. revela que dois entre cinco membros (39 por cento) pensam que ''apenas aqueles que seguem Jesus Cristo podem ser salvos''. Para os pastores o valor cai para 33 por cento, acreditando que os aumentos de idosos atinge 45 por cento.
Estes resultados foram obtidos a partir do levantamento inicial para o Painel da Presbiteriana 2009-2011. Ele enviou questionários a mais de 5.000 presbiterianos naquele país entre outubro e novembro de 2008. Os que responderam ao inquérito são contactados pelo grupo durante 3 anos consecutivos. Este painel foi criado em 1973, com o objectivo de recolher informações sobre as práticas, crenças e opiniões dos pastores e membros da Igreja Presbiteriana na América.
O baixo percentual de presbiterianos que acreditam que só Jesus salva corresponde a 43 por cento que não concordavam com que ''todas as religiões do mundo são igualmente boas maneiras para ajudar as pessoas a encontrar a verdade''.
No entanto, como um paradoxo, a maioria dos inquiridos acredita que ''para o homem, a única verdade absoluta que é Jesus Cristo'', atingindo 60 por cento em nível global, 68 por cento entre os idosos e 66 por cento entre os pastores.
Perda de filiaçãoOs resultados são divulgados em um momento no qual a Igreja Presbiteriana dos E.U.A está experimentando uma contínua perda de adesão. Muitas congregações têm desagregados e a queixa principal foi a decisão do supremo órgão legislativo não ratificar em 2001 que a obra de Jesus é o único caminho para a salvação.
Outra decisão que abalou presbiterianos norte-americanos foi a ordenação de pastores gays. A proposta de eliminar a exigência do pastorado ''fidelidade dentro do convênio do casamento entre um homem e uma mulher, ou a castidade no celibato'' teve uma rejeição enorme. Cerca de 40 por cento dos membros e quase a metade dos pastores rejeitaram a proposta.
Fonte: Protestante Digital

OMG News : Dilma adia legalização de terreiros de umbanda para evitar crise com evangélicos e católicos


Disposta a evitar novos atritos com evangélicos e a Igreja Católica em ano eleitoral, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, pré-candidata do PT à Presidência, mandou a Secretaria de Promoção da Igualdade Racial adiar o anúncio do Plano Nacional de Proteção à Liberdade Religiosa que legaliza os terreiros de umbanda e candomblé. Desde o ano passado, Dilma tem feito esforços para se aproximar de católicos e evangélicos.
O plano, que prevê a legalização fundiária dos imóveis ocupados por terreiros de umbanda e candomblé e até o tombamento de casas de culto, seria lançado na quarta-feira, 20, mas na última hora o governo segurou a divulgação, sob o argumento de que era preciso revisar aspectos jurídicos do texto.
O adiamento ocorre na esteira da polêmica envolvendo o Programa Nacional de Direitos Humanos, que pôs o Palácio do Planalto numa enrascada política, provocando crise dentro e fora do governo. Temas controversos, como descriminação do aborto, união civil de pessoas do mesmo sexo e proibição do uso de símbolos religiosos em repartições públicas, foram alvo de fortes críticas, principalmente por parte da Igreja.
Na avaliação do Planalto, é preciso evitar novos embates que possam criar "ruídos de comunicação" e prejudicar a campanha de Dilma. Desde o ano passado, a ministra tem feito todos os esforços para se aproximar tanto de católicos quanto de evangélicos e já percorreu vários templos religiosos.
"O programa de promoção de políticas públicas para as comunidades tradicionais de terreiro já estava adequado, mas, como é um plano de governo, precisa ser pactuado para não haver constrangimentos", afirmou o ministro-chefe da Secretaria da Igualdade Racial, Edson Santos.
Apesar de dizer que nunca é demais dar "outra passada de olhos" no texto, para maior observância à Constituição e ao Código Penal, Santos não escondeu a decepção com a ordem para suspender o anúncio do plano, que seria feito justamente na véspera do Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, comemorado ontem.
"Espero que possamos lançá-lo o mais rapidamente possível", disse o ministro, diante de uma plateia de praticantes de umbanda e candomblé, que se reuniram no Salão Negro do Ministério da Justiça. "Somos um Estado laico, mas não seremos neutros e cegos diante das injustiças e do racismo."
Reação
A informação sobre o adiamento do programa pegou de surpresa as comunidades de terreiro. Muitas mães e pais de santo viajaram de longe para assistir à cerimônia e só souberam na hora que haveria ali apenas um debate.
"Quando o governo chega na encruzilhada e tem de tomar uma decisão, recua. Será medo? Acho que sim", protestou Valdina Pinto de Oliveira, do terreiro Tanuri Junsara, de Salvador (BA). Ela foi além e conclamou a comunidade do candomblé a pensar bem em quem vai votar nas eleições de outubro.
"Está na hora de irmos para o campo político e de educar os nossos para saber quem vamos eleger", insistiu Valdina, sob aplausos. "A gente viu o que aconteceu com o Estatuto da Igualdade Racial e o que está acontecendo com esse plano. Por que para negro e índio não tem terra? Precisamos acabar com esse vírus do racismo."
Coordenador das reuniões realizadas para a confecção do plano, o subsecretário de Políticas para Comunidades Tradicionais, Alexandro Reis, tentou contornar o desapontamento geral. "A preocupação do governo é que determinados setores, por motivos eleitorais, utilizem o plano de proteção à liberdade religiosa como algo negativo", contou. Reis admitiu que o texto "precisa ser pactuado com evangélicos e católicos" para não ser contaminado pelo ambiente político de 2010. Disse, no entanto, que os terreiros não podem participar dessa briga. "Estamos tratando de um segmento que tem sido demonizado, mas não vamos violar direitos de ninguém", argumentou. Depois, garantiu que o governo continuará o mapeamento dos terreiros para nortear as políticas públicas.
Embora a Secretaria da Igualdade Racial tenha informado que a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) é solidária ao plano, a Pastoral Afro-Brasileira assegurou não ter sido consultada sobre seu conteúdo. Atualmente, apenas seis dos cerca de 10 mil terreiros são tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).
Para o pastor Ronaldo Fonseca, presidente do Conselho Político da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil, o Estado não deve gastar dinheiro com tombamento de templos. "O governo está se envolvendo em polêmicas desnecessárias", comentou. "Não existe guerra santa aqui e não é inteligente o Estado se preocupar com símbolos religiosos, tombamentos e união de homossexuais. Isso é coisa de marxista."
PROGRAMA DE POLÊMICAS
21/12/2009Governo lança a terceira edição do Plano Nacional de Direitos Humanos (PNDH-3)
22/12/2009Contrário à criação de uma Comissão da Verdade, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, e os comandantes das três forças militares pedem demissão. O presidente Lula faz um acordo: não reescreve o texto, mas garante que as propostas não afrontarão as Forças Armadas. O ministro de Direitos Humanos, Paulo Vannuchi, ameaça entregar o cargo caso o programa seja alterado para permitir a punição a militantes da esquerda
8/1/2010O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, e a senadora Kátia Abreu protestam contra as mudanças na questão da reintegração de posse, que prevê uma câmara de conciliação. A Igreja Católica também protestou. Neste caso contra a proibição de símbolos religiosos em locais públicos e a descriminação do aborto
13/1/2010O presidente Lula manteve a Comissão da Verdade, mas retirou o trecho que previa o exame de delitos da "repressão política"
14/1/2010Embora tenha cogitado fazer alterações nos itens da descriminação do aborto e da mudança nas regras para desocupações de áreas invadidas, Lula resistiu e não mudou esses pontos
Fonte: Estadão

OMG News : Igreja não receberá indenização por faixa na rua contra barulho dos cultos

O TJ-MG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais) julgou improcedente pedido de igreja evangélica, em Divinópolis, para receber indenização moral por se sentir ofendida com faixa exibida na rua, colocada por um morador que protestava contra o barulho causado pelos cultos da instituição. A decisão é da 12ª Câmara Cível e ocorreu por maioria de votos.
De acordo com o processo, em dezembro de 2007, o morador afixou uma faixa na varanda de sua casa, que fica próxima à Igreja Cristã Maranata, com os seguintes dizeres: “Um dia esta desgraça de Igreja Maranata sumirá daqui e nos deixará em paz novamente”. O autor alegou que sofria grande perturbação de seu sossego com o barulho provocado pelas celebrações, cantos e pregações da igreja, chegando a fechar portas e janelas de sua casa no horário das atividades.
Com isso, a igreja decidiu ajuizar ação de indenização por danos morais contra o morador, alegando que a faixa com dizeres “ofensivos” atingiu sua honra. Em primeira instância, o juiz Ather Aguiar, da 3ª Vara Cível de Divinópolis, considerou que houve culpa recíproca no caso, mas condenou o morador a pagar indenização no valor de R$ 4.000 à igreja.
Inconformada com o valor da indenização, a igreja recorreu ao TJ, requerendo sua majoração. Porém, o morador também recorreu, pedindo a improcedência do pedido de indenização.
No julgamento do recurso, prevaleceram os votos dos desembargadores Saldanha da Fonseca e José Flávio de Almeida, que reformaram a decisão anterior, julgando improcedente o pedido de indenização por danos morais, ficando vencido o desembargador Alvimar de Ávila.
No entendimento de Saldanha da Fonseca, não há nenhuma ilegalidade na conduta do morador, que exerceu seu direito de liberdade de expressão, previsto na Constituição. O desembargador ressaltou que “não há motivos para que prevaleça a condenação de primeira instância, sob pena de tolhermos um dos direitos balizadores do Estado Democrático de Direito, ao qual estamos submetidos desde o advento da Constituição da República de 1988, a saber, a liberdade de expressão”.
Fonseca também observou que “quem suporta perturbação ilícita é o morador”, que comprovou a irregularidade do funcionamento da igreja e o seu descumprimento à lei municipal que dispõe sobre a proteção contra a poluição sonora em Divinópolis.
O desembargador José Flávio de Almeida acompanhou o voto de Saldanha da Fonseca, ficando vencido o desembargador Alvimar de Ávila, que havia sido favorável à indenização, considerado, ainda, o aumento de seu valor para R$ 5.000.
Fonte: Última Instância

OMG News : Obama admite dificuldade em negociações de paz no Oriente Médio


Israelenses e palestinos depreciaram o compromisso de cada um com a paz enquanto o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, admitiu na quinta-feira ter avaliado mal a dificuldade de reviver as negociações de paz na região.
Enquanto seu enviado especial George Mitchell começava nova tentativa para fazer os dois lados retomarem as negociações, Obama disse à revista Time: "Isso é simplesmente muito difícil... e se tivéssemos antecipado parte dos problemas políticos de ambos os lados mais cedo, poderíamos não ter aumentado tanto as expectativas".
Obama disse que seu governo subestimou as reservas internas políticas que evitam que os lados adotem medidas pacíficas, e que 2009 terminou sem o tipo de avanço que ele queria no início de seu mandato.
Em um início desfavorável à sua primeira visita diplomática ao Oriente Médio em 2010, após uma dezena de viagens sem resultados no ano passado, a chegada de Mitchell foi cercada por comentários duros de ambos os lados.
Mitchell deu poucas declarações e não há informações se a retórica pública pode estar escondendo uma atmosfera mais positiva nas conversas reservadas, primeiro com os israelenses em Jerusalém, depois com os palestinos em Ramallah.
O negociador-chefe palestino, Saeb Erakat, afirmou que o premiê israelense, Benjamin Netanyahu, impôs na quarta-feira "condições maiores para negociações e anunciou a intenção de Israel de continuar a ocupação" da Cisjordânia.
"Benjamin Netanyahu disse 'não' a um congelamento nos assentamentos, 'não' à divisão de Jerusalém, 'não' às fronteiras de 1967, 'não' aos direitos dos refugiados palestinos. Agora ele quer reter o vale do Jordão", disse Erekat em comunicado. O palestino se referia a um comentário de Netanyahu de que Israel manteria o controle militar ao redor de qualquer Estado palestino que inclua a Cisjordânia.
"Esperávamos ouvir um comprometimento claro com as negociações, sem condições. O que tivemos foi Netanyahu mais uma vez tentando ditar seus termos e apropriar-se do resultado", disse Ekarat.
Em conversa com a imprensa estrangeira na quarta-feira, Netanyahu atacou a liderança palestina por rejeitar os pedidos dos EUA para reiniciar as negociações, suspensas há um ano.
"Os palestinos subiram em uma árvore", afirmou. "E eles gostam lá de cima. As pessoas levam escadas para eles. Nós levamos escadas para eles. Quanto maior a escala, mais eles escalam".
Fonte: Reuters


quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

OMG News : Casal que um dia até posou nu comanda ‘Ídolos’ evangélico na RedeTV!


O cantor Conrado e a mulher dele, Andréia Sorvetão -mais conhecida como a paquita da Xuxa - apresentarão o "Desafio da Música Gospel" na Rede TV!. Os dois ficaram famosos nos anos 80 e posaram nus, mas se converteram à religião evangélica e passaram a falar sobre religião na TV.
O cantor Conrado, será o apresentador do "Desafio da Música Gospel" e sua esposa, Andréia Faria fará reportagens dos bastidores da competição.
O programa será exibido na Rede TV!, aos sábados, às 13h30, a partir de 6 de março.
A atração será como um "Ídolos" cristão. Um caminhão "estúdio móvel" irá a Fortaleza, Salvador, Manaus, Brasília, Belo Horizonte, Florianópolis, São Paulo e ao Rio testando candidatos. Depois, os classificados passarão por treinamentos e provas, e o público escolherá o vencedor via celular.
A cantora Soraya Moraes, que já venceu quatro prêmios Grammy Latino, é cotada para ser uma das juradas da atração, que será gravada em cinco meses,terá 22 episódios e distribuirá R$ 5 milhões em prêmios. A produção afirma não estar ligada a nenhuma igreja.
Mas para se inscrever, no site (
www.desafiodamusicagospel.com.br), o candidato tem de informar religião ("evangélica" ou "outra"), líder e telefone da igreja que frequenta. O programa não é da Rede TV!, mas da produtora Espaço/Z.
Fonte: Folha de São Paulo

OMG News : Em meio aos destroços, haitianos buscam refúgio na fé

Cinco dias depois do devastador terremoto que atingiu o Haiti, um pastor evangélico vestindo uma camiseta pólo desgastada, com sua igreja destruída mas o espírito vibrante, tocou uma sirene para reunir os novos sem-teto que vivem em barracas na cidade para o culto de domingo.
Com a voz rouca, os olhos inchados e braços erguidos aos céus, o reverendo Joseph Lejeune pediu aos famintos, feridos e pesarosos haitianos reunidos ao seu redor que fechassem os olhos e elevassem os pensamentos para além da fétida praça Champ de Mars, onde agora lutam para sobreviver.
"Pensem na nossa nova cidade aqui como o lar de Jesus Cristo, não como a cena de um desastre", ele falou. "A vida não é um desastre. Vida é alegria! Você não tem comida? Se alimente do Senhor. Não tem água? Beba do espírito santo."
E eles beberam, cantando, balançando as mãos e tapando os narizes para evitar o cheiro dos corpos presos em uma escola perto dali. Helicópteros militares zumbiam sobre sua cabeça e os crentes almejavam a eles e além, se libertando durante algumas horas do trecho de concreto sobre o qual buscaram abrigo sob lençóis amarrados a postes.
Em versões variadas, esta cena se repetiu por toda a capital haitiana no domingo. Com muitas de suas igrejas destruídas e seus padres e pastores mortos, os haitianos desesperados por ajuda e conforto se voltaram a Deus em busca de alívio para sua aflição. Carregando bíblias, eles atravessaram ruas empoeiradas e cheias de entulhos, em busca de locais para a oração. As igrejas, normalmente cheias com paroquianos fiéis nas manhãs de domingo, acordaram aos pedaços.
Em um sinal da importância das igrejas aqui, o presidente Rene Preval reuniu líderes religiosos juntamente com líderes políticos e empresariais na delegacia de polícia que se tornou sua sede. Ele pediu às igrejas, em particular, que se concentrem em alimentar as pessoas, mas deu pouca orientação sobre o que o governo fará para ajudar.
Não longe da igreja evangélica provisória na praça Champs de Mars, fiéis se reuniram diante das ruínas da principal catedral da cidade para ouvir um apelo por paciência feito por um bispo.
"Nós temos que manter a esperança", disse o Bispo Marie Eric Toussaint, embora ele tenha reconhecido não ter nenhum recurso para ajudar os muitos que estão sofrendo e achar difícil declarar com qualquer confiança se a catedral será reconstruída.
Construída em 1750, a catedral, antes uma peça arquitetônica importante da cidade, agora não passa de uma gigantesca pilha de metal trançado, vitrais quebrados e concreto rachado. Toussaint disse que o terremoto destruiu as residências dos padres, matando muitos deles.
A catedral de Sacre Coeur, outra grande estrutura, também foi destruída, e um grande Cristo na cruz perfeitamente preservado restou como testemunha da destruição - com o corpo de uma mulher deitado sobre um colchão na rua, coberto com lençóis, representando o sofrimento causado pelo terremoto.
"Pode parecer um momento estranho para se ter fé", disse Georges Verrier, 28, especialista em computação desempregado, seus olhos se movendo entre o corpo e a igreja. "Mas você não pode culpar Deus. Eu culpo o homem. Deus nos deu a natureza e nós os haitianos e nossos governos, abusamos da terra. Você não pode escapar sem consequências."
Em um tom parecido, um autodesignado pastor na praça Champs de Mars se colocou sobre uma cratera durante o serviço de oração e proclamou que o terremoto foi o castigo por uma longa lista de pecados que enumerou em cantarola. "Nós temos que nos ajoelhar e pedir a Deus", ele disse.
Vladimir Arisson ignorou o autodesignado pastor com um rolar de olhos. Arisson cuidava de sua namorada gravemente ferida, Darphcat Charles cuja cabeça estava envolta em uma gaze ensanguentada, seus olhos machucados e sua face inchada, infectada. "Minha posição é: Deus abençoe e nos envie, por favor, ó Deus, um médico para fechar o buraco na cabeça da minha amada."
Outro homem que acompanhou o serviço evangélico apresentou sua esposa que está grávida de oito meses e se sentou no chão, pálido. "Um bloco de concreto caiu sobre a barriga dela e nós não sabemos se o bebê ainda está vivo", disse o homem, Ricot Calixte 28. "Rezar pode ajudar, eu acho. Como ainda respiro, ainda tenho fé".
Ao redor deles, na missa, os aplausos e améns intensificaram na cidade de barracas que não tem nenhuma barraca de verdade, apenas tendas improvisadas. O acampamento central na praça Champ de Mars é a igreja provisória de Lejeune, que no seu prédio original destruído contava com 200 membros ativos, três dos quais foram mortos e muitos estão desaparecidos.
"Aqui nós começamos diariamente com o que eu chamo de missa do café da manhã," ele disse antes da missa de domingo. "Nós não temos café, claro. Mas essa é uma reza para nos acordar e nos fortalecer quando olhamos para frente e pensamos, 'Ai, e agora?'"
Ele pausou, esfregando o nariz por causa do odor de restos humanos e acrescentou: "Uma igreja em um banheiro, é isso que nós somos. Por enquanto."
Fonte: The New York Times

OMG News : Excesso de barulho faz homem recorrer à polícia contra igreja


O barulho excessivo fez com que um homem registrasse um boletim de ocorrência contra uma igreja evangélica, em Três Lagoas (MS).
De acordo com a polícia, Marcelo Xavier Queiroz, de 25 anos, mora em frente à igreja 'Creio Eu na Bíblia' e está tendo problemas por causa do volume alto dos cânticos que ocorrem durante os cultos.
Ele disse que essa não é a primeira vez que representa contra a igreja.
Fonte: COrreio do Estado - MS

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

OMG News : Famoso cantor secular se converte na Igreja Batista da Lagoinha


O cantor Wilson Sideral, irmão de Rogério Flausino, vocalista de uma das bandas seculares de maior sucesso atualmente, o jota Quest, se converteu durante um culto na Igreja Batista da Lagoinha.
O culto que mudou a vida de Wilson Sideral aconteceu no dia 09/12 e foi ministrado pelo cantor e pastor André Valadão onde aproximadamente 40 pessoas, dentre elas, Sideral, aceitaram a Jesus.
Wilson Sideral é o compositor da música “Fácil”, gravada pelo Jota Quest e já foi indicado ao Grammy como melhor álbum de Rock brasileiro.
Fonte: Amenidades da Cristandade / Gospel+

OMG News : Lei "antipornografia" gera polêmica em Campo Grande (MS)


A aprovação de uma lei "antipornografia" na Câmara Municipal de Campo Grande (MS) colocou em lados opostos o prefeito e vereadores da cidade.
Na última sessão de 2009, os vereadores aprovaram uma lei complementar que, em nome da "moral e os bons costumes da família", limita a "exibição de produtos e materiais eróticos e pornográficos" em vitrines, cinema e bancas de jornal.
A ideia é combater o acesso a produtos, como revistas eróticas e sex shop, por crianças e adolescentes e vetar a publicidade em outdoors de "assuntos obscenos" capazes de "explorar o lado sexual do indivíduo". A multa prevista é de R$ 1.000.
O prefeito Nelson Trad Filho (PMDB), 48, promete vetar a lei, de autoria de seu primo, o presidente da Casa, Paulo Siufi (PMDB), 46, assim que terminar o recesso na Câmara.
"Defendo os comerciantes da cidade. Se essa lei for sancionada, não vai poder ter loja mostrando cueca ou calcinha nem propaganda de protetores solar, com moça de biquíni. Estamos no século 21. A lei é muito abrangente. Se vai falar de produto erótico, tem que ver o conceito, disse Trad Filho à Folha.
Segundo o prefeito, a lei não faz sentido porque "nos dias de hoje a sexualidade é mais abordada, os adolescentes têm aulas e acesso à internet".
Já o vereador, para quem a "pornografia vicia mais do que a cocaína", afirma que os comerciantes de calcinhas e cuecas não devem se preocupar. "Isso é vestuário do dia-a-dia e é bom que se use. Se o prefeito fez essa interpretação é porque deve ter sido reprovado em interpretação de texto na escola."
No projeto, o vereador argumenta que a pornografia, exposta ao lado de "figurinhas e gibis que ainda preservam os valores da infância", reflete em "comportamentos sexuais difíceis de serem controlados".
Segundo ele, a pornografia é a "professora da educação sexual" das crianças, que, "a menos que ensinadas com cuidado", acreditarão que o "comportamento anormal" mostrado na pornografia é normal. Para Siufi, a exposição à pornografia pode causar "disfunções sexuais" no futuro e motivar casamentos instáveis e divórcios.
Josi Braga, 25, gerente de um sex shop de Campo Grande, diz que a lei é "absurda" e que a entrada de adolescentes já é proibida. "Não tem nada agressivo na vitrine, só fantasias. O público é justamente casais que querem variar a rotina."
Siufi diz ser alvo de polêmica criada pelo prefeito. "Sou pediatra, casado, tenho três filhos. Sei o que faço. A primeira relação das meninas é cada vez mais cedo por causa da erotização da sociedade. A gravidez precoce e a aids são problemas. Sou contra a censura, mas defendo os bons costumes."
Fonte: Folha Online


OMG News : Ministro italiano propõe lei para obrigar filhos adultos a deixar casa dos pais


O ministro da Administração Pública da Itália, Renato Brunetta, propôs que seja criada uma nova lei para forçar filhos adultos a sair da casa dos pais.
A sugestão foi uma reação a uma decisão de um tribunal da cidade de Bergamo, que obrigou um pai - Giancarlo Casagrande, de 60 anos - a contribuir para as despesas da filha de 32 anos que ainda mora com a família, embora ela tenha concluído um curso universitário há oito anos.
Segundo Brunetta, os filhos deveriam ser obrigados a deixar a casa dos pais aos 18 anos de idade, mesmo que por força de lei.
Na Europa, os italianos estão entre aqueles que demoram mais tempo para sair da casa dos pais.
Uma pesquisa feita no ano passado pelo instituto nacional de estatísticas da Itália indica que mais de sete entre dez italianos com idades entre 18 e 39 anos ainda vivem com a família.
Polêmica
Segundo o correspondente da BBC em Milão, Mark Duff, a ideia de Brunetta foi recebida como um tanto extrema.
Para Duff, no entanto, ela colocou em evidência a tendência crescente entre jovens italianos de permanecer em casa, mesmo quando se aproximam da meia-idade.
A recessão e as dificuldades de obter empregos seguros tornaram mais difícil para os jovens italianos saírem de casa.
Apesar de sua proposta polêmica, o próprio Brunetta já admitiu que, quando saiu da casa de seus pais, aos 30 anos, não sabia sequer arrumar a própria cama.
Fonte: BBC Brasil

OMG News : Organização americana envia bíblias carregadas com energia solar ao Haiti


Uma entidade religiosa americana decidiu se juntar aos milhares de doadores que enviam ajuda aos haitianos, depois do terremoto que devastou o país no dia 12.
Mas, diferente da maioria, que manda água, comida e medicamentos, o grupo Faith by Hearing (A Fé Vem pelo Ouvir, em tradução livre) decidiu enviar bíblias em áudio que funcionam com energia solar.
De acordo com informação publicada no site da organização religiosa, 600 unidades do aparelho - chamado Proclaimer - já foram enviadas ao Haiti e o grupo se organiza para mandar outras 3 mil, de acordo com Jon Wilke, porta-voz do Faith by Hearing.
O objetivo da organização é distribuir as bíblias em áudio entre o maior número possível de equipes de assistências às vítimas do terremoto. "Os haitianos terão que esperar por um longo período e seu conforto é saber que Deus não se esqueceu deles por causa desta tragédia", diz Wilke no site do Faith by Hearing.
Com milhares de pessoas nas ruas e sem serviços básicos, como energia elétrica, as bíblias que funcionam com energia solar são consideradas a melhor opção pelos religiosos americanos. Além disso, a população haitiana - a mais pobre da América - tem alto índice de analfabetismo, o que torna o Proclaimer mais acessível.
De acordo com a companhia sem fins lucrativos, existem atualmente 482 versões da bíblia que funcionam com energia solar em 414 línguas. Só nos Estados Unidos mais de 60 mil igrejas já participaram dos programas de audição da bíblia.
Fonte: Terra

OMG News : Impasse entre pastores termina em realização de culto na calçada

Devido a uma decisão judicial, um culto foi realizado de forma diferente na última quinta-feira à noite. O pastor da Igreja Batista Filadélfia, no bairro Paulista, em Campo Bom, Neri Makewitz, no entanto, não se deixou abalar com as portas fechadas e conduziu o culto na calçada mesmo, em frente à igreja.
Em torno de 50 fiéis o acompanharam durante a celebração. A decisão judicial foi dada porque o ex-pastor da igreja, Sérgio Roberto Camargo, ganhou uma liminar de reintegração de posse do prédio e trocou as fechaduras do local. Ele quer voltar a assumir a presidência e a ser o pastor responsável pelo templo.
Conforme Camargo, o templo foi fechado por precaução. "Estive conversando com a direção geral do Estado da Convenção Batista Nacional (CBN) e pensamos que o culto de quinta-feira poderia dar tumulto. Aos poucos vamos analisando e fazendo o que é melhor para a comunidade", aponta ele, que foi pastor da comunidade por 14 anos. Segundo Camargo, o pastor tem que ser um dos líderes da CBN, e Makewitz, que é pastor na unidade do bairro Paulista desde 2007, não é.
Mas Makewitztem aponta outro ponto de vista. "Ele não podia ter feito isso, pois o templo é da comunidade. O acesso ao culto deveria ser protegido pela lei. E no estatuto da comunidade diz que o pastor deve ser escolhido pela comunidade em assembleia geral." Para Makewitz, o que está em jogo é o patrimônio. "Ele quer dissolver a comunidade aos poucos e ficar com o prédio", acrescenta ele, ressaltando que uma parte da decisão judicial não está sendo cumprida. "O acesso ao templo não pode ser impedido. A comunidade tem 28 anos e foi construída com o dízimo das pessoas".
Conforme o presidente da CBN no Estado, Jone de Oliveira, a situação não deve necessitar a intervenção da convenção, já que está na Justiça. "O que sei é que o Makewitz foi excluído da Ordem dos Ministros Batistas Nacionais (Ormiban) por má conduta", conta o presidente.
O museólogo Gilmar de Oliveira, 36 anos, que frequenta a comunidade há dois anos e meio, conta que ficou surpreso com a situação. "Nunca vi essa pessoa aqui e esse ato é contrário aos princípios que pregamos. Para mim é um desrespeito, uma desordem", diz Oliveira.
Ambos pastores disseram que vão conduzir os cultos de domingo pela manhã e à noite. Makewitz afirmou que irá conduzi-lo dentro ou fora da igreja.
Fonte: Portal Guia-me

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails