quinta-feira, 31 de maio de 2012

Pregador mirim canta que homossexuais não entrarão no céu e causa polêmica

Pregador Mirim
por Jarbas Aragão

Ainda repercute o culto na Igreja Batista de Maiden, na Carolina do Norte, onde o pastor Charles Worley afirmou que se os homossexuais fossem isolados seriam extintos, por serem incapazes de se reproduzir.  Sua afirmação de que os gays deveriam ser confinados em uma cerca eletrificada gerou ondas de protestos, enquanto muitos defenderam seu direito de expressão.

Mas esta semana um novo vídeo passou a ser foco de manifestações pró e contra a homossexualidade na internet, sobretudo nas redes sociais. Há alguns “pregadores mirins” que recitam a mensagem do evangelho com fervor e cativam a atenção dos fiéis. Contudo, quando um garoto canta uma mensagem antigay em uma igreja, gera surpresa de alguns e terror em outros.

Uma reunião recente do Apostolic Thruty Tabernacle [Tabernáculo da Verdade Apostólica]  em Greensburg, Indiana, foi filmada e tem recebido muita atenção por conta de um menino não identificado cantando uma música que afirma “Nenhum homossexual vai pro céu”.

Como ele não tem mais que cinco anos de idade, esta demonstração foi classificada como “intolerante” e já gerou protestos, onde os críticos afirmaram que a igreja está fazendo uso de “violência contra a criança”.

Após o final da canção, o vídeo mostra a multidão de adultos aplaudindo, alguns de pé. Uma voz masculina pode ser ouvida gritando: “Esse é o meu garoto.” A reação geral, ao que parece, mostra que o conteúdo da música agradou os fiéis.

A questão é se uma criança tão pequena entende o que diz a letra: “A Bíblia está certa, alguém está errado, A Bíblia está certa, alguém está errado. Romanos um, 26 e 27, nenhum homossexual vai pro céu”…

O Huffington Post destaca que  uma série de sites e blogs ligados ao movimento LGBT teceram comentários incisivos contra o vídeo, alegando que o menino foi, sem dúvida, treinado por adultos para cantar na igreja.

A escritura Anne Rice, famosa pelo romance “Entrevista com o Vampiro” também postou o vídeo em sua página do Facebook , acrescentando que “Neste país, os cristãos podem ensinar crianças a odiar e perseguir, e nós, através da isenção fiscal automática para igrejas, ajudamos a financiar isso”.

CID GUERREIRO Cantor convertido fala de Xuxa, direito autoral e fé em entrevista

Cid Guerreiro
Difícil achar um único brasileiro que nunca tenha escutado "Ilariê", composta em 1987 - há 25 anos - por Cid Guerreiro para "Xou da Xuxa 3". Com 10,5 milhões de cópias, o álbum entrou para o Guiness Book como o disco nacional com o maior número de vendas, e “Ilariê” ficou 20 semanas em primeiro lugar nas paradas em 1988.

Além do sucesso nacional, a música foi traduzida para 80 línguas, afirma o cantor ao iG, por telefone, de Fortaleza, onde mora atualmente.

Músico gospel há oito anos, desde que foi levado a um louvor na casa de Carla Perez e Xanddy, Cid afirma que ganhou "rios de dinheiro" com direitos autorais na época do lançamento de "Ilariê", mas que hoje essa renda "não é como deveria".

Afirmando sempre que "não quer mais ganhar almas, e sim cuidar de almas", o baiano conta que está se preparando para entrar com uma ação contra o Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad), órgão responsável pela arrecadação e distribuição dos direitos autorais de execução musical no país.

Cid afirma que pretende cobrar o Ecad porque não estaria recebendo os direitos referentes à execução da música em buffets infantis e em carnavais fora de época. Procurado pela reportagem do iG, o Ecad diz que não tem conhecimento de qualquer irregularidade: “Nunca soubemos que essa música ainda era tocada em carnavais ou buffets”.

Leia abaixo a entrevista com Cid Guerreiro.

iG: Como está a sua vida hoje?

Cid Guerreiro: É a melhor fase da minha vida. Antes tinha fama, sucesso e dinheiro, mas nada disso se compara com o que tenho hoje.

iG: O que tem feito?

Cid Guerreiro: Nesta semana, estou entrando em estúdio para gravar meu terceiro CD gospel, só de louvor e adoração.

iG: Você continua com o mesmo visual ripongo-relax...

Cid Guerreiro: Não mudei por fora, e sim por dentro. Meu coração hoje é limpo, puro e cristalino.

iG: Como aconteceu a sua conversão à religião evangélica?

Cid Guerreiro: Há oito anos, quando estava em São Paulo, tive uma noite muito difícil, não conseguia dormir. Na manhã seguinte, fui convidado para ir a um louvor na casa de Carla Perez e Xanddy.

iG: Foram eles que lhe apresentaram à palavra de Deus?

Cid Guerreiro: A reunião acontecia na casa deles. E como estava há anos fora do Brasil (ele passou uma temporada na Argentina), assim que cheguei, achei que fosse pegadinha de TV. Mas quando o bispo Ivo Dias começou a orar, percebi que Deus bateu na porta do meu coração. Comecei a chorar sem parar, levantei a mão involuntariamente e pedi a confirmação de Deus.

iG: Você ainda ganha dinheiro com "Ilariê”?

Cid Guerreiro: Sim, mas não como deveria. Nos anos 1980, ganhei muito dinheiro, a música foi gravada em 80 dialetos. E hoje é tocada no mundo todo, em todos os buffets infantis, assim como em todos os carnavais fora de época. Deveria estar rendendo muito mais do que está.

iG: Na época dizia-se que a música tinha um pacto com o diabo.

Cid Guerreiro: Não, nunca teve esse teor demoníaco. Hoje sou evangélico, mas já fui espírita, do candomblé, e não tem nada a ver. “Ilariê” vem de hilariante, engraçado, assim como "Tindolelê".

iG: Você disse que teve muito sucesso antes, mas sua vida não era boa. Do que se arrepende?

Cid Guerreiro: Hoje, com a palavra, tenho felicidade no coração e minha vida é maravilhosa. Não tenho do que me arrepender, eu era o que muitos são hoje, mas agora não quero mais ganhar almas, e sim cuidar de almas.

iG: Recentemente a Xuxa concedeu uma entrevista reveladora ao "Fantástico", na qual dizia ter sido abusada quando criança. O que achou disso?

Cid Guerreiro: Xuxa é uma figura linda, oro muito por ela para que encontre o verdadeiro Deus. Sinto que ela está passando por um momento difícil, se sentindo muito fraca. Mas há 25 anos, quando lancei "Ilariê", todos nós vivíamos como uma família e era excelente.

Fonte: IG

Blogueiros criticam Silas Malafaia por desafio teológico

Pr Silas Malafaia na Marcha do Rio
por Michael Caceres
 
O desafio proposto pelo pastor Silas Malafaia, no último dia 19, para que sites e blogs, que costumam acusá-lo de estar pregando a “Teologia da Prosperidade”, assistam aos programas dos dias 2 e 9 de junho e encontrem em suas pregações erros teológicos, tem gerado crítica de diversos blogs.

O desafio é bastante simples, trata-se de uma mensagem gravada em um culto especial que realizou com a igreja que pastoreia, Assembleia de Deus Vitória em Cristo, no Rio de Janeiro. Ele reuniu as pessoas na Arena HSBC para pregar o sermão intitulado “Uma vida de prosperidade”.

Na ocasião, embora reconheça que existem muitos sites e blogs cristãos que apresentam notícias sérias, o pastor Silas Malafaia afirmou que alguns pertencem a “bandidos travestidos de evangélicos”.

O pastor Ciro Zibordi, autor de uma série de livros para pregadores e líderes, criticou a postura do pastor. Sem citar o nome, Ciro escreveu em sua página no Twittter que não tem tempo “para aceitar desafios de telepastores”.

“Já fui desafiado por Jesus a segui-lo e fazer sua vontade. Isso sim é nobre!”, escreveu o pastor.

Além do pastor Ciro, outros blogueiros resolveram dar uma resposta antecipada ao desafio proposto pelo pastor. Vera Siqueira, do blog “Uma estrangeira no mundo” é uma.

Vera participou da Marcha para Jesus no Rio de Janeiro, no mesmo dia em que foi transmitido o programa do desafio, dia 19, e afirmou que na esquina da Avenidas Rio Branco e Almirante Barroso estavam blogueiros do “Pedras Clamam”, “Voltemos ao Evangelho” e “Esse Mundo Jaz no Maligno”. Segunda ela, ao ver as faixas dos blogs, Silas Malafaia teria desviado o olhar.

“No vídeo, o Malafaia está bem corajoso, confiante, cheio de si. No vídeo, cercado apenas por seus empregados, o Malafaia demonstra até uma certa prepotência e arrogância, parecendo não temer os ‘bandidos’, como ele se refere a quem o critica (sic)”, escreveu em seu blog.

Não é a primeira vez que Silas Malafaia se queixa publicamente do que é escrito sobre ele na internet.

Kaká manifesta desejo de voltar ao Brasil e negocia com conselheiro do São Paulo

Kaká, jogador pretendido pelo São Paulo
Após uma temporada em que sofreu com lesões e foi pouco aproveitado por José Mourinho, no Real Madrid, Kaká já vê com bons olhos uma transferência. Seu destino pode ser o São Paulo, clube que o projetou. 
 
Segundo o jornal espanhol As, o meia encontrou-se na quinta-feira passada com Marco Aurélio Cunha, conselheiro e ex-supervisor de futebol do tricolor paulista, em um restaurante de São Paulo. 
 
Marco Aurelio Cunha e Kaká
No encontro, o atual vereador da cidade de São Paulo teria consultado o jogador sobre a possibilidade de contar novamente com o camisa 8 merengue. Marco Aurélio Cunha, que desde janeiro de 2011 não é mais superintendente de futebol, já anunciou sua candidatura para a presidência do clube em 2014 e com frequência é visto no Morumbi.
 
Na partida contra o Bahia, por exemplo, ele 'invadiu' a sala de imprensa durante a coletiva do técnico Emerson Leão.Em março de 2011, o São Paulo anunciou o retorno do centroavante Luis Fabiano. Para isso, o clube teve que desembolsar mais de R$ 17 milhões, certo de que a escassez de gols seria resolvida com sua chegada.
 
Kaká recém completou sua terceira temporada no Real Madrid em baixa. Comprado junto ao Milan por 68 milhões de euros, o jogador brasileiro sofreu com lesões e perdeu espaço para jogadores como Ozil e Di Maria. O brasileiro sonha disputar sua quarta Copa do Mundo e uma mudança de clube o ajudaria a chamar a atenção de Mano Menezes.
 
A estratégia para repatriar Kaká seria a mesma que foi utilizada pelo Santos para trazer Robinho e hoje é usada para manter Neymar no Brasil. O pagamento do salário (nove milhões de euros por ano) seria feito através de patrocinadores. Pesa contra a impossibilidade do clube paulista em igualar a oferta do Paris Saint-German, 25 milhões de euros.
 
Kaká surgiu no São Paulo em 2001 quando ajudou sua equipe a conquistar o Torneio Rio-São Paulo daquele ano. Permaneceu no tricolor paulista até 2003 quando foi vendido ao Milan por 8,5 milhões de dólares. No clube italiano viveu o melhor momento da carreira sendo eleito o melhor jogador do mundo em 2007. Pelo Brasil disputou três Copas do Mundo (2002, 2006 e 2010).

Pelo Twitter, Marco Aurélio Cunha disse que o almoço foi um encontro entre amigos e sem conotação negocial. "Para esclarecer. Almocei com meu amigo Kaká, conversamos como sempre desde 2002, sem qualquer conotação negocial, e postado aqui, sem segredo".

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Schin retira comercial após queixa da ala gay

Decisão é em respeito às pessoas que se sentiram afrontadas, diz empresa; ABGLT considera descriminatório

A Schincariol decidiu nesta terça-feira (29) retirar do ar o comercial da cerveja Nova Schin, após queixa da  Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT) que fez uma denúncia ao Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) por considerar o filme descriminatório.

Leia também:
Gays pedem retirada de propaganda da Nova Schin
 
VÍDEO
Comercial da Nova Schin gera polêmica
Em nota, a empresa ressalta que não foi alertada pelo Conar, mas de qualquer forma retirou a propaganda do ar em respeito as pessoas que se sentiram ofendidas ou afrontadas.

No comercial, um grupo de cinco amigos toma uma Nova Schin quando aparece uma mulher caminhando na rua. Um deles, ao abordar a mulher, percebe que tratar-se de um travesti.

Fonte: Bom dia

Léo Moura fala da sua conversão, fé e futebol

Agora evangélico e prestes a ser batizado, Léo Moura (foto), lateral do Flamengo, revela visão, nega fanatismo e dá receita para Rubro-Negro superar momento conturbado.

Aos 33 anos, na idade de Cristo, Léo Moura firmou sua comunhão com o Evangelho. O jogador trocou os shows de pagode pelos cantos de louvor que não saem do som do carro e servem até como toque de celular. Na comemoração dos gols, o símbolo feito com os três dedos representa a Santíssima Trindade do Pai, Filho e Espírito Santo. Do plano divino para o terrestre, o jogador, que tem sete anos de Flamengo, diz que a fase conturbada não pode virar desespero. Ele prega a paz, diz que teve visões e revela que não pede vitória em suas preces.

- Não é fanatismo, porque sempre tive fé. Creio e estou no caminho de Deus, mas não sou fanático. Sempre fui à igreja, agora com mais frequência. Procuro tranquilidade, passar mensagem para alguns companheiros, e sabendo dividir. Não posso deixar que as coisas da religião se misturem com o profissional. No início deste ano pude mergulhar de cabeça, até porque é uma coisa que tem me feito muito bem, profissional e pessoalmente. Cada dia melhoro como pessoa – afirmou Léo Moura.

O lateral-direito diz que teve premonições durante alguns sonhos e não teve dúvidas: era uma mensagem divina:

- Tive várias revelações, isso me aproximou ainda mais da igreja. Na Libertadores, na noite anterior ao jogo com o Emelec, eu tive um sonho onde via muitas pessoas orando por mim, eu corria em direção ao gol e marcava. Na primeira bola do jogo, eu fiz como estava no sonho. Aquilo era uma mensagem de Deus que se realizou.

Quando entra em campo, mãos erguidas ao céu, Léo Moura não pensa em orar pelos três pontos, mas pede, sim, proteção até para os adversários:

- Quero deixar claro que não peço para ganhar, peço proteção para me livrar das contusões, para livrar nosso time de alguma coisa grave, e também para livrar o adversário. Do outro lado têm pessoas que também são evangélicas.

No som do carro de Léo Moura e no toque do celular, os hits do momento são músicas de Thales Roberto e outros pastores evangélicos famosos por seus testemunhos.

Open in new window- Agora, mudou. Você vai tirando algumas músicas. Fui chamado através do testemunho do Thales Roberto, que hoje virou meu amigo, junto com a Fernanda Brum, que além de ser pastora da minha igreja é um louvor que eu gosto muito. Tem a Bruna Carla. São músicas que pessoas de fora também gostam – disse o jogador.

Léo Moura irá se batizar na igreja evangélica no mês que vem. Ele se prepara para dar seu primeiro testemunho e explica o gesto que usa com os três dedos em riste:

- Mês que vem me batizo, tenho que me preparar espiritualmente, até porque o testemunho é uma coisa muito séria. Quero mostrar para as pessoas que esse é o caminho. O gesto dos três dedos é da Santíssima trindade, Pai, Filho, Espírito Santo. A galera da base do Flamengo já está pegando esse símbolo.

Momento conturbado e sondagem do Cruzeiro

Léo Moura recebeu sondagens do Cruzeiro, mas nenhuma proposta formalizada. O jogador tem contrato com o Flamengo até o fim do ano, quer ficar, mas acredita que uma cartada oficial possa ser dada a qualquer momento, já que Celso Roth é admirador do seu futebol.
Diante do agitado ambiente do Flamengo, Léo Moura sabe como se reza a missa rubro-negra:

- Temos que ter tranquilidade, paz. Já passei por tudo no Flamengo, essa fase não é a primeira vez. Se não tiver tranquilidade para trabalhar, você não consegue jogar. Precisamos de resultado e não levar para o lado do desespero que é pior.

Fonte: Globo Esporte

Líderes evangélicos indignados com uma Bíblia para o islã

A Bíblia do islã traz modificações como "Representante de Deus" em lugar de filho de Deus, "Mevla (protetor)" em lugar de Pai e "abluções de penitência" em lugar de batismo.

Um exemplo se pode ver na versão desta tradução em árabe do Evangelho de Mateus, em concreto Mateus 28:19, que resulta modificado deste modo: "batizar em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo" passa a ser "purificar com a água em nome de Alá, de seu Messias e de seu Espírito Santo".

"Como líderes das Igrejas protestantes locais –escrevem em uma nota os responsáveis evangélicos- encontramos as traduções enganosas destes importantíssimos términos nos que se funda o Novo Testamento; errôneas e muito negativas. E certamente não podemos aprovar".

A Aliança das Igrejas protestantes turcas representa a maior parte das confissões evangélicas do país . Em 2011 publicou um "Informe sobre as violações dos direitos dos cristãos em Turquia". Os cristãos constituem uma pequena minoria dos 72 milhões de habitantes. o temor que tem (além da teologia errônea) é que estas traduções podem alimentar mal entendidos e falsas interpretações, nutrindo a cristianofobia presente no mundo islâmico.

MAIS REAÇÕES INDIGNADAS

Críticas, muitas delas ásperas, também receberam por parte da Biblical Missiology , um dos grupos que refletiu a indignação de seus representantes em Turquia em sua página web. "Como sabe ´Ocidente´ o que é melhor para as Igrejas nacionais em terras mais além de suas fronteiras, onde estão submetidas a todo tipo de pressões, sacrificaram sua vida pelo Evangelho e tem que colher as consequências destas traduções e metodologias?", era a pergunta em sua contundente nota a Biblical Missiology.

O problema não se limita únicamente a Turquia. Também protestam em diferentes partes do mundo de maioria islâmica diante desta tradução muitos responsáveis de missões evangélicas que anteriormente eram muçulmanos, assim como cristãos que vivem nos paises em que estas traduções estão em uso.

Por isso, os evangélicos turcos não foram os primeiros que tomaram partido contra as traduções "islamizadas". Por exemplo, a Igreja evangélica de Bengala se expressou com grande gravidade, e o mesmo sucedeu em Malásia, onde entre outras coisas a polêmica sobre o uso do término "Alá" por parte dos cristãos para indicar a Deus durou anos, apesar de uma sentença do Tribunal Constitucional. "Como Igreja em um país de maioria muçulmana, nos preocupa que existam atualmente movimentos que cancelam todas as referências a Deus como Pai e a Jesus como Filho de Deus nas Sagradas Escrituras em língua local", escreveu Moko Chen Liang, secretário geral da Gereja Presbyterian Malaysia a seus colegas estadounidenses.

OS TRADUTORES SE DEFENDEM

A controvérsia manda ao banco dos acusados a Wycliffe Bible Translators, ao Summer Institute of Linguistic (SIL) e a Frontiers ; três organismos protestantes que elaboraram as traduções da Bíblia que eliminam ou modificam términos que poderíam resultar ofensivos para a mentalidade islâmica.

Wycliffe Bible Translators nas fases iniciais da controvérsia defendia a iniciativa, afirmando que "os recursos (Pai e Filho, n. do r.) não haviam sido eliminados, senão que se haviam mantido de uma maneira que não comunicava um significado incorreto. O problema não é que a terminologia grega seja ofensiva para os muçulmanos, senão que desgraçadamente para alguns leitores as traduções tradicionais podem implicar que Deus pratica sexo com as mulheres, e dar aos leitores a impressão que a tradução seja corrupta" .

Entretanto, ao menos é o que dizem os evangélicos turcos, já faz tempo que havia sido lançado o alarme sobre este tipo de traduções. "Para evitar que os cidadãos turcos, cristãos ou não, se exponham a uma doutrina errônea, e a incompreensões, o comitê de tradução havia recebido a petição de cambiar os pontos que minam as bases da teologia cristã". Mas os tradutores seguiram traduzindo "Representante de Deus" em lugar de Filho de Deus, "Mevla (protetor, auxiliar)" em lugar de Pai e "abluções de penitência" em lugar de batismo.

VÃO REVISAR A TRADUÇÃO

Tanto foi a cadeia de reações que chegou a tomar a forma de uma petição oficial para por fim a estas traduções.

Como consequência, parece ser que finalmente Wycliffe decidiu revisar sua política de tradução na colaboração com a Aliança Evangélica Mundial (World Evangelical Alliance), uma das maiores redes de Igrejas evangélicas a nível mundial, que projeta colocar este problema em mãos de uma comissão de expertos para que o estudem.

Fonte: Protestante Digital

Senador Demóstenes Torres diz que reencontrou Deus em depoimento no Conselho de Ética

Senador Demóstenes Torres diz que redescobriu Deus
O senador Demóstenes Torres (sem partido) afirmou em seu depoimento ao Conselho de Ética do Senado que não tinha nenhuma outra ligação com o empresário Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, além da amizade. Mas que essas acusações contra ele o fizeram se reaproximar de Deus.

“Eu só pude chegar aqui hoje porque quero dizer aos senhores que redescobri Deus. Parece um fato pequeno, mas acho que minha atuação era pautada mais pelos homens do que por Deus”, disse ele nesta terça-feira.

O senador foi acusado de ter ligações com Carlinhos Cachoeira depois que a Polícia Federal passou a fazer investigações do empresário que supostamente comete diversas irregularidades, mas ele nega qualquer envolvimento.

Tais acusações o fizeram romper com o partido Democratas (DEM) e o levaram para uma depressão, segundo ele mesmo relatou em seu depoimento. “Se eu cheguei aqui, foi porque readquiri a fé. Graças a Deus posso estar aqui para conversar com as senhoras e os senhores”.

A explicação de Demóstenes sobre seu envolvimento no caso seria uma “campanha sistemática orquestrada” para prejudicá-lo. Ele ainda garantiu para o Conselho de Ética que muitas das coisas que foram ditas sobre ele podem ser desmentidas pelos próprios autos do inquérito aberto pela PF.

Fonte: Folha Online

terça-feira, 29 de maio de 2012

Lista dos melhores perfis do Twitter destaca personalidades evangélicas

por Leiliane Roberta Lopes

Lista dos melhores perfis do Twitter destaca personalidades evangélicas

O site TweetRank mostra algumas personalidades evangélicas na lista dos Melhores do Twitter no Brasil. Não só o número de seguidores conta como também a quantidade de posts e de referências feitas pelos usuários.

O cantor André Valadão é o primeiro evangélico a aparecer nessa lista ocupando a 28º posição. Ele tem 398.322 seguidores, segue 79 pessoas e já escreveu mais de 32 mil mensagens no microblog.

Mariana Valadão também aparece na lista, é a segunda dos cantores evangélicos ocupando a 58º posição do TweetRank. A caçula da família Valadão tem 275.449 seguidores, 339 amigos e escreveu mais de 20 mil tuites.

No 59º lugar está Perlla, a cantora anunciou recentemente que abandonou a música secular para se tornar cantora gospel, conquistou uma nova multidão de fãs e tem 169.216 seguidores no Twitter, 279 amigos e escreveu mais de 30 mil mensagens.

A cantora Fernanda Brum também aparece na lista, ela ocupa o 90º lugar mesmo tendo 398.079 seguidores no microblog. A média ficou abaixo dos outros cantores porque a pastora escreve pouco na rede social, tem apenas 15.624 mensagens em seu Twitter oficial.

A apresentadora do programa Bom Dia e Cia, Priscila Alcântara, que também é cantora gospel aparece na 99ª posição, a jovem tem 134.854 seguidores, segue 295 pessoas e já escreveu mais de 22 mil mensagens.

Na 109ª posição do TweetRank dos Melhores do Twitter no Brasil está o pastor Marco Feliciano, que também é deputado federal, cantor e apresentador do programa Tempo de Avivamento. Feliciano tem mais de 100 mil seguidores, segue apenas 59 pessoas e já escreveu mais de 24 mil tuites em seu microblog.

Benny Hinn se reconcilia com sua ex-esposa após dois anos de separação

por Leiliane Roberta Lopes

O pastor Benny Hinn fez um comunicado informando que irá se reconciliar com Suzanne de quem está separado desde fevereiro de 2010. O televangelista chegou a confessar que por um tempo seu ministério passou a ser mais importante que sua família, mas que agora está vendo a graça de Deus trazendo reconciliação para sua casa.

Suzanne e Hinn estiveram casados por mais de 30 anos até que há dois anos ela surpreendeu a todos pedindo o divórcio e alegando ter diferenças irreconciliáveis com o televangelista. Diante do anúncio, o autor de “Bom Dia Espírito Santo” escreveu um comunicado dizendo que estava “impactado e entristecido” por não ter sido avisado sobre essa decisão tomada por Suzanne.

Mas no dia 24 de maio, durante a Cruzada de Milagres realizada em Nova York, o pastor anunciou que ele e sua ex-esposa estão retomando o convívio e que vão se casar novamente em dezembro, segundo declarou um violinista que estava no culto e comemorou a notícia através do Facebook.

“O pastor Benny Hinn soltou uma bomba sobre nós essa noite. Ele e Suzanne estão se reconciliando e nos disse que eles vão voltar a se casar em dezembro. Quase caí da cadeira”, disse o músico Maurice Sklar.

Em um comunicado divulgado pelo site Entre Cristianos, Hinn diz que sempre a amou e que está experimentando a cura e o processo de restauração que começou em sua casa.

“Recentemente estou experimentando seu toque de cura e sua gloriosa restauração na minha família, já que o processo de reconciliação já começou”.

A reaproximação do casal aconteceu no Natal quando eles, seus filhos e netos se reunirão para comemorar o nascimento de Jesus e fazer a tradicional troca de presentes. Desde então eles estão juntos, mas mesmo assim ele pede para que todos intercedam por esse casamento.

Traduzido e adaptado de Entre Cristianos

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Ex bispo de Edir Macedo, Renato Suhett renuncia título de bispo para ser consagrado padre

Por Gospel +

O ex bispo da Igreja Universal do Reino de Deus, Renato Suhett, foi ordenado a reverendo, cargo semelhante ao de padre, da Igreja Epsicopal Latino do Brasil, após renúncia ao episcopado na denominação liderada por Edir Macedo.Renato Suhett ficou conhecido mundialmente como o braço direito do bispo Macedo, e por gravar dez CDs de música gospel.

Em seu histórico na Universal, Suhett chegou a comandar a igreja nacionalmente, e após romper com a denominação, se afastou. Tempos depois, retornou à igreja, foi novamente consagrado a pastor e se tornou responsável pela IURD no México.

Em 06 de abril  de 2012, Renato Suhett divulgou comunicado em seu blog pessoal anunciando sua ruptura com a IURD, abrindo mão “em caráter irrevogável, de renunciar ao episcopado” exercido na “Igreja Universal do Reino de Deus e em outras Igrejas”.
O ex bispo da Igreja Universal do Reino de Deus, Renato Suhett, foi ordenado a reverendo, cargo semelhante ao de padre, da Igreja Epsicopal Latino do Brasil, após renúncia ao episcopado na denominação liderada por Edir Macedo.Renato Suhett ficou conhecido mundialmente como o braço direito do bispo Macedo, e por gravar dez CDs de música gospel.

Em seu histórico na Universal, Suhett chegou a comandar a igreja nacionalmente, e após romper com a denominação, se afastou. Tempos depois, retornou à igreja, foi novamente consagrado a pastor e se tornou responsável pela IURD no México.

Em 06 de abril  de 2012, Renato Suhett divulgou comunicado em seu blog pessoal anunciando sua ruptura com a IURD, abrindo mão “em caráter irrevogável, de renunciar ao episcopado” exercido na “Igreja Universal do Reino de Deus e em outras Igrejas”.
Suhett alegou ilegitimidade de seu cargo, pois segundo ele a consagração não se deu por um apóstolo com linhagem de sucessão: “A minha consagração [...] não apresenta validade, uma vez que não estamos de acordo com o método de trabalho ali [na Igreja Universal do Reino de Deus] realizado; por ter sido [a consagração]realizada fora da sucessão apostólica e numa Igreja que não se adéqua a nossa maneira de entender como deve ser realizado esta Obra, a qual, não sendo do homem, pertence ao Senhor Deus, sendo por Ele instituída e tendo Jesus Cristo, Nosso Senhor, como cabeça”.

A consagração de Suhett, que é casado, ao cargo de reverendo na Igreja Anglo-Católica, como é conhecida a Igreja Episcopal, se deu no último dia 20 de maio, na cidade de Esmeraldas, MG, pelo Arcebispo Anglo Católico Dom Lucas Macieira da Silva, segundo informações do blog Momento Verdadeiro.De acordo com a descrição publicada pelo próprio Suhett, a Igreja Anglo Católica é uma dissidência da Igreja Católica Apostólica Romana, e segue tradições que incluem princípios católicos e protestantes.

Pânico na TV pode sair do ar por ferir Direitos Humanos

Por Verdade Gospel
 
O Conselho Distrital de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos entrou quinta-feira (24) no Ministério Público Federal (MPF) com uma representação pedindo a retirada do ar dos quadros ‘A Academia das Paniquetes’ e ‘O Maior Arregão do Mundo’, exibidos no programa Pânico na TV da Band. Para o Conselho, a atração da emissora reproduz exemplos negativos para crianças e adolescentes, estimula a discriminação e constrange a figura feminina.
O documento foi entregue ao subprocurador-geral da República, Aurélio Virgílio Veiga, pelo presidente do conselho, Michel Platini. A vice-presidente da Comissão dos Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados, Erika Kokay (PT-DF), também participou da reunião.
Na audiência, Aurélio Virgílio recebeu a representação e disse que o documento será encaminhado até esta sexta-feira (25) à Procuradoria Regional da República do Estado de São Paulo. Segundo Virgílio, será feita uma recomendação imediata quanto ao horário de veiculação do programa. A intenção é que a exibição seja realizada em horário que resguarde crianças e adolescentes. “A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão não defende programas que utilizem a humilhação dos outros como forma diversão de alguns”, argumentou o subprocurador.
“Em um caso como esse, em que há violação dos direitos humanos, tradicionalmente trabalhamos pensando na classificação indicativa. Temos muita preocupação de tomar atitudes drásticas que possam ser entendidas como censura ou cassação, até por ser uma concessão pública. Vamos tentar buscar através da reclassificação indicativa a possibilidade efetivamente eficaz para resolver o problema”, disse Aurélio Virgílio.
O conselho sugere que, no horário da veiculação do programa (às 21h), sejam exibidos vídeos educativos com a finalidade de combater todas as formas de trote, divulgando uma cultura de paz, que enfrente a discriminação e combata a exposição vexatória das mulheres. Procurada pela Agência Brasil, a emissora informou por e-mail que não comentará a representação.
O presidente do conselho, Michel Platini, disse que crianças e adolescentes estão entre os telespectadores do programa, que “cultua atos de violência e agressividade”. “(Isso nos) preocupa muito. Não podemos deixar que um programa nacional influencie nossa sociedade negativamente”, disse ele.
“O programa excede os limites, veicula trotes, naturalizando esse comportamento e educando o seu público a reproduzir esses atos em outros ambientes, inclusive nas escolas. A cada edição, os direitos humanos são afrontados, eles (responsáveis pelo programa) não têm ideia dos desdobramentos que podem causar”, destacou Platini.
O último balanço feito pela coordenação da campanha ‘Quem Financia a Baixaria é contra a Cidadania’ revelou que o programa Pânico na TV, que era veiculado pela pela emissora Rede TV e passou a ser transmitido pela Band, lidera o ranking de reclamações de telespectadores. A campanha tem o apoio da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara.

Com informações da Agência Brasil

Geólogos revelam a data exata da crucificação de Jesus

Geólogos revelam a data exata da crucificação de Jesus
Por Creio

Sexta-feira, dia 3 de abril do ano 33. Essa é a data da crucificação de Jesus, afirma a revista especializada em  geologia, The International Geology Review.
O artigo publicado na edição mais recente mostra a investigação de especialistas de um terremoto que ocorreu nesta data, vista como o dia mais provável da crucificação de Jesus. Segundo o Evangelho de Mateus, capítulo 27, versículo 51, no momento em que Jesus morreu, “tremeu a terra, e fenderam-se as pedras”.
De acordo com canal de TV Discovery News , a equipe formada pelo  geólogo Jefferson Williams, da Supersonic Geophysical, Markus Schwab e Achim Bauer, do Centro de Pesquisa de Geociências da Alemanha, analisaram a atividade de terremotos na região de Jerusalém.
Sua pesquisa confirma que um grande sismo atingiram a área conhecida como Ein Gedi,  entre 26 a.C. e 36 d.C., que poderia ser o que o Novo Testamento se refere. No entanto, os dados coletados por eles podem confirmar a data com precisão absoluta. Williams, Schwab, e Brauer admitem que o terremoto mencionado nos evangelhos poderia ser alegórico, referindo-se a um tremor que ocorreu em algum momento antes ou depois da crucificação. Este terremoto teria sido forte o suficiente para quebrar os sedimentos de rocha em Ein Gedi.
“Existe a possibilidade que o relatório de um terremoto no Evangelho de Mateus seja um tipo de alegoria”, escrevem os estudiosos no artigo publicado por eles no The International Geology Review.
Por isso, outras pesquisas estão sendo feito por Williams e sua equipe, que estão agora analisando o relatório da escuridão que teria tomado o céu da região entre o meio-dia e as três horas da tarde no dia da crucificação. Três dos quatro evangelhos canônicos confirmar que a escuridão invadiu a região durante aquele dia, o que poderia aludir a uma tempestade de poeira, de acordo com Williams.
Conforme relatado pelo Discovery News, Williams está investigando se os depósitos de poeira típicos das tempestades coincidem com esse terremoto do início do primeiro século na região de Jerusalém.
Os estudiosos apontam que existem outros relatos bíblicos e históricos que confirmariam essa data. Um artigo da revista científica Nature, da autoria de Colin Humphreys e Graeme Waddington, oferece indícios fortes para a afirmação da equipe de Williams:
Os quatro evangelhos mostram que a data da crucificação é reconhecidamente uma sexta-feira, quando os judeus comemoravam o Pessach (Páscoa).
Os quatro evangelhos e o relato dos Anais do governador Tácito (XV, 44) concordam que a crucificação ocorreu quando Pôncio Pilatos era procurador da Judéia, ou seja, entre 26 e 36 dC.
Os quatro Evangelhos concordam que Jesus morreu poucas horas antes do início do sábado judaico (a noite da sexta-feira).
Os evangelhos sinóticos (Mateus, Marcos e Lucas) indicam que Jesus morreu antes do anoitecer no dia 14 de Nissan; antes do início da refeição da Páscoa.
Usando-se os dados do calendário judaico e cálculos astronômicos do período, os indícios mais fortes é que a sexta-feira, 3 de abril de 33 d.C. se destaca como  a data mais provável da crucificação, de acordo com os pesquisadores.

Traduzido e adaptado de Huffington Post e Discovery


Comissão aprova criminalização na homofobia no Código Penal e iguala homossexualismo a raça

A comissão de juristas que discute a reforma do Código Penal no Senado aprovou nesta sexta-feira a proposta que criminaliza o preconceito contra gays, transexuais e transgêneros. O texto ainda precisa ser votado pelo Congresso. 

A proposta também criminaliza o preconceito contra mulheres e baseados na origem regional (contra nordestinos, por exemplo). Estas modalidades de preconceito, assim como a homofobia, ficam igualadas ao crime de racismo, que é imprescritível e inafiançável.

Isso significa que, se a proposta virar lei, quem for acusado dos crimes de preconceito pode ser processado a qualquer tempo e, preso provisoriamente, não pode ser solto após pagar fiança.

O texto determina alguns comportamentos que serão considerados crimes, caso sejam motivados por preconceito. Entre eles estão impedir o acesso de alguém em transporte público, estabelecimento comercial ou instituição de ensino e a recusa de atendimento em restaurante, hotel ou clube.

A proposta também criminaliza o ato de impedir o acesso a cargo público ou a uma vaga em empresa privada, e demitir ou exonerar alguém injustificadamente, baseado no preconceito. Dependendo da gravidade, o acusado que for funcionário público pode perder seu cargo.

A veiculação de propaganda e símbolos preconceituosos, inclusive pela internet, também foi criminalizada.

A pena prevista para todas as modalidades de crime vai de dois a cinco anos de prisão, e pode ser aumentada de um terço até a metade se for cometida contra criança ou adolescente.

Fonte: Folha

Muçulmanos do Irã afirmam possuir manuscrito antigo da Bíblia que “desacreditará o cristianismo”

por Gospel+

O governo do Irã divulgou que um manuscrito da Bíblia, com 1500 anos de idade e que  contém “novos ensinamentos” atribuídos a Jesus Cristo, é capaz de causar o colapso do cristianismo.
O livro com mais de 1500 anos foi confiscado na Turquia em 2000, durante a investigação e prisão de uma quadrilha de contrabandistas de antiguidades, apontam os relatórios do jornal Daily Mail. As páginas do livro, do século V ou VI, são de couro tratado e estão escritas em um dialeto do aramaico, língua falada por Jesus. Suas páginas estão hoje negras, por causa da ação do tempo, mas as letras douradas ainda possibilitam sua leitura.
As autoridades turcas acreditam que se trata de uma versão autêntica do Evangelho de Barnabé, um discípulo de Jesus que ficou conhecido por suas viagens com o apóstolo Paulo descritas no Livro de Atos.
Autoridades religiosas de Teerã insistem que o texto prova que Jesus nunca foi crucificado, não era o Filho de Deus, mas um profeta, e chama Paulo de “Enganador.” O livro também diz que Jesus ascendeu vivo ao céu, sem ter sido crucificado, e que Judas Iscariotes teria sido crucificado em seu lugar. Falaria ainda sobre o anúncio feito por Jesus da vinda do profeta Maomé, que fundaria o Islamismo 700 anos depois de Cristo. O texto prevê ainda a vinda do último messias islâmico, que ainda não aconteceu.
“A descoberta do original texto de Barnabé vai revolucionar a religião no mundo”, diz o relatório Basij.  Nenhum meio de comunicação publicou os versos. A foto divulgada da capa mostra apenas inscrições em aramaico e o desenho de uma cruz. A Internacional News Agency, diz que a inscrição na fotografia pode ser facilmente lida por um assírio. Os assírios viviam na região que compreende hoje o território do Iraque, o nordeste da Síria, o noroeste do Irã, e o sudeste da Turquia.
A tradução da inscrição inferior, que é o mais visível diz: “Em nome de nosso Senhor, este livro está escrito nas mãos dos monges do mosteiro de alta em Nínive, no ano 1.500 do nosso Senhor”.
Especialistas cristãos negam a existência de tal evangelho, que consideram um apócrifo (não inspirado por Deus). A autenticidade do livro precisaria ser provada por autoridades independentes. Porém, alguns especialistas já afirmaram que o Irã está promovendo a descoberta do livro 12 anos depois porque hoje o cristianismo tem se tornado uma ameaça em seu país.
O Vaticano teria demonstrado preocupação com a descoberta do livro, e pediu às autoridades turcas que permitissem aos especialistas da Igreja Católica avaliar o livro e seu conteúdo, em especial o “Evangelho de Barnabé”, que descreveria Jesus de maneira semelhante à pregada pelo islã.
O relatório da Basij Press, que divulgou o material para a imprensa, sugere que a descoberta é tão importante que poderá abalar a política mundial. “A descoberta da Bíblia de Barnabé  original irá minar a Igreja Cristã e sua autoridade e vai revolucionar a religião no mundo. O fato mais significativo, porém, é que esta Bíblia previu a vinda do profeta Maomé, mostrando a verdade da religião do Islã”.
A Basij afirma que o capítulo 41 do Evangelho diz: ’Deus disfarçou-se de Arcanjo Miguel e mandou (Adão e Eva) embora do céu, (e) quando Adão se virou, ele notou que na parte superior da porta de entrada do céu, estava escrito La elah ELA Allah, Mohamadrasool Allah”, ”significado Alá é o único Deus e Maomé o seu profeta ”
Erick Stakelbeck, apresentadora de TV e estudioso de assuntos iranianos, disse ao site WND: “Ao promover a chamada Bíblia de Barnabé, que não é aceita por nenhuma denominação cristã dominante,  o regime iraniano tenta mais uma vez desacreditar a fé cristã. O regime iraniano está empenhado em erradicar o cristianismo usando  todos os meios necessários. Isso significa a execução de muçulmanos convertidos, queima de Bíblias ou invasão das igrejas subterrâneas”.
No ano passado, as autoridades iranianas confiscaram e queimaram cerca de 6.500 Bíblias por ordem do líder supremo, o aiatolá Ali Khamenei.
Desde sua descoberta, o livro vinha sendo mantido em segredo, guardado em um cofre-forte na cidade de Ancara. Agora, a Turquia planeja colocar o livro em exposição pública. A teoria mais comum entre os cristãos é que um exame do texto sugere que ele seria similar ao material apócrifo escrito no século XIV.
Com informações WND, Christian Post e Daily Mail


domingo, 27 de maio de 2012

Vitor Belfort lesiona mão e não fará revanche contra W. Silva no UFC 147

O presidente do UFC, Dana White, revelou na madrugada de sábado para domingo que Vitor Belfort se lesionou e não vai mais enfrentar Wanderlei Silva no evento principal do UFC 147, ou UFC BH, em 23 de maio. O "Fenômeno" quebrou a mão durante os treinos para a luta e vai precisar de cirurgia. White não anunciou o substituto de Belfort.
O dirigente fez a revelação durante um bate-papo com os jornalistas após o UFC 146, em Las Vegas. Ele respondia uma pergunta sobre os problemas que tinha de enfrentar diariamente, como a prisão da ring girl Arianny Celeste na manhã deste sábado e a prisão do peso-meio-pesado Jon Jones no começo da semana por dirigir embriagado.
- Nesta semana, vendemos boa parte dos ingressos para um ginásio de 17 mil pessoas no Brasil. Aí, hoje de manhã, fico sabendo que Vitor Belfort quebrou a mão e vai precisar de cirurgia. Ele está fora da luta contra Wanderlei Silva - afirmou White.
Wanderlei Silva, por sua vez, continua no card. Seu adversário no evento principal está indefinido, mas o dirigente disse já ter candidatos para substituir Belfort.

Pouco depois da revelação, Belfort publicou no Twitter uma foto de sua mão esquerda lesionada.

- Não consigo dormir pensando no que aconteceu. Estou muito triste, muito triste, mas sei que irei voltar forte - escreveu o peso-médio no microblog.

A revanche entre Vitor Belfort e Wanderlei Silva era aguardada desde seu primeiro confronto, em 1998, no UFC Brasil, em São Paulo. Na época, ambos os lutadores estavam em início de carreira, e Belfort nocauteou o adversário em apenas 45s. O interesse na rivalidade aumentou com a participação dos dois no reality show "The Ultimate Fighter Brasil - Em busca de campeões", no qual Belfort e Wanderlei são treinadores de equipes opostas.

Fonte: Globo.com

sexta-feira, 25 de maio de 2012

CD Para Nossa Alegria entra em pré-venda

Capa do CD
Por Gospel Prime

Já está disponível para pré-venda o primeiro CD da dupla Jefferson e Suellen, os irmãos que ficaram famosos pela gravação da música “Galhos Secos” que ficou conhecida como “Para Nossa Alegria” e este foi o título escolhido para esse trabalho que tem uma proposta bem diferente.

Contratados pela Salluz Produções, os jovens evangélicos fizeram um trabalho divertido que deve agradar a todos os públicos, desde crianças até adultos como adiantou a direção da gravadora na hora do contrato. “Entre o fim de maio e início de junho o grande público pode esperar um trabalho muito divertido com canções que irão alegrar os ouvintes de todas as idades e classes sociais”.

O vídeo caseiro postado por uma amiga de Jefferson e Suellen fez tanto sucesso que eles já passaram em diversos programas de TV, como Pânico na TV, Eliana e muitos outros, sempre fazendo muito sucesso.

Não há informações se no CD há canções religiosas nem se eles conseguiram a autorização para regravar o sucesso da Banda Êxodo, composta por Osny e Osvayr, mas quem quiser reservar seu exemplar pode acessar o site Arte Cristã para adquirir o produto.


MP do Mato Grosso não encontra irregularidades nas fazendas de Valdemiro Santiago

Add caption
Por Gospel+

O Ministério Público Estadual de São Paulo vai passar a investigar a compra de fazendas pelo apóstolo Valdemiro Santiago (Foto) depois que o procurador-geral de Justiça, Marcelo Ferra, encaminhou o caso para o MPE-SP.

O Ministério Publico Federal do Mato Grosso estava realizando essas investigações, mas como não foram encontrados danos à União os autos foram encaminhados para o MPE paulista já que a sede da Igreja Mundial do Poder de Deus está situada no Estado de São Paulo.

Desde que o programa Domingo Espetacular da Rede Record denunciou a compra de fazendas na região de Santo Antônio do Leverger, Valdemiro Santiago passou a ser investigado já que nas denúncias há indícios de que o dinheiro usado na compra dessas terras saiu dos cofres da igreja, ou seja, dinheiro doado pelo fiéis para outros fins que não o enriquecimento pessoal.

Resta ao MPE-SP encontrar irregularidades nessa aquisição já que o Ministério Público Federal não conseguiu encontrar lesão à União nem sonegação de impostos. Se a instituição de São Paulo conseguir encontrar indícios desses crimes o caso voltará para o MPF.

Com informações Olhar Direto

Comissão aprova projeto que inclui casamento gay no Código Civil

Senadora Marta Suplicy
A união estável entre casais do mesmo sexo pode se tornar lei, pois a Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado aprovou o projeto de lei da senadora Marta Suplicy (PT-SP) que pode incluir essa opção no Código Civil.

O texto define como entidade familiar não apenas a união entre homem e mulher, mas passa a ampliar como união estável a união de duas pessoas, sem declarar o gênero. “A união estável entre duas pessoas, configurada na convivência pública, contínua e duradora e estabelecida como objetivo de constituição de família”, diz o texto.

Esse projeto foi elaborado para transformar em lei a decisão do Supremo Tribunal Federal que em 2011 reconheceu a união entre pessoas do mesmo sexo. Mas antes de passar a fazer parte do Código Civil o texto precisa ser aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CJJ) e passar pelo plenário do Senado e da Câmara dos Deputados.

Marta Suplicy explicou o objetivo de seu projeto dizendo que ele vai estender a decisão do STF. “O que nós fizemos foi colocar no Código Civil aquilo que o STF já fez”.

Mas vale lembrar que a proposta não vai interferir nos critérios adotados pelas igrejas para o casamento religioso, apenas vai garantir que os casais homossexuais possam ter o direito de transformar a união estável em casamento civil.

Pastor desmascara pastora “falsa profetiza” diante da Igreja

No estado da Flórida nos Estados Unidos uma Pastora e “profetiza” teve por parte de um pastor a sua postura de profeta desmascarada durante ministração da pastora em uma tenda montada enfrente a igreja do pastor. A pastora Dayna Muldoon define-se como “evangelista e cantora”, mas costumeiramente conduz cultos caracterizados por profecias e milagres. A breve biografia que postou em uma rede social traz o seguinte relato “Uma noite, aos quinze anos de idade, ela estava orando em seu quarto e derramou seu coração, pedindo que Deus desse direção à sua vida. Foi nesse momento que ela teve uma visitação do Senhor que lhe deu um chamado”.

  Esta semana, foi postado um vídeo no Youtube que tem chamado a atenção de centenas de pessoas. Em um dos cultos que ela conduzia numa “tenda de avivamento” em frente à igreja Calvary Chapel em Saint Pestersburg, Florida. O pastor Scott Rodriguez, que estava presente no local, pediu para falar e, julgando ser um testemunho, a pastora Dayna permitiu.

Surpreendentemente, ele pediu que as pessoas orassem pela pastora, pois a mensagem que ela estava trazendo não era o evangelho. “A mensagem de Deus não é milagres, mas compartilhar o sangue de Jesus Cristo que limpa pecadores humilhados. E quando milagres são enfatizados, Jesus é negado!”, disse Scott. Imediatamente alguns dos presentes começaram a protestar e ele foi cercado por algumas mulheres que sentiram-se ofendidas. A pastora Dayana, visivelmente constrangida, pediu que o pastor Scott saísse da tenda para evitar uma confusão.

Mais tarde, ele postou em seu blog a sua versão dos fatos. “A senhora Muldoon montou uma tenda para sua cruzada de sete dias do outro lado da rua, exatamente em frente à nossa igreja. Ela ficará lá até o próximo domingo (20/5)… Algumas pessoas que estavam presentes nos primeiros cultos que ela ministrou pediram minha opinião sobre o teor de suas mensagens… No sábado passado, decidi falar com ela e seu empresário (Dennis) depois do culto… Eles sentiram que as pessoas de nossa igreja que estavam presentes os estavam criticando…

Eu perguntei o que eles estavam pregando para ter uma ideia melhor sobre o seu ministério, e explique nossa igreja prega apenas o Evangelho e os membros iriam estranhar se ouvissem algo diferente… Ela alegou estar pregando a mesma mensagem que eu descrevi: Cristo veio em carne para morrer numa cruz pelos pecados do homem, foi sepultado e ressuscitou 3 dias depois, e Deus Pai deseja que as pessoas abandonem o pecado e coloquem sua fé na obra consumada do Seu Filho na cruz, para serem salvos e que não há outro caminho para a salvação. Ela concordou que esta era a sua mensagem básica, mas que também acreditava em milagres… Voltei na noite seguinte… Durante cerca de uma hora ouvi o que classifico como pregação pentecostal normal, nada de muito chocante.

No entanto, após a sua mensagem ela começou com atitudes fraudulentas, de “ministrar no Espírito Santo”. Ela começou a impor as mãos sobre as pessoas que respondiam girando, gritando, temendo o corpo, agitando os braços, batendo nas cadeiras, atirando-se (não caindo) no chão. Ela profetizou para 3 mulheres, dizendo que elas estavam sentadas onde o Pai, Filho e Espírito Santo também estavam e que iriam se casar em junho. Embora agisse como se não soubesse nada sobre suas vidas pessoais, eu reconheci uma, que era a advogada do ministério… e as outras duas também eram conhecidas da pastora.

Ela disse que os anjos estavam lá e que poderia haver vozes de anjos cantando a sua música, porque eles a seguiram por toda parte… Finalmente, achei que tinha acabado, mas ela veio até onde eu estava, sentado na primeira fila, e começou a entregar uma “profecia”…. Eu me levantei (mas provavelmente deveria ter apenas saído)… Ela começou a dizer que eu estava lá porque Deus tinha… algo para me entregar através dela.

Então ela continuou falando muitas coisas… Mas eu sabia que era mentira… Naquele momento senti que precisava deixar claro que não concordava com a mensagem nem com o ministério dela, e foi isso que tentei fazer.

Infelizmente eu acho que parece no vídeo que sou um cara que entrou na fila para receber oração e, em seguida, aproveitou a oportunidade para dizer tudo aquilo… Não é verdade… Peço perdão ao Senhor e aos meus irmãos se pareceu que eu estava querendo me exibir ou que tentei substituir o Espírito Santo… Saibam que eu não sou o homem corajoso que alguns pensam que eu sou. Sou um homem falho, que teme a opinião dos outros como todo mundo, mas todos nós precisamos desesperadamente da Cruz. Principalmente eu”.

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Polícia Federal apreende carteiras com brasão da República em igreja

Carteira santa
Por Leiliane Roberta Lopes

Uma Operação especial da Polícia Federal conseguiu apreender mais de 300 carteiras com o brasão da República Federativa do Brasil com a inscrição “autoridade eclesiástica”.

A apreensão aconteceu em uma igreja evangélica de Belo Horizonte e pelo que foi apurado as carteiras seriam distribuídas para “vários integrantes de igrejas” na capital mineira.

A PF conseguiu um mandado de busca e apreensão expedido pela 4ª Vara da Justiça Federal em Minas e poder então entrar na igreja que não teve o nome divulgado.

Essa operação ficou batizada como Operação Carteira Santa e duas pessoas vinculadas a uma entidade denominada “Conselho Federal Evangélico do Brasil” foram indiciadas, mas o nome delas também não foi divulgado pela PF.

Esses acusados responderão pelo uso indevido dos símbolos da República, com base no Código Penal, artigo 296, que trata da falsificação, fabricação ou alteração de selos públicos destinados a autenticar atos oficiais da União, de Estado ou de Município. A pena é reclusão de dois a seis anos e pagamento de multa.

Com informações Folha.com



Silas Malafaia pede para que o caso do mensalão seja julgado imediatamente

Por Leiliane Roberta Lopes

O Supremo Tribunal Federal se prepara para fazer o julgamento mais esperado dos últimos anos: O processo que apura o envolvimento de 38 réus no escândalo conhecido como mensalão.

O esquema de compra de votos se tornou o maior problema de corrupção da história do país denunciando importantes nomes da política nacional sendo alguns com envolvimento direto com o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O caso tramita desde 2007 e momento aguarda o voto do revisor do processo, o ministro Ricardo Lewandowski, apenas com o voto dele é que o STF poderá realizar as sessões para julgar os réus.

Foi diante disso que o pastor Silas Malafaia resolveu cobrar agilidade e ainda pediu para que seus seguidores entrem em contato com os ministros do Supremo para que a votação não seja adiada para o segundo semestre.

“É importante que nós, evangélicos, expressando a nossa cidadania, enviemos e-mails aos ministros do STF para que o julgamento aconteça ainda este ano”, disse ele.

Malafaia é um grande formador de opinião principalmente entre os evangélicos, que hoje representam cerca de 20% da população brasileira segundo dados do IBGE. É para esse público que ele pede apoio quando trata de assuntos relacionados à política.

Leia texto escrito por Silas Malafaia sobre o tema mensalão:

É importante que nós, evangélicos, expressando a nossa cidadania, enviemos e-mails aos ministros do STF para que o julgamento aconteça ainda este ano.

Não queremos ver ninguém condenado simplesmente por perseguição política ou notícias na mídia, mas que a verdade e a justiça prevaleçam.

Se o Supremo Tribunal não julgar esta questão e deixar crimes serem prescritos, será uma vergonha e desmoralização para esta instituição tão honrada e fundamental para o Estado Democrático de Direito e todas as garantias constitucionais.

Com informações Verdade Gospel

Fantástico: Xuxa diz que sofreu abuso sexual e Julio Severo critica a estrela.

Xuxa

Por Julio Severo

No programa Fantástico de domingo passado, Xuxa alegou que sofreu abusos sexuais na infância. Supostamente, foram três homens.

Sua declaração forte trouxe uma alta em sua imagem num momento em que sua carreira já não tem o brilho que tinha antes. O brilho tem sido cada vez mais ofuscado por um sombrio esqueleto em seu armário: Em 1982 ela fez o papel principal do filme “Amor estranho amor”, que contém cenas de pedofilia explícita em que ela seduz um menino.
Xuxa vem travando uma batalha judicial sem tréguas para que o filme, que tem perturbado sua carreira e fama, não seja oficialmente comercializado em DVD. Seus produtores haviam chegado a exigir 100 mil reais por ano para manter o filme “extinto”. O desgaste com o obsceno filme pró-pedofilia tem sido um flagelo na fama e bolso da atriz.

A trajetória de Xuxa, com suas recentes revelações de pedofilia na infância, teve um início com contexto previsível. Sabe-se que ela, por costume da família ou vontade própria, gostava de andar nua dentro de casa quando era menina. Crianças de lares com tais “hábitos” não raramente enxergam com “naturalidade” o sexo.
Qualquer homem moralmente são teria dificuldade de visitar uma casa onde o pai permite que sua filha de oito, dez ou doze anos ande “ao natural”. Não chega a ser “fora do normal” um lar com nudez descarada produzir abusos sexuais. É um ambiente produtor de tentações.
Tais lares, além de tornarem suas crianças vulneráveis aos oportunistas sexuais, não veem nada de errado em revistas pornográficas.

Xuxa não só tinha essa visão, mas também chegou a posar nua para várias revistas pornográficas, inclusive a mais famosa, a Playboy. O que era “natural” para ela acabou também virando fonte de renda.
Mesmo com esse histórico moralmente turbulento, ela acabou entrando no mercado infantil, com um programa primeiramente na TV Manchete e depois na TV Globo, onde dançarinas mirins com trajes curtos e a garotada garantiram para ela e para a TV Globo IBOPE e audiência. Ela passou de coelhinha da Playboy à rainha dos baixinhos.
É uma carreira infantil de sucesso alicerçada em assombrações pornográficas e pedofílicas.
Ela não era, é claro, o exemplo ideal para as crianças. Mas o mundo imundo da TV tem valores inversos de uma família que protege os filhos com valores morais.
Durante o governo de Lula, Xuxa encabeçou a campanha nacional “Não Bata, Eduque!”, lançada por Lula em Brasília. A campanha, de modo ostensivo, buscava a criminalização de pais e mães que aplicam castigos físicos como disciplina para o mau comportamento dos filhos.

Xuxa mostrou sua rebelião a esse mundo com limites para as crianças. Talvez ela anseie um mundo onde as crianças possam tranquilamente andar livres dentro de casa — livres de roupas — e assim estar mais preparadas para ver com naturalidade o sexo e a revista Playboy.
Mas a experiência de uma infância sem limites e sem roupas não trouxe felicidade para a menina Xuxa. Trouxe, pelo que alega ela, estupros. E trouxe, pelo que mostra seu currículo, seu estrelato num filme de pedofilia explícita e participação em revistas pornográficas.

Em todas essas décadas, Xuxa jamais reclamou de ter sofrido peso na consciência pela óbvia incoerência entre sua vida no mercado pornográfico e no mercado infantil. O que importava, talvez, fosse obter dinheiro, fosse de qual fosse a procedência.

Na entrevista ao Fantástico, Xuxa se queixa de um pai ausente, mas quando ela teve oportunidade de fazer diferença na sua vida, ela escolheu ter uma filha sem um pai. Ela determinou que a figura do pai ficasse ausente da vida de sua filha.
Depois de sua recente confissão de abuso sexual na infância, Xuxa deveria abandonar seu ativismo contra os direitos dos pais disciplinarem seus filhos e imporem limites — inclusive o uso de roupas — neles. Abuso e violência não é impor limites nos filhos, conforme hoje esbraveja Xuxa com sua campanha anti-pais, mas a falta de limites.
Seu ativismo agora deveria se limitar aos malefícios da nudez dentro de casa, de como essa prática torna as crianças presas fáceis de pedófilos, do sexo casual e da pornografia.

O ativismo dela deveria também incluir uma campanha de alerta para que os pais bloqueiem toda pornografia em seus lares.
E ela poderia também aproveitar e aparecer novamente no Fantástico para pedir perdão às famílias e crianças do Brasil pelo filme “Amor estranho amor”, onde ela mesma, já adulta consciente e com fome de grana, fez descarada propaganda pró-pedofilia.

Arqueólogos encontram prova da existência de Belém


Por Creio 

Arqueólogos israelenses acharam em Jerusalém um selo de argila com a inscrição "Bat Lechem", a primeira evidência arqueológica da existência de Belém durante o período em que aparece descrito na Bíblia. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (23) pela Autoridade de Antiguidades de Israel.
O artefato foi encontrado durante as polêmicas escavações do "Projeto Cidade de David", situado no povoado palestino de Silwán, no território ocupado de Jerusalém Oriental. Trata-se de uma espécie de esfera de argila que se usava para carimbar documentos e objetos, datada entre os séculos VII e VIII a.C."É a primeira vez que o nome de Belém aparece fora da Bíblia em uma inscrição do período do Primeiro Templo, o que prova que Belém era uma cidade no reino da Judéia e possivelmente também em períodos anteriores", disse Eli Shukron, responsável pelas escavações, em comunicado oficial.
"A peça é do grupo dos 'fiscais', ou seja, uma espécie de selo administrativo que era usado para carimbar cargas de impostos que se enviavam ao sistema fiscal do reino da Judéia no final dos séculos VII e VIII a.C", contou o especialista.

terça-feira, 22 de maio de 2012

RELIGIÃO É A PORTA DO INFERNO diz Edir Macedo

Por Creio

Na manhã desta segunda-feira (21) o bispo Edir Macedo, fundador da Igreja Universal do Reino de Deus, chamou atenção de seus seguidores do Twitter ao afirmar que a religião é a porta para o inferno.

“A religião é a pior desgraça que inventaram. É a porta do inferno!”, escreveu o líder religioso que tem mais de 100 mil seguidores no microblog.

Não tem declarações anteriores que possam indicar o que teria feito o líder da Igreja Universal se revoltar contra a religião, mas alguns tuiteiros tentaram ironizar a declaração dele. “Bipolaridade cibernética”, disse um internauta antes de retransmitir a mensagem do bispo.

Essa não é a primeira vez que ele critica a religião, em seu blog Macedo já chegou a dizer que é melhor ser ateu do que ser um religioso. Sua crítica é contra a intenção das religiões, as regras que elas ditam e suas filosofias. “O padre diz ser a cruz, o espírita o carma, o pastor a provação, outros o destino. Em cada um há uma palavra diferente e justificadora para acomodar a todos.O mal trabalha forte com as religiões para manter suas vítimas resignadas com suas mazelas. Neste caso, é melhor ser ateu.”

Macedo acredita que todas as religiões são mal intencionadas, e disse isso em outro texto de seu blog, dessa vez postado em 2009, o que prova que sua desconfiança com religiosos não é de hoje.

“A religião atrai as pessoas, sem que elas percebam, para infiltrar em suas mentes pensamentos totalmente contrários ao que Deus ensina, fazendo, assim, com que sejam cauterizadas em seus entendimentos”, escreveu ele em seu blog.

Foi neste mesmo texto que ele deu apoio a famosa frase do filósofo Karl Marx que disse que a “religião é o ópio do povo”. O fundador da Igreja Universal acredita que a religiosidade tira a visão espiritual das pessoas.

“O espírito da religiosidade faz assim. Retira das pessoas o senso crítico para que, após estarem entorpecidas e alienadas, injeta em seus intelectos suas falsas intenções. É por este motivo que temas como aborto e homossexualismo, por exemplo, insistem em ser considerados tabus pela religião. Não deveria ser assim. Acredito que o mundo seria bem menos hipócrita se as pessoas agissem como pensam, de verdade”.

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Silas Malafaia devolve parte da verba destinada à Marcha para Jesus

Por Gospel+

Durante a concentração da Marcha para Jesus do Rio de Janeiro, o pastor Silas Malafaia, que comandava o evento, comunicou que devolveria parte do dinheiro recebido pela prefeitura para a realização do ato religioso que reuniu cerca de 300 mil pessoas no último sábado (19).

A Prefeitura do Rio, por meio da Riotur, destinou R$2,48 milhões para a organização da Marcha, mas deste valor o pastor assembleiano se comprometeu a devolver R$410 mil que não foram utilizados porque a Associação Vitória em Cristo, presidida por ele, também colaborou financeiramente com o evento.

“Pela primeira vez tivemos o apoio da prefeitura na organização, mas comunico que devolvo parte do dinheiro que a prefeitura nos deu para organizar. O povo de Deus é correto”, disse Malafaia que estava ao lado do prefeito Eduardo Paes e do senador Lindberg Faria.

A Marcha para Jesus do Rio começou às 14h40 saindo da Central do Brasil rumo a Praça da Cinelândia, sete trios elétricos guiaram as centenas de milhares de pessoas que saíram pelas ruas declarando que Jesus Cristo é o Senhor.

Aproveitando a reunião, Malafaia usou o espaço para explicar os motivos que o levam a ser contra ao PL 122 que criminaliza a homofobia. “Nós, evangélicos, podemos criticar a conduta dos homossexuais, porque a constituição garante liberdade de expressão. Não discriminamos os homossexuais, mas condenamos o homossexualismo”, disse ele.

Sobre o dinheiro dado pela prefeitura para eventos como a Parada Gay, o líder religioso não se mostrou contrário. “Acho que o papel da prefeitura é apoiar todos eventos, manifestação católica ou parada gay. Sou contra qualquer tipo de descriminação, qualquer tipo de preconceito. Tenho amigos gays”.

Mas Malafaia também ironizou sobre a verba gasta com esses eventos. “Quero ver parada gay devolver algum dinheiro de evento”. Silas Malafaia é considerado um dos maiores inimigos do movimento LGBT por se posicionar contra leis que, segundo ele, geram privilégios para os homossexuais, como psicólogo ele afirma que é um comportamento e não uma característica do ser. Veja o video:


Com informações O Globo

MTV cria reality show cujo objetivo é perda da virgindade

“Você quer levar seu relacionamento a um nível mais profundo? Você está pronto para perder a virgindade ou tem um(a) amigo(a) que está pronto(a)? A idade adulta é um momento para se explorar o mundo. Novas relações, novas experiências, incluindo as sexuais… Agora a MTV deseja capturar esse tipo de coisa em uma nova série chamada My First… Estamos à procura de adultos que pensam estar preparados para ir até o fim.

Deixe a MTV acompanhar a sua jornada… enquanto você tenta perder a virgindade! Nós estaremos filmando se você conseguiu ou não alcançar o objetivo … mas não o ato em si! Se você tem 18 anos ou mais e está disposta a permitir que a MTV o acompanhe nessa jornada em direção a sua “primeira vez”, envie-nos um e-mail”.

Essa é a mensagem que a rede MTV divulgou no início deste mês em seu site RealityWanted.com e através das redes sociais. Embora procure pessoas com 18 anos ou mais, a tentativa da rede de televisão cujo público-alvo é exatamente os jovens causou polêmica.

Provavelmente muitas pessoas se sentiriam atraídas pela chance de se tornar uma “celebridade instantânea” e aparecer na televisão para milhões de expectadores no mundo todo. Por enquanto, o reality show My First… [Meu primeiro...] está em fase de pré-produção. Algum tempo atrás, o canal exibia uma espécie de reality show que acompanhava a vida de meninas de 16 anos que já estavam grávidas.

A cultura pop parece não conhecer limites e os altos índices de audiência de programas desse tipo comprovam que o público realmente tem interesse em observar a vida alheia. O que está em jogo aqui não é um relacionamento, o amor e as consequências do sexo. Tudo que importa, com certeza, é audiência.

Inicialmente, a emissora queria 40 candidatos e dentre eles selecionaria apenas alguns. Mas rapidamente os protestos começaram e a MTV se defendeu, dizendo que era apenas uma pesquisa preliminar. A emissora não divulgou quantas pessoas se inscreveram.

Grupos conservadores alegaram que o antigo canal de música estava se transformando em um produtor de pornografia juvenil. Os comentários da noticia no site Christiansermon, por exemplo, representam bem o choque causado na comunidade cristã pela proposta. A maioria dos cristãos ficou indignada com a possibilidade de uma emissora de televisão fazer uma promoção descarada da promiscuidade e desprezo da instituição sagrada do matrimônio.

Depois da repercussão negativa na mídia, a emissora afirma que irá reformular a proposta, mas o jornal New York Post afirma que o programa será cancelado.

O que a MTV propôs pode ser legal do ponto de vista jurídico, afinal qualquer pessoa de 18 anos poderia assinar o contrato, mas e do ponto de vista moral? Os cristãos norte-americanos tem feito repetidas campanhas de boicote a programas de televisão que ofendam claramente alguns de seus valores. Este mês a série GCB ou Good Christian Bitches, foi cancelada pela rede  ABC após alguns patrocinadores perceberem que o público está mais atento ao conteúdo e às mensagens dos programas.

Além do boicote proposto por vários lideres cristãos, algumas marcas não quiseram mais associar seus produtos a um programa considerado anticristão.

Fonte: Gospel Prime

ABUSO INFANTIL - Combate ao abuso e exploração de menores: com o apoio e participação do PEPE

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração de Crianças e Adolescentes nos traz à memória uma trágica história ocorrida em 18 de maio de 1973 que, infelizmente, se repete até hoje de forma parecida com milhares de meninos e meninas do mundo inteiro. Há 39 anos, a menina brasileira Aracelli Cabrera Sanches Crespo foi brutalmente assassinada. Seu corpo foi encontrado somente seis dias depois, desfigurado e com marcas de abuso sexual. A data de sua morte foi transformada pelo Congresso Nacional, 27 anos depois, no Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração de Crianças e Adolescentes.
 
Como seguidores de Jesus, defendemos os princípios de proteção, valorização e desenvolvimento da criança. Sabemos que Jesus vê as crianças como dignas de um lugar especial na comunidade e no povo de Deus.A rede do PEPE (programa socioeducativo promovido por Missões Mundiais), em sua experiência e trabalho com crianças em situação de risco de diversas comunidades no mundo, se sente comprometida em promover a sensibilização e conscientização de todos quanto à proteção às crianças e adolescentes. Estamos comprometidos com o bem-estar da criança no mundo. Somos totalmente contra a todas as formas de abuso infantil, negligência, exploração e violência, de acordo com a Convenção dos Direitos da Criança das Nações Unidas, de 20 de novembro de 1989. Atualmente o programa atende, por dia, a mais de 8 mil crianças de cerca de 20 países.

Recomendamos as melhores práticas e procedimentos entre nossos educadores, apoiadores e voluntários, por meio de padrões de desenvolvimento do trabalho com as crianças, dando suporte aos pais das comunidades para o cuidado dos filhos.Precisamos formar e trabalhar em uma rede de proteção. Esta é responsabilidade de todos nós!

Terezinha Candieiro
Coordenadora Internacional do PEPE – programa socioeducativo promovido por Missões Mundiais da CBB

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails